Segunda-feira, 21 de Maio de 2007

Chaves - Um pormenor da Igreja Matriz

 

.

 

A Igreja Matriz sempre me encantou, por si mesma e por ser mais um dos elementos das praças mais monumentais da cidade de Chaves (Praça da República e Praça de Camões). Mas se ela encanta por si mesma, então se nos demorar-mos nos pormenores ficámos muito mais encantados. A imagem da Santa e as inscrições no seu alçado posterior, a torre sineira e imagens, o órgão do seu interior, os vitrais, as capelas, e por aí fora. Mas uma das coisas desde sempre me encantou é este pormenor da clarabóia da capela lateral.
 
Um encanto que hoje quero partilhar convosco.
 
Até amanhã em Chaves com ou sem pormenores.
´
publicado por Fer.Ribeiro às 01:19
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
4 comentários:
De alice a 21 de Maio de 2007 às 21:04
Boa noite Sr. Fernando, convidaria o Sr a apresentar um monumento registado na DGEMN numerado inclusive, pertença do municipio, que nunca vi na minhas idas a Chaves, que segundo o site - viasromanas.planetaclix.pt como parte da via romana XVII, estou a falar da ponte das Caldas ! Usada por centenas de anos! Vale mesmo a pena recuperar-se a história e fazer-se uma opção de turismo cultural! Pois ainda há quem goste das pedrinhas que contam a história de um povo.
Uma saudação flaviensse de esperança!
Alice


De a.delgado a 22 de Maio de 2007 às 02:36
1- Concordo ineiramente com a sua apreciação: os
vitrais, embora recentes, são encantadores e dariam uma boa carteira de slides para aquisição de turistas; curioso o pormenor da Padroeira da Igreja, Santa Maria Maior - estar num nicho na pareda traseira do templo; E . lá no alto dessa parede as doas enormes "figas" a ladear a "oferta"
PARA LAS MALAS LENGOAS ESTAS FIGOAS (de memória, podehaver gralha).
2 -Quanto ´`a ponte romana junto das Termas, arre-
pio-me ao ver o crime tão recente, de dar cabo da
única ponte romana que era referida em muitas publicações pelo facto de ser a única que se mantinha intacta em toda a sua estrutura. Estou a olhá-la numa ampliação acima desta mesa, com um único senão-- uma casota de madeira(para cobrança de impostos...) colocada no resguardo para os
peões. Quem teria tido a ideia de uma mutilação
estúpida ?



De Fer.Ribeiro a 22 de Maio de 2007 às 02:51
Estava precisamente a responder ao comentaria da Alice a dizer-lhe que um dias deste iria ser feita aqui a história da ponte referida, quando recebo um segundo comentário de A. Delegado para aumentar ainda mais a minha confusão. A Ponte a que nos referimos é a do Ribelas (acho que estamos todos de acordo), mas segundo os dados que possuo a construção provável da ponte é do Século 16 e portanto longe se ser Romana. Também consultei o site a que a Alice se refere e lá consta que a ponte é Romano-Medieval (!?). Confesso-me ignorante pois não chego a uma conclusão quanto à data da construção da ponte e, se é Romana ou Medieval. Há aqui qualquer coisa que me escapa, se alguém me (ou nos) puder esclarecer, o blog agrade. Desde já obrigado.


De hpserra a 22 de Maio de 2007 às 09:31
Esta Ponte, está classificada pela Direcção Geral de Monumentos como Medieval, ou seja, da Idade Média.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


28
29

30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Cidade de Chaves - Rua do...

. Flavienses por outras ter...

. Cidade de Chaves - Jardin...

. Ocasionais

. Chaves - Um olhar sobre o...

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade

. O Barroso aqui tão perto ...

. Carregal - Chaves - Portu...

. Um olhar sobre a cidade, ...

. O Factor Humano

. Where’s Wally? ou a força...

. Ocasionais

. Mais um olhar sobre a nos...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites