Quarta-feira, 25 de Abril de 2007

Desde Chaves, 25 de Abril, Sempre!

 

.

 

E hoje há post extra, é dia 25 de Abril.
 
A idade ensina-nos muitas coisas, uma delas é como se faz a história.
 
Confesso que nos meus tempos de estudante nunca fui amante de história, mas uma coisa aprendi – é a de que a história tem sempre duas ou mais versões, dependendo, claro, de quem a faz. Com o tempo comecei a aprender a gostar da história, principalmente daquela que directamente nos diz respeito. A história da família, a história dos amigos, a história da minha cidade, a história do meu país e por aí fora, numa descoberta que é afinal a descoberta de nós mesmos e do nosso passado, que tanto dita o presente.
 
Mas há aquela história em que nós próprios somos historiadores e em que podemos contribuir com a nossa versão para a verdade dos acontecimentos e para que se faça história, simplesmente porque a vivemos e somos parte ou intervenientes do acontecimento. É o que se passa com o 25 de Abril, que embora historicamente recente já é tão deturpado, principalmente pelas camadas mais jovens e nascidos após o acontecimento, é certo que inocentemente e sem culpa, por parte deles, mas já sem inocência e com culpa de quem lhas deturpa.
 
Da minha parte, e enquanto for vivo, farei o meu culto ao 25 de Abril, ao antes ao durante e ao depois, que embora com apenas 14 anos aquando da “revolução”, deu para perceber, a partir de aí, o verdadeiro significado da palavra LIBERDADE, como por exemplo a liberdade do poder estar aqui todos os dias, neste blog, a publicar as imagens que me der na gana e a escrever aquilo que me vai na alma, sem traços azuis da censura e sobretudo sem medo, mas sempre consciente que a minha Liberdade termina onde começa a Liberdade dos outros.
 
Com todos os defeitos que a democracia possa ter, para mim: 25 de Abril, Sempre!
 
E agora o regresso a nossa cidade, onde o verdadeiro 25 de Abril de 1974 só chegou às ruas no dia 1 de Maio. Para comemorar hoje a data, saí ontem à procura de uma imagem e de um símbolo da liberdade e encontrei-o dependurado, de cabeça para baixo – é certo, mas encontrei-o numa varanda da Rua de Stº António.
 
Pois aqui fica desde Chaves, o símbolo do 25 de Abril – um cravo e flaviense.
 
Até amanhã, em Chaves Sempre!
´
publicado por Fer.Ribeiro às 00:43
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
9 comentários:
De hpserra a 25 de Abril de 2007 às 10:55
É verdade, 25 de Abril, sempre, e Fascismo nunca mais!!!


De tersadelgado@netcabo .pt a 25 de Abril de 2007 às 21:16
Tinha 19 anos e logo cedo fui até à Fctuc,concretamente ao bar das matemáticas,para ver a reacção dos funcionários que o exploravam,pois eram da pide e tanto eu como o meu irmão éramos constantemente vigiados...tão nervosos estavam eles .Tanta pena tive que o meu Avô Jõao Delgado não pudesse ter vivido esse grande dia com os familiares e amigos!
Um abraço.


De isabelruas a 25 de Outubro de 2015 às 18:11
Olá, amiga .Perdi o contacto juntamente com outros no telemóvel. Sera que desta forma recuperamos o contacto?
Beijinhos


De a,delgado a 26 de Abril de 2007 às 02:17
Que surpreza, comovida a de vir encontrar um comentário, de Minha Filha. Que bom poder co-mugar na afirmação dos três anteriores : 25 de Abril
SEMPRE!
Meu Pai, velho propangadista da República, antes do 5 de Outubro, e indefctível oposicionista,desde des-de a ravolta de 28 de Maio de 1926 ,em cujas propostas não acreditou ; Meu Pai implicado permanentemente nas tentativas de derrube do regime fascista, faleceu, inesperadamente em 27 de Dezembro de 1973 . E, uma hora antes da morte,
dizia-me, desgotoso , que já não acreditava numa mudança , pois as repress-oes, as ameaças tinham
trasnformado a maioria da população numa massa de
idiferentes medrosos.
Em Março, aí em Chaves tive a garantia de que o
exército sairia antes de Maio, para nos libertar.
Associo-me a Minha Filha no sofrimento por o Avõ
não ter vivido este Feliz Dia , que na nossa História,
lembra o 1 de Dezembro de 1640
Não deixemos que se perca a Democracia . 25 de Abril Sempre!


De hpserra a 26 de Abril de 2007 às 08:55
Meu caro A. Delgado, compreendo-o perfeitamente, tambem sou filho de um anti-fascista e que tambem não teve o prazer de presenciar o 25 de Abril, faleceu no dia 30 de Dezembro de 1962, fazia parte de um pequeno grupo de flavienses que eram do "contra", Sebastião Serra, era o seu nome.


De Teresa Constantino a 26 de Abril de 2007 às 18:55
QUe bom ter um Pai com tanta vivacidade,com oitenta e quase quatro anos e sempre a navegar na net...Aprendi muito ,tanto com Ele, como com o meu Avõ Prof João Delgado.


De Teresa delgado Constantino a 26 de Abril de 2007 às 18:57
QUe bom ter um Pai com tanta vivacidade,com oitenta e quase quatro anos e sempre a navegar na net...Aprendi muito ,tanto com Ele, como com o meu Avõ Prof João Delgado.


De hpserra a 26 de Abril de 2007 às 20:27
E mais: e que grande colaborador que a Blogosfera Flaviense ganhou!!!


De Carlos Pinto a 2 de Maio de 2007 às 19:56
CARO FLAVIENSE:

Naveguei no seu BLOG e nem sabe a alegria e comoção que senti.
Sou um flaviense de 64 anos, deslocado há muitos no Porto, mas nunca esquecendo essa terra maravilhosa.
Vi imagens, os quadro de Nadir e recordar o Professor Delgado.
O 25 de de Abril não morrerá enquanto existirem flavienses que o procuraram e encontraram um cravo numa varanda da rua de Stº Antõnio . Que poético e que saudade.
Se outros não houvessem, mas há, seríamos 2 a recordá-lo sempre.
A Liberdade e a Democracia, são o sal e a razão para uma vida sadia.
No BLOG onde participo se quiser ver, estão as fotos de um jantar de amigos, novos e menos novos, que nunca deixam de festejar Abril. ABRIL SEMPRE.
Emocionei-me com os seus escritos e deixe que lhe diga:
Viveu o 25 de Abril com 14 anos e gostou. Continue a lutar com ele e por ele, para uma sociedade mais justa e mais humana.
Chaves deu muitas vezes provas que não queria o fascismo e a Ditadura. Montalvão Machado, Figueiredo Fernandes, Alfredo Fundão, Cabaninhas, Pereira do Café Comercial, José Guimarães e tantos outros, sentiram na pele as tropelias da PIDE e do "Sacana do Botas" como dizia o director do JN.
E até eu com 16 anos lá estava em 1958 a despertar para a política e fazer alguma coisa pelo derrube da ditadura. Pouco, mas com gosto e coragem.
Estive no Arrabalde na recepção a Humberto Delgado. o general sem medo, e assisti à PSP a obrigá-lo a sair do carro e ter de ir pé pela rua de Stº António acima, até ao cinema. Foi lindo. São imagens que ainda hoje recordo com muita emoção. Mas a polícia tinha ordens para usar a força e junto ao Comercial também fui na leva aos empurrões só porque queria ver o candidato a Presidente da República.
A brutalidade do regime acabou por assassiná-lo cobardamente a mando de Salasar .
Escreva sempre que agora vou lê-lo todos os dias.
Vou recordando Chaves que nunca esqueço.
O meu BLOG www.dimensao4.blogspot.com
Nas minhas experiências de pintura, uso o pseudónimo de CCHAVES em homenagem à minha terra.
Aceite os meus cumprimentos.
Carlos Pinto
Porto


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Feira dos Santos - Um peq...

. O Factor Humano

. Feira dos Santos - Um peq...

. Nós, os homens

. Feira dos Santos - Um peq...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Chaves D'Aurora

. De regresso à cidade com ...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Quem conta um ponto...

. Curral de Vacas - Chaves ...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Vivências

. Feira dos Santos - Um peq...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites