12 anos
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Hospital de Chaves - Intervalo!

.

Assisti atentamente e sozinho ao debate do Prós e Contras na RTP1 e, para não perder pitada do assunto, enquanto ia ouvindo ia tomando notas e escrevendo esta crónica.

 

Já tinha a minha crónica quase pronta quando o ministro, com a afirmação: “tenha calma que Chaves está à frente e por razões muito poderosas” respondia assim ao Presidente da Câmara de Valença, já depois de ter respondido ao Presidente da Câmara de Chaves, que Chaves, possuía um moderno e belíssimo Hospital, que merece muito mais a vai tê-lo.

 

O Sr. Ministro, com as suas palavras, fez-me riscar tudo que tinha escrito, pois acabava por deixar uma porta aberta ou uma réstia de esperança para a cidade de Chaves. Aliás a própria jornalista e moderadora do programa chegou à conclusão que em Chaves teria que se chegar a acordo com a assinatura de um protocolo.

 

A esperança é a última a morrer, vamos esperar pela reunião do Sr. Ministro com o nosso Presidente da Câmara para ver o que ele tem a propor para Chaves, mas convém desde já não esquecer que a nossa luta é pela manutenção das Urgências Médico Cirúrgicas no Hospital de Chaves, e é isso, que a nós povo nos interessa, quanto ao resto que o Sr. Ministro queira fazer ao Hospital de Chaves e, como dizia Zeca Afonso, seja bem-vindo o que vier por bem.

 

Quanto ao debate do Prós e Contras, não cheguei a entender muito bem, nas mesas, onde estavam os do contra, acho mesmo que não estavam em nenhuma delas, aliás, além dos contras regionais como o de Chaves e Valença, o único contra que se levantou e que pôs o dedo na verdadeira ferida, que passa também pelo regime remuneratório dos médios, foi o médico “careca” Diogo Cabrita.

 

Quanto ao nosso presidente da Câmara, acho eu e a opinião é pessoal, que está mandatado por todos os flavienses para ir defender a manutenção das urgências médico cirúrgicas no hospital de Chaves perante o Ministro da Saúde, mas que não caia na asneira, como já se caiu no passado, de trocar alhos por bugalhos, porque o que o povo flaviense quer mesmo são as URGENCIAS MÉDICO CIRÚRGICAS NO HOSPITAL DE CHAVES.

 

Convém não esquecer que em público os políticos usam de manhas estranhas e mais astutas que as da raposa, parecem dizer aquilo que não dizem, e esquivam-se, como as doninhas, por entre redes apertadas às barreiras e questões que lhes aparecem pela frente. O Sr. Ministro teria resolvido hoje tudo se tivesse dito que em Chaves, as urgências seriam mantidas tal como existem, mas não o disse.

 

Eles falam-falam, falam-falam e não dizem nada!. Queira Deus que em vez de Lebre não venha por aí também um gato e fedorento.

 

E até à tal reunião, tenho dito, vamos para o intervalo, e até acendo uma velinha pelas nossas urgências!

 

´
publicado por Fer.Ribeiro às 03:02
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
8 comentários:
De Sexto Sentido a 27 de Fevereiro de 2007 às 13:17
Muito bem observado pelo Sr. Fer.Ribeiro o que foi dito no programa!
Mas eu fiquei menos optimista, as urgências médico cirúrgicas no hospital de Chaves já eram....


De Marcio Santos-Paradela de Monforte a 27 de Fevereiro de 2007 às 18:24
Olá caro Fernando! Eu também ouvi essas palavras do ministro, mas pelo contrario, não me tranquilizaram nada... Pois fazer promessas é o passatempo preferido dos nossos políticos e na verdade não ouvi qualquer proposta concreta... Não podemos baixar os braços e agarrar-nos a meras ilusoes, como exemplo dou as promessas feitas a respeito de ensino superior na nossa cidade, pois não passaram disso mesmo! continuemos a luta, vamos para a rua, não somos portugueses de segunda! Quanto à comissao tecnica que façam uma visita aos lugares mais reconditos do Alto Tamega e talvez aprendam alguma coisa! Estao a lidar com pessoas, não com meros modelos economico-espaciais! Bando de Otários! Tá-se mesmo a ver quem vai pagar TGV e Aeroporto para os tótós de Lisboa! Pois claro!!! Voces sabem... Abraço Fernando.


De anonimo a 27 de Fevereiro de 2007 às 18:25
A Drª Campos não é prima do ministro ???


De Dinis Ponteira a 27 de Fevereiro de 2007 às 22:28
Pois é Fernando espero que este intervalo seja para durar e que a segunda parte fique para as calendas. Também estive a ver o programa, fiquei mais descansado.


De José António P. a 27 de Fevereiro de 2007 às 22:32
Também eu ouvi as palavras do ministro e também não me convenceram, mas concordo com o Fernando - devemos dar-lhe o direito da dúvida. Agora importante irá ser a posição de João Batista, que nunca mas nunca poderá abdicar ou abrir mãos das urgências em troca seja lá do que for. O poder e a decisão podem estar nas mãos do ministro mas a razão está do nosso lado, a mesma razão que uniu as associações e forças vivas da cidade, a mesma razão que lançou o povo para a rua e que sairá quantas vezes for necessário e quando temos a razão temos tudo. Só espero que João Batista não caia na asneira de assinar um protocolo, seja ele qual for, onde não esteja contempladas as urgências.


De J. Pereira a 27 de Fevereiro de 2007 às 22:40
Não pude ouvir e ver o programa todo mas o que vi não me sossegou nada e então quando um senhor da Comissão Técnica estava a explicar não sei o quê, nem ele sabia pelos vistos, pois disse que alguém poderia explicar melhor do que ele porque talvez não conseguisse fazer-se explicar. Não brinquem conosco, por favor!... E mais não digo.


De Telmo Freitas a 27 de Fevereiro de 2007 às 22:54
Vi no blog chaveslivre, dados de um estudo, que com a pasagem das urgências de Chaves para Vila Real passamos de uma distãcia de 15 minutos em média a chegar ao hospital para uma de 80 minutos. das aldeias a sistancia média seria de 107 minutos.

Assim não há quem não se queixe.


De meditador a 28 de Fevereiro de 2007 às 11:36
Eu quando vi o último Prós e Contras fiquei com a sensasão de que apenas existia o sector dos "prós", que os "contras" quase não tinha~m argumentação. Isso já não acontece pela primeira vez neste programa. Eua gostava de saber como eram escolhidos os paineis dos intervenientes. Além disso, o nosso Presidente da Câmara não soube contra-argumentar com vigor as palavras do Ministro da Saúde. Afinal ficamos sem saber como vão ficar as nossas urgências.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


28
29

30


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Flavienses por outras ter...

. Cartas ao Comendador

. Chaves D'Aurora

. 25 de abril, Sempre!

. O Barroso aqui tão perto ...

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade - Ru...

. O Barroso aqui tão perto

. Pecados e Picardias

. Assureiras de Baixo - Cha...

. Pedra de Toque

. O factor humano

. Cidade de Chaves - "Arreb...

. Ocasionais

. Momentos da cidade de Cha...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites