12 anos
Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

Chaves, Largo do Arrabalde, escavações arqueológicas.

 

.

 

Ora aqui está a prova provada de que em Chaves quando se abre um buraco no chão damos logo com pedaços da história longínqua, e quando mais fundo é o buraco, mais longínqua e interessante o achado.
 
Já há tempos tínhamos abordado aqui as escavações arqueológicas que decorriam no Largo do Arrabalde. As mesmas que resultaram de um projecto para um parque de estacionamento subterrâneo. Já então dizia, que possivelmente perdíamos um parque de estacionamento mas ganhávamos um espaço museológico. Então estava-se ainda no início das escavações quando se tinham acabado de encontrar um troço da muralha seiscentista.
 
Com o evoluir das escavações, além de por a descoberto um importante troço da tal muralha seiscentista, chegou-se finalmente àquilo que os arqueólogos (por anterior sondagem) já suspeitavam que iriam encontrar, ou seja, o pavimento e a base daquilo que teria sido um importante complexo termal romano, com várias salas de banhos a diferentes temperaturas e com pormenores construtivos, da arte de bem construir, os quais já estamos habituados a observar e verificar em todas as construções romanas, alguns mesmo de fazer inveja aos actuais construtores, com uma complexa, mas simples e funcional rede de captação, distribuição, aproveitamento e saneamento das águas termais.
.
.
 
As escavações ainda estão a decorrer, ao ritmo que muita gente não entende, é certo, mas ao ritmo moroso e natural de qualquer escavação (talvez um pouco de informação ajudasse), pois não se trata de abertura de caboucos para construção ou de plantação de árvores ou simples couves, neste caso trata-se de pôr a descoberto 2000 anos de história, com gente que sabe (arqueólogos) da arte e do ofício e cujo estudo dos vestígios que vão aparecendo irão contribuir e muito para a história da cidade de Chaves Pena é que o espaço em escavação esteja limitado apenas a parte do Largo do Arrabalde.
 
Só a título de curiosidade, o pavimento do complexo termal romano agora encontrado, está a cerca de 5 metros abaixo da cota actual do Largo do Arrabalde e a água que se vê numa das fotos, é água termal, que embora fora da captação (origem ainda não detectada) atinge entre os 30 a 40ºC de temperatura.
.
.
 
E só resta mesmo agradecer a quem teve a feliz ideia de um dia pensar para este espaço um parque de estacionamento, sem a qual esta descoberta (embora mais ou menos previsível) não teria sido possível, e já agora lembrar a quem a teve, que já é tempo também de ter outra ideia, para outro parque (claro), é que este, já era!
 
E por hoje vai sendo tudo, mas prometo vir novamente com este assunto ao blog, se possível mais documentado e com a solução encontrada para o futuro deste espaço, que se espera ser um espaço museu, atractivo para fazer mais um pouco da história de Aquae Flaviae, romana, medieval e actual.
 
Até amanhã, em Chaves, mas rural.
´
publicado por Fer.Ribeiro às 01:37
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
6 comentários:
De hpserra a 28 de Setembro de 2007 às 10:45
Aquando da minha última estadía em Chaves, em Julho de 2007, desloquei-me a este local e ouvi o seguinte(infeliz) comentário: -" Por causa de uma merda duns calhaus sem interesse nenhum, já não vamos ter aqui parque de estacionamento!!". Se assim fosse, qualquer dia, nem nossa "Top Model" existia, realmente, é como tu dizes, agradecer a quem tive a ideia de pensar para este espaço um parque de estacionamento.


De Sandra Rocha a 28 de Setembro de 2007 às 15:50
Sr. Serra estamos num país, que passado é mesmo passado, essas pessoas nem merecem comentários. Eu adoro tudo o que é história. Suponhamos que não conhecemos nada do nosso passado, isto não é viver. Com a história do mundo, de um país, de um local é a mesma situação, é bom saber como começou o mundo, a vida da nossa querida terra.

Quem me dera estar ai nas escavações, o meu grande sonho era a arqueologia mas nem sempre podemos ir atrás dos nossos sonhos.

Sr. Fernando vá mostrando a evolução das escavações.


De Jose Goncalves a 28 de Setembro de 2007 às 18:10
A mim o que me preocupa mais eh o que vai acontecer ao monument depois de as escavacoes acabarem. Sera que ainda estam a pensar fazer o parque de estacionamento ou estara ja a pensar-se em cobrir tudo outra vez com terra?

Sabendo a opiniao geral eh como o Sr Serra diz ja nem ponte havia.

Cumprimentos a todos


De F. Borges a 29 de Setembro de 2007 às 01:32
Alguém disse que não há futuro sem passado. Grande verdade que nem todos querem compreender. A existência destas ruínas é a prova de que a nossa região teve um passado importante, que marcou de forma determinante o seu futuro.

Espero sinceramente que as escavações cheguem a bom porto e que fiquem visíveis e visitáveis de forma que possam ser mais uma atracção turística, bem necessária à cidade.

Os parques de estacionamento são necessários, mas podem ser instalados noutros locais.

Estas ruínas são bem mais importantes!


De Habitante da cidade a 30 de Abril de 2008 às 10:13
qualquer dia não ha cidade só sabem fazer buracos!!!!!!!!!
toda a cidade está construida sobre ruinas, agora lembraram se de estragar tudo!!!!!!!!!!!!


De Aline a 5 de Maio de 2008 às 20:11
Só temos de agradecer claro à brilhante ideia de construir um parque de estacionamento!
Estive em Chaves o ano passado a escavar a zona das termas e só posso dizer que foi uma experiencia fantástica.
Espero que continue a divulgar o avan o das escavações.

E quem diz que andam a esburacar a cidade de Chaves um lembrete , antes de ser Chaves, era Aquae Flaviae e pertencia ao domínio romano , é preciso não esquecermos o passado e as origens.

;)


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9



28
29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Pedra de Toque

. Momentos traídos pela mem...

. Flavienses por outras ter...

. Ocasionais

. Um olhar com a marca Chav...

. Cartas a Madame de Bovery

. Cidade de Chaves - Um olh...

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto....

. Pecados e Picardias

. Pedra de Toque

. Avelelas - Chaves - Portu...

. O Factor Humano

. Cidade de Chaves - Um olh...

. Discursos sobre a cidade

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites