12 anos
Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007

Chaves - Largo das Freiras

.

Há umas dezenas de anos atrás, falar em Jardim das Freiras, era falar na nossa sala de visitas, falar do centro da cidade e do seu coração. Lugar de encontros, lugar de tertúlias ou simples lugar de estar ou passear.

 

Hoje em dia tudo mudou. O Jardim deu lugar a Largo, a sala de visitas mudou-se lá para os lados do Tabolado e quanto ao centro da cidade e coração, digamos que é uma cidade dividida, com pequenos centros e pequenos corações, mais próprios de uma cidade grande. Então quanto às tertúlias ou às simples conversas das Freiras, “népia”, apenas lhes resistem os “Velhos do Restelo”, que é como quem diz o grupinho do Café Sport e o grupinho da porta do Café Sport, nem o Aurora resistiu a tanta “modernidade”.

 

Fica no entanto o registo do que são, hoje, as Freiras à noite.

 

´
tags:
publicado por Fer.Ribeiro às 00:31
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
6 comentários:
De Dinis Ponteira a 18 de Janeiro de 2007 às 19:49
magnifica vista noturna das Freiras


De J. Pereira a 18 de Janeiro de 2007 às 23:53
Largo das Freiras
Que tens peneiras de ser primeiro
No Tabolado tirou-se o gado fez-se um lameiro
Sem Hospital
Quem estiver mal e não tem traves
Vai para o Porto
Mesmo já morto
Não fica em Chaves.
Tudo isto existe, tudo isto é triste, tudo isto é Chaves.

Isto foi cantado com a música de "Tudo isto é fado" num sarau da EICC em 1964 e vejam que cada vez está mais actualizado.


De humberto serra a 19 de Janeiro de 2007 às 11:09
Pois é, esta( a original) era cantada pelo Francisco José, o tal dos "olhos castanhos encantos tamanhos".


De J. Pereira a 19 de Janeiro de 2007 às 11:53
Esta versão foi composta do prof. José Henrique Dias com arranjo musical do prof. José Firmino Morais Soares e cantada pelo actual maestro da universidade sénior de Chaves - Alfredo Duarte (para mim continua a ser o Alfredo Cesteiro).
Encontrei uma fotografia dele no site não oficial de Chaves numas marchas que eu não consigo saber bem o que é.


De António Costa a 19 de Janeiro de 2007 às 15:46
Sr. Fernando Ribeiro,
Registo, que por diversas ocasiões o seu manifesto penoso, motivado pelo saudosismo do antigo jardim das freiras, pelas tertúlias dos estudantes do Liceu que por aí se encontravam, pelos frequentadores do Sport que aí admiravam as belas flavienses, etc, etc,
Em oposição, depreendo que considere de atentado paisagístico, a actual solução para o Jardim das freiras, que em nada se identifica com a restante envolvente, liceu, correios, bombeiros, sport, aurora, etc.
Agora lanço-lhe uma provocação: - O seu desconsolo, não será antes motivado pelas saudades desses tempos em que era mais jovem e da perspectiva que à data tinha das coisas, em que as freiras eram apenas e só, o cenário de fundo que enquadrava esses momentos?
Os lugares, bons ou maus, acolhedores ou frios, integrados ou desajustados, clássicos ou pós-modernos, dependem fortemente do que as pessoas deles fazem. A geografia humana, mais que a geografia física, marca quem vive nesses lugares.
Decerto, não terá saudades, dos canteiros continuamente pisados em que as flores raramente vingavam, dos parolos que davam voltas infinitas às freiras (para mostrarem os carros, expressamente alugados para mostrar nas férias), ou de outros aspectos porventura menos interessantes?!
A meu ver, para além de gostos arquitectónicos ou paisagísticos, o que este novo espaço necessita é de animação, de vida, de se assumir (novamente) como lugar de encontro. Precisa de esplanadas, de vida nocturna, de música ambiente ou ao vivo, de galegos a falar alto (porque não), de estudantes que gostem da paródia, de malta a comentar as últimas vitórias do desportivo (preferencialmente na 1ª Divisão)…
E para imaginarmos este cenário, até não precisamos de ir muito longe, basta conhecermos Braga, Guimarães, Ribeira do Porto, etc.
Um bem haja.


De filipa a 4 de Setembro de 2007 às 14:40
pois, pois... pelo k ouvi dizer... o grupo k s reune no cafe sport bem tera d mudar-s para outro recanto! ouvi dizer k o unico socio k tomava conta daquilo vai-s embora! rapidamente s vera o naufragio e o largo s transformara num deserto....


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


25
26
27
28
29

30


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade - Ru...

. O Barroso aqui tão perto

. Pecados e Picardias

. Assureiras de Baixo - Cha...

. Pedra de Toque

. O factor humano

. Cidade de Chaves - "Arreb...

. Ocasionais

. Momentos da cidade de Cha...

. Cartas ao Comendador

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade - Pr...

. Pecados e Picardias

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites