12 anos
Sábado, 20 de Janeiro de 2007

Chaves Rural - Casas Novas

.

Gostaria de vos trazer aqui, além das fotografias dos sítios, também um pouco de informação e história dos mesmos, mas não é fácil.

 

Lamento não vos trazer toda a informação possível, como lamento ainda mais não haver documentação fácil para a descoberta do património rural do nosso concelho. Geralmente descubro por mero acaso o nosso património rural, ou então com a ajuda de um amigo, ou porque ouvi falar ou alguém que me contou sobre um ou outro ponto de interesse, aqui ou ali, mas falta sempre a preciosa documentação e a história das coisas.

 

Não quero com isto dizer que não haja documentação, porque a vai havendo, mas está tão dispersa e é tão pouco atraente ou tão maçuda, que não há pachorra nem tempo para a consultar, é mais coisa para eruditos e estudiosos e outros ratos de biblioteca, que não é o meu caso. Por isso e, na ausência de um folheto ou caderno turístico que fosse, onde os principais pontos de interesse fossem assinalados, alguns roteiros, e sintéticos resumos históricos, alguma gastronomia, etc., vou-me ficando mais pelas estórias das gentes do povo e pelo dizem que, ou pelo que conta.

 

O Solar que hoje vos deixo em imagem, que descobri com a ajuda de um amigo, era digna de ter aqui ou pouco da sua história. Ainda tentei descobrir por entre a tal pouco apetecível documentação alguma coisa ao seu respeito, mas depois de andar a pular de livro para livro, desisti. Apenas vos posso dizer que é uma solar que fica em Casas Novas, freguesia de Redondelo, e fica a 12 quilómetros de Chaves, aldeia onde por sinal há muito mais para ver e apreciar, é uma aldeia à qual recomendo uma visita, com ou sem documentação.

 

Já agora fica a aqui a recomendação de um pequeno roteiro para um passeio de fim-de-semana e façam como eu, partam à aventura da descoberta e vão perguntado pelo caminho.

 

Então aqui fica a minha recomendação de um roteiro de um pequeno passeio de uma tarde de Domingo.

 

Chaves, EN 103  em direcção a Curalha (ver moinhos, antiga Estação, castro, ponte sobre o Tâmega e dar uma volta pelo interior da aldeia), sair da E.N.103 - Casas Novas (ver os solares, as fontes, as capelas a escola e dar uma volta pelo interior da aldeia), Redondelo (idem Casas Novas, ver casas de turismo rural), Rebordondo (dar uma volta pelo interior da aldeia, ver solar, as capelas, as fontes). Estrada Florestal entre Redondelo e Anelhe (apreciar a natureza), Anelhe (dar uma volta pelo interior da aldeia), Souto Velho (dar uma volta pelo interior da aldeia, Praia de Vidago (ver ponte sobre o Tâmega, a construção junto ao Rio - que às vezes é bar, às vezes restaurante e às vezes nada), Ponte Seca, E.N. 2, e regresso a Chaves. Deve chegar para uma tarde bem passada e pelo caminho, vá perguntando aos residentes e naturais dos sítios o que são as “coisas”, que eles pela certa terão todo o gosto em contar-vos tudo o que sabem. Na ausência de melhor, há que aproveitar a sabedoria das nossas gentes.

 

Já agora e para terminar, se alguém souber qualquer coisa sobre o solar que vos deixo em fotografia, os comentários estão abertos.

 

Até amanhã, noutra aldeia do concelho.

 

´
tags:
publicado por Fer.Ribeiro às 02:29
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
13 comentários:
De Carlos Botelho a 20 de Janeiro de 2007 às 15:52
Aqui está mais uma excelente foto e um magnifico modelo. De tão real e familiar é o tema que quase posso sentir o cheiro da terra molhada, o ar pesado e frio, o nariz a pingar :S e sem duvida a justificar as pesquisas quelhe digam respeito. Imagino todo o esforço necessário para a talhar, fatias de um qualquer penedo, sem máquina que não seja o suor e vontade forte, espirito de sacrificio que por aí já pouco se vê,utilizando da melhor forma os recursos naturais com talento e arte. É sem duvida um de muitos tesouros escondidos. Haverá muitos outros por certo à espera do seu momento de dignidade ou fama. Com tudo aquilo que a fama possa trazer de negativo. Por eles esperamos. Quanto mais não seja que o tributo lhes seja prestado aqui ONLINE.


De Fer.Ribeiro a 22 de Janeiro de 2007 às 01:17
Meu caro amigo,
Esquece por um momento os mouros e vem por aí acima sentir o cheiro da terra molhada, o ar pesado e frio e o nariz a pingar, já sabes que é de braços abertos que te recebemos, a ti e todos os flavienses que como tu amam a nossa terra natal. Dá um tiro ao trabalho e vem por aí acima. Já sabes que sábado estamos uns poucos no Aprígio a conviver um pouco do ser flaviense, sem aquele tal pão quente da panificadora, mas com muitas iguarias regadas com um bom tinto para abafar, no final, com a água das digestões difíceis.


De Javier a 12 de Março de 2007 às 11:41
Olá amigos. Son de Ourense e estiven a visitar a rota Chaves - Casas Novas - Boticas. Acho muito interessante o que la vin. Para maiores informaçoes sobre as casas nobles de Casas Novas recomendo visitar a pag www.monumentos.pt donde fican esas edificaçoes con fotos e explicaçóes muito completas. Saudaçoes. Javier


De Luís Sancho a 30 de Dezembro de 2007 às 17:47
Caro Amigo

O solar em imagem pertencia à família Athaíde Vilhena, morgados de Casas Novas, a que eu próprio pertenço. A última proprietária do solar que pertencia à família foi D.Carlota Vilhena Rodrigues, tendo depois sido vendido.
A referida família tem a sua genealogia publicada, que poderei disponibilizar caso tenha interesse.


De Anabela Marques a 9 de Junho de 2008 às 23:38
Como poderei obter mais informações sobre a genealogia da família Athaíde Vilhena? Obrigada pela informação.


De Jose Luis Peralta a 19 de Junho de 2016 às 01:50
Gostaria de conhecer a arvore genealogica desta familia. Penso que o médico Jose Rodrigues Vilhena casou com a D Carlota de Ataide Vilhena Rodrigues e do casamento resultaram, pelo menos 2 filhas e 2 rapazes. Estarei engando?


De Helena a 2 de Agosto de 2008 às 13:30
O "último" proprietário do Solar foi Joaquim Vilhena Rodrigues. Nascido e criado nessa casa ...quinta e aldeia amava-a como ninguém. Muito passou para conseguir ser o único proprietário e poder assim recuperá-la e desfrutá-la da maneira que sempre manteve viva no seu ser (garanto que não é lamechice). Conseguiu, mas o desfruto foi curto comparando com os desejos e planos que acalentava.
Morreu em Chaves em 31 de Maio de 2008.


De Inês Santos a 7 de Agosto de 2008 às 18:12
Helena... Helena Vilhena, filha do senhor Capitão que morava em Algueirão e que nas férias ia também até Casas Novas? Recorda-se de uma Inês e de um Alfredo que também morava, e mora em Lisboa? Sou filha do Horácio e nas férias ficávamos na casa do Sr Domingos e da Preciosa depois do meu comprar a Quinta do Magalhães ao lado dste maravilhoso solar...

Se sim responda! Se sim lamento a morte do pai. O meu faleceu em 2003 e está aqui em Lisboa. Estamos indecisos sobre se o deixar aqui ou levá-lo para o jazigo em Redondelo...

Pelo sim pelo não um abraço carinhoso

Inês Santos


De Helena a 20 de Junho de 2009 às 20:11
liga-me inês 963062023 bjs


De Helena a 20 de Junho de 2009 às 20:14
linês liga-me , lembro-me bem de ti 963062023 bjs


De Leonor Vilhena Leal a 16 de Agosto de 2012 às 11:09
Bom dia,
Gostaria de obter a geneologia da Família Vilhena.

Obrigado,
Leonor


De Anónimo a 22 de Junho de 2016 às 21:39
O meu pai, dono do solar mas já falecido fez a geneologia da família Vilhena, está à espera que um de nós (filhos) a organize
cumprimentos
Maria Helena Valadares Vilhena Rodrigues


De António de Ataíde Vilhena Bernardo a 13 de Abril de 2010 às 16:21
Bom, eu sei que já passou algum tempo, mas eu pertenço a essa familia :) Embora não saiba bem a quem pertence o solar agora. Mas a minha mãe sabe. Cumprimentos e abraços


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9



30


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Assureiras do Meio - Chav...

. Discursos Sobre a Cidade ...

. Flavienses por outras ter...

. Cartas ao Comendador

. Chaves D'Aurora

. 25 de abril, Sempre!

. O Barroso aqui tão perto ...

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade - Ru...

. O Barroso aqui tão perto

. Pecados e Picardias

. Assureiras de Baixo - Cha...

. Pedra de Toque

. O factor humano

. Cidade de Chaves - "Arreb...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites