Terça-feira, 3 de Julho de 2007

7 Maravilhas de Chaves - Vestígios de Aquae Flaviae

 

.

Como sabem esta semana andamos à volta das 7 Maravilhas de Chaves.
 
Em Março passado, quando o blog lançou a ideia das 7 Maravilhas, um dos nossos visitantes votou nos “vestígios de Aquae Flaviae que ainda se encontram por escavar”. Pois hoje vamos  “escavar” ou pouco dessa Aquae Flaviae.
.
.
 
Já várias vezes o disse aqui, que em Chaves, basta dobrar uma esquina ou abrir um buraco e encontramos logo um “pedaço” de história com pelo menos umas centenas ou milhares de anos. A prova disso mesmo está nas obras recentes levadas a efeito no Largo do Arrabalde, no Jardim Público e na Rua Bispo Idácio (no futuro arquivo municipal). No largo do Arrabalde ficou a descoberto parte do baluarte da muralha seiscentista, mas as escavações ainda estão a decorrer e já se sabe que também há construções romanas. No Jardim Público, além de vestígios da muralha seiscentista foram encontradas várias ossadas humanas, ao que parece numa vala comum, talvez relacionada com as invasões francesas, a julgar pelos botões encontrados na vala e que tudo leva a crer serem de fardas militares. Na Rua Bispo Idácio, onde as escavações estão quase concluídas, aos olhos de um leigo como eu, penso que foi encontrado um autêntico tesouro, ou vários tesouros arqueológicos e históricos desde a época romana até aos tempos mais recentes.
 
Mas a César o que é de César e melhor que as palavras de um leigo, são mesmo as palavras de um especialista na matéria, do arqueólogo responsável pelas escavações, o Dr. César Guedes, que gentilmente nos cedeu algumas fotos e algumas notas sobre a escavação em curso.
 
Intervenção arqueológica na Rua do Bispo Idácio
.
.
 
  • Os trabalhos de arqueologia foram adjudicados à empresa Arqueologia & Património, Lda.

  • A fachada posterior do edifício assenta integralmente nos alicerces da Muralha Medieval que defendia a Cidade de Chaves tendo este facto condicionado a obra (futuro Arquivo Histórico de Chaves) à execução de trabalhos arqueológicos.
 
  • Os trabalhos arqueológicos iniciaram-se em Janeiro de 2007 com a abertura de cinco sondagens no interior do edifício. Neste momento decorre a escavação em área do logradouro.

  • Das sondagens efectuadas no interior do edifício, resultou o aparecimento de diversos muros, entre os quais um que apresentava ainda a soleira de uma porta, com os respectivos gonzos. (Foto 1)

.

                                                     

  • Do espólio exumado devemos salientar o aparecimento de inúmeros fragmentos de cerâmica, vidro e sobretudo de várias moedas de diferentes cronologias de entre as quais destacamos uma moeda visigótica em ouro cunhada em Mérida durante o reinado de Égica (687-702). (Foto 2  e 3)

.

.

  • A escavação integral do logradouro deste edifício revelou-nos uma série de estruturas de diferentes cronologias que atestam a intensa ocupação deste espaço desde época Romana até aos nossos dias.

  • De época medieval observamos o alicerce da muralha à qual, com o decorrer da escavação arqueológica, se veio associar um grande fosso que impediria o acesso à muralha complementado assim as estruturas defensivas da Cidade. (Foto 4)

.

.

  • Anterior à construção da muralha medieval, observamos uma pequena necrópole, onde se encontravam sepultados cinco indivíduos. O estudo antropológico efectuado permitiu identificar um indivíduo do sexo feminino e uma criança, sendo inconclusivas as análises efectuadas aos outros indivíduos devido à má conservação dos restos osteológicos. As sepulturas apresentavam contornos antropomórficos. (Foto 5e 6).

.

.

  • Dos vários muros que surgiram no decorrer da intervenção arqueológica no logradouro, destacamos o que acompanha a orientação da fachada posterior do edifício. É um muro com aparelho cuidado de fiadas regulares e que atinge cerca de 2 m de altura. Este muro relaciona-se com os muros expostos pelas sondagens efectuadas no interior do actual edifício.

  • A área do logradouro é compartimentada por vários muros de fraco aparelho construtivo com uma orientação Este – Oeste.

  • Devemos referir ainda o aparecimento de um pequeno lanço de três degraus associado a uma pequena cloaca. (Foto 7)

.

.

  • Do espólio exumado destacamos a grande quantidade de cerâmica (comum, paredes finas, terra sigillata, fragmentos de lucernas etç…); vidros; moedas romanas e fragmentos de fíbulas etç…
E por hoje vai sendo tudo neste já longo post, só resta mesmo agradecer a Empresa Arqueologia & Património Ldª e ao Dr. César Guedes, sem os quais este post não seria possível e lembrar mais uma vez, que até dia 07/07/07 estão em votação as nossas maravilhas flavienses.
 
Se ainda não votou, aproveite para faze-lo agora, deixando o seu comentário com as suas 7 maravilhas flavienses, cuja listagem está disponível nos post’s anteriores.
 
Até amanhã
´
publicado por Fer.Ribeiro às 00:42
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
9 comentários:
De Jorge a 3 de Julho de 2007 às 11:24
Grande ideia!
Aqui estão as minhas 7:
Caldas de Chaves
Forte de S.Francisco
Igreja Matriz
Ponte Nova (Engº Barbosa Carmona)
Ponte Romana
Rio Tâmega
Vestígios por descobrir de Aquae Fláviae


De teste a 29 de Fevereiro de 2008 às 06:54
Ötzi - O homem do gelo

http://www.acemprol.com/viewtopic.php?f=705&t=7397


A Tragédia de Pompéia

http://www.acemprol.com/viewtopic.php?f=705&t=6554


OS ATAQUES ATÕMICOS AO JAPÃO

http://www.acemprol.com/viewtopic.php?f=705&t=5755


Serrinha mal-assombrada / Tracunhaém-PE

http://www.acemprol.com/viewtopic.php?f=705&t=5277


Cachorro nasce com feições humanas

http://www.acemprol.com/viewtopic.php?f=705&t=5129


Acemprol|Gilvan acha cemitério perdido dentro do mato

http://www.acemprol.com/viewtopic.php?f=705&t=7516


Rapaz meio árvore é descoberto na Indonésia

http://www.acemprol.com/viewtopic.php?f=705&t=5528


csdos - Como estão derrubando seu servidor de counter-strike

http://www.acemprol.com/viewtopic.php?f=882&t=7135

Winbraz 7.0 - O melhor jogo de damas do mundo

http://www.acemprol.com/viewtopic.php?f=885&t=5164


De riolivre a 3 de Julho de 2007 às 16:42
Se não fosse a tua perspicácia como seria possível àqueles que, com eu, não podem acompanhar o dia-a-dia da nossa cidade usufruir daquilo que de melhor por aí se vai fazendo?
Temos que te ficar eternemente gratos.
Um abraçço enorme do Celestino.


De Fe a 3 de Julho de 2007 às 22:29
Gracias por ese logro, que estaríamos en la ignorancia, si no fuese por usted, naturalmente despues de los Srs. arqueólogos, haber hecho su trabajo. Felicidades.


De Granjinha a 3 de Julho de 2007 às 23:15
Óptimo trabalho!
Na Granjinha há vinte anos atrás fizeram também umas escavações, através do Prof . Colmonero , estudioso da nossa região numa habitação junto à Capela.
Forma descobertos vários muros e divisões romanas, vestígios de uma Vila, também uma necrópole, ainda com ossadas, e muitos outros vestígios, nomeadamente mosaico romano igual ao que existe em Conímbriga que está no Museu da Região Flaviense.
Poderão estar também fotografias em Arquivo na Câmara ou no Museu!
Resultado, na altura foi tudo arrasado, porque o Ipar ou a entidade arqueológica portuguesa competente, não possuia "verbas" mas também não deixou continuar o Prof Colmonero .
O Proprietário da habitação também não podia suportar as despesas, mas fez na altura uma proposta às "entidades responsáveis" talvez ao agora ipar " que mandou arrasar, que estaria disposto a ceder o local para estudo. desde que lhe dessem uma habitação idêntica. Até hoje ....

As ruínas da Vila Romana da Granjinha, ficarão para redescobrir, talvez no próximo século!!!


De Carlos a 4 de Julho de 2007 às 02:23
Excelente trabalho, quer o da reportagem quer o dos arqueólogos. Realmente Aquae Flaviae ainda tem muito para descobrir, mas vamos às maravilhas:
1- A tal Aquae Flaviae por descobrir
2 - Ponte Romana
3 - Muralhas, incluindo o Forte de S.Francisco
4 - Forte de S.Neutel
5 - Igreja de Misericórdia
6 - Torre de Menagem
7 - Caldas de Chaves

Continuação de um bom trabalho, é sempre um prazer vir a este blog matar saudades.


De Cardoso Bruno João a 4 de Julho de 2007 às 20:36
As minhas 7 maravilhas da cidade de Chaves,
1-Caldas de Chaves,
2-Aquae Flaviae,
3-Centro Histórico,
4-Ponte Romana,
5-Muralhas Mediavas, incluindo o Forte S.Francisco e S. Neutel,
6-Torre de Menagem,
7-Igreja Matriz.


De LcC a 14 de Fevereiro de 2009 às 00:15
Ola malta, esta nas nossas maos a nova geraçao flaviense "fazer, abandonar a critica destrutiva e meter maos a obra.
Por mim nao sera no seculo que vira, eu e quem se quiser juntar a mim estou a fazer um estudo sobre tudo mas tudo que se passou aqui" na nossa terra sem medo algum, a verdade ao de sima , esta na hora de dar vida a cidade que algum tirano continua a sugar.. Tras os Montes é historia a nossa historia.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Ola malta, esta nas nossas maos a nova geraçao flaviense "fazer, abandonar a critica destrutiva e meter maos a obra. <BR>Por mim nao sera no seculo que vira, eu e quem se quiser juntar a mim estou a fazer um estudo sobre tudo mas tudo que se passou aqui" na nossa terra sem medo algum, a verdade ao de sima , esta na hora de dar vida a cidade que algum tirano continua a sugar.. Tras os Montes é historia a nossa historia. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Ass</A> ; Agostinho Dias


De filipe a 29 de Julho de 2010 às 16:21
e bonito...eu sei um sitio que se fizemssem la escavassoes iriam encotrar algo mas nunca fizeram ta abandonado no campo...e e muito bonito...


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


25

26
27
28
29
30


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Discursos Sobre a Cidade ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Flavienses por outras ter...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Nós, os homens

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves D'Aurora

. De regresso à cidade

. Quem conta um ponto...

. Pedra de Toque

. Faiões - Chaves - Portuga...

. O Factor Humano

. Fugas

. Chaves, cidade, concelho ...

. Nós, os homens

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites