Sábado, 17 de Março de 2007

Vilar de Nantes e a velha Escola

.

E hoje como é sábado vamos até mais uma freguesia - Vilar de Nantes.

 

A freguesia de Vilar de Nantes estende-se desde a veiga de Chaves até ao Brunheiro. Dada a sua proximidade da cidade, hoje em dia é mais uma freguesia urbana e dormitório do que propriamente rural. Segundo o censos de 2001 e com a divisão da freguesia de Outeiro Seco, Vilar de Nantes é a 2ª freguesia com mais população de Chaves, só sendo ultrapassada pela freguesia de Stª Maria Maior.

 

Fazem parte da freguesia as aldeias de Vilar,  Nantes e Vale de Zirma, mas só teoricamente, pois hoje a freguesia é um todo, um aglomerado de construções não se percebendo a separação entre lugares e aldeias, tanto mais que nos últimos 20 anos apareceram novos núcleos populacionais dentro da freguesia como a TRASLAR, o Lombo, o Bairro do Cruzeiro, o Bairro de S.José e o alargamento do Cascalho, além do crescimento natural de Nantes e Vilar que uniu também as duas aldeias.

 

Em termos de agricultura,  equipamentos, industria, hotelaria, artesanato e diversões é também uma das freguesias mais completas em diversidade no concelho de Chaves. Começando pela agricultura ainda praticada na veiga com e sem regadio, às riquezas naturais e florestais do Brunheiro passando para equipamentos como um Lar de Terceira Idade, uma Cooperativa de Habitação, ao aeródromo municipal, a instalações desportivas como o Campo de Futebol, os polivalentes de Nantes e Traslar, à pista de Karting, Aeroclube, à indústria do barro com as suas telheiras, aos afamados restaurantes e turismo rural e terminando no artesanato, na cestaria e nas peças de louça de barro preto de Vilar, mais que conhecido e também afamado.

 

Mas ainda haveria muito mais a dizer sobre a freguesia, como (segundo o censos de 2001) ser a freguesia onde há mais quadros médios, superiores e licenciados residentes a ser também a terra dos antepassados de Luís de Camões, para não falar de algumas preciosidades ou maravilhas da arquitectura, como a Quinta do Hospício, o Solar das Carvalhais, a Igreja Matriz de Vilar de Nantes/Igreja do Divino Salvador, a Capela do Espírito Santo e a antiga Escola Primária de Vilar.

 

É esta última que hoje ilustra o post e sobre a qual deixo mais alguns dados.

 

É sem dúvida um dos edifícios escolares mais bonitos do concelho e talvez só ultrapassado em beleza pela escola de Faiões e, é também talvez o edifício escolar mais desprezado, abandonado e maltratado que conheço no concelho e é pena.

 

Aqui ficam alguns dados históricos sobre a escola:

 

Em 1880 a junta Paroquial de Vilar de Nantes faz uma representação a sua majestade o rei D.Carlos I, a pedir a criação de uma Escola do Ensino Primário para o sexo masculino. Em 1926 é apresentado o projecto tipo XXV, nº46, de autoria de Eugénio Correia. Na década de 1930 inicia-se a construção da Escola, integralmente financiada pelo benemérito José Gomes, natural da freguesia e que fizera fortuna no Brasil, acção mecenática que lhe é reconhecida pela Câmara Municipal em acta de 11 de Outubro de 1935 e posteriormente pelo povo em 19 de Março de 1955 com a colocação de uma placa em mármore na torre da escola onde está inscrito “ Homenagem do Povo de Vilar ao seu Benemérito Conterrâneo José Gomes / 19-3-1955”.

Torre sineira, que possui também um belíssimo relógio que tem a inscrição de Miguel Marques/Albergaria-a-Velha. Em 1978 é construída ao lado desta, uma nova escola com mais três salas e que viria a ditar o fecho desta. A título de curiosidade o orçamento para a construção da escola (antiga) rondou os 19.000$00.

 

Recentemente, ainda não concluído, a autarquia construiu encostado a esta escola um anexo destinado a museu de louça preta. Embora a ideia da construção deste museu seja feliz, já não o é tanto a sua localização e entretanto a velha escola continua abandonada e degradada. Esperemos-lhes melhores dias!

 

Até amanhã, em mais uma freguesia.

 

´
tags:
publicado por Fer.Ribeiro às 16:20
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
6 comentários:
De hpserra a 18 de Março de 2007 às 11:34
Realmente, até dá dó, ver um edifício tão bonito e tão interessante a caír aos bocados.


De Abduli-Abdulá a 18 de Março de 2007 às 12:43
Uma Freguesia com essas condições geográficas, históricas e humanas consente essa «bandalheira desavergonhada» de ter à vista um edifício desses ----- até arrepia, depois do § 8º! ---- e de estar recheada com o § 5 ?? ?!!!
Mas que Grande "carajo"!!!
«Por quem vai dobrar a sineta"?
Abdu-li---abdu-lá!


De Helena a 25 de Março de 2010 às 01:10
sinceramente não concordo absolutamente nada com os comentários ofensivos que aqui fizeram...
a aldeia alem de ser linda e muito acolhedora tem estes "monumentos" (se assim lhe podemos chamar a essa linda escola), ela não esta abandonada, ela fica bem assim, e faz-me lembrar os meus tempinhos de escola lá!VIVA A VILAR !!!!


De Anónimo a 10 de Março de 2012 às 01:02
fica bem assim porque ninguem faz nada e assim abandonada é que esta bem...


De jbatistama a 23 de Outubro de 2010 às 21:47
Bom dia . Passei para dizer que um património como este não devia estar num estado iguale. Foi aqui que aprendi o Português ; Uma escola com muita historia na historia de Portugal. E pena que deixem fazer sinistros num Património importantes da Freguesia de Vilar de Nantes. Chão e um abração para a malta de Vilar .


De Anónimo a 10 de Março de 2012 às 01:01
cada um tem o que merece,, uns tem boas construções e modernas outros tem construções antigas, e velhas.... a torre sineira esta lá o pêndulo do relógio e o relógio estão a cair .... o museu da olaria e escola de olaria não tinha melhor sitio para estar ... porque é na escola que se aprende e se ensina... mas a razão a quem a quer... os senhores do ,poder é que mandam ... ao fim e ao cabo em vilar não merecemos nada... se um dia o merecermos provavelmente já é tarde..uim amigo ... e autóctone de vilar... sempre atento.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade

. O Barroso aqui tão perto ...

. Castelo - Chaves - Portug...

. O Factor Humano

. Rua do Correio Velho - Ch...

. Centro Histórico de Chave...

. Ocasionais

. Mar flaviense...

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade

. Pecados e Picardias

. O Barroso aqui tão perto ...

. Casas de Monforte - Chave...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites