12 anos
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

Chaves em Alerta Amarelo

 

.

 

Então vamos lá dar uma voltinha pelo nosso Centro Histórico, pela nossa cidade antiga, antiga e velha. É uma triste realidade ver a cidade com o seu interessante casario centenário e cheio de pormenores a ficar assim abandonado, envelhecido e em ruínas, ou quase. As razões, são mais que conhecidas, mas todos ficam serenamente a vê-la cair, aos poucos. Claro que há algumas excepções.
 
Mas hoje nem é por aí que quero ir, pois com a “historia” do Cambedo deixei de trazer aqui o frio dos últimos dias e semanas, tanto que até o nosso Rio Tâmega gelou, pelo menos durante os dias 18,19 e 20 de Dezembro. Dias em que o termómetro timidamente subiu um ou dois graus acima do zero durante duas ou três horas por dia e, à noite andou sempre nos negativos, bem negativos, entre os 0ºC e os -12ºC.
.
.
 
Curiosamente nestes mesmos dias a Protecção Civil pôs em alerta amarelo três distritos do país, porque segundo eles iam atingir temperaturas mínimas próximas dos 0ºC, como foi em Lisboa e se não me engano Braga e outro distrito do litoral. Engraçado que aqui pela terrinha, quase todo o mês de Dezembro tivemos noites com temperaturas bem negativas e nunca ninguém levantou alerta nenhum. Dizem os de lá de baixo que nós já estamos habituados. Pois estamos, infelizmente estamos habituados a estes maus tratos ambientais e climáticos e a outros maus tratos e raramente protestamos. Estamos habituados e prontos! Só que eu (por mim falo) já estou farto de estar habituado, e se não fosse por razões várias, já tinha agarrado na trouxa e na família e zarpado para o litoral, onde o medo de uns míseros 0ºC dão direito a alerta amarelo da protecção civil e outras regalias.
 
Quando o dinheiro e as perspectivas de futuro para nós, mas principalmente para os nossos filhos começam a faltar, estas historietas e outras da capital revoltam.
.
.
 
Em Chaves (que se poderá generalizar a quase todo Trás-os-Montes) é quase impossível viver de Inverno sem aquecimento. Por aqui todos sabemos que o combustível com que aquecemos as nossas casas,  na última meia dúzia de anos, quase quintuplicou e embora os governos baralhem os números e nos finais de anos nos mostrem sempre números simpáticos e de crescimento, todos nós sabemos também que temos, ano-após-ano, perdido poder de compra, ou seja, vão-se juntandos os inúteis ao desagradável.
 
Na grande maioria das nossas aldeias a gente jovem já há muito tempo que partiu para as cidades ou para o estrangeiro, por aqui pela cidade ainda nos vamos aguentando, mas com as facilidades que o litoral e os grandes centros oferecem, pelo menos em clima, meios de transporte, universidades, cultura e hospitais, entre outros, não admira nada que a seguir às aldeias, sejam os das vilas e pequenas cidades de província a ficarem sem gente jovem e desertas. É que ter a qualidade de vida que dizem que temos, custa caro, e depois não tarda nada e temos a ASAE à porta da corte do reco, na horta, ou atrás dos pastores e depois lá se vão os presuntos, as chouriças, as alheiras, as couves, as batatas, os cabritos e os cordeiros, para não falar do vinho da pipa que é pisado com os pés, um nojo pela certa para gentes da capital.
.
.
 
Mas como estamos habituados, vamos aguentando e depois como estamos em época de festas e Natal, vamos esquecendo estes pormenores por mais um tempo e se hoje estou assim, um pouco “azedo”, não foi porque me fizeram mal as rabanadas, o bacalhau o polvo ou o tinto, que esses caíram no estômago como ouro em azul, o meu problema é que tenho o depósito de gasóleo de aquecimento vazio e o Inverno ainda mal começou.
 
Até amanhã, em Chaves, e desculpem qualquer coisinha.
´
publicado por Fer.Ribeiro às 03:13
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
5 comentários:
De fjr a 26 de Dezembro de 2007 às 12:15
A minha mulher anda sempre a queixar-se do frio. E eu dissele-lhe um dia vais saber o que é frio. Levei-a a Chaves no fim de semana antes do Natal. No Domingo quando ela saiu a rua logo pela manhã e viu tudo coberto de gelo e o nosso carro com tres dedos de gelo e que ela viu o que era frio. Mas adorou e diz que que voltar a repetir.


De OLIMPIA RIBEIRO a 26 de Dezembro de 2007 às 15:23
Sabe senhor Fernando gostei muito das suas palavras o que talvez para muita gente como voce diz sera azedo para mim foram palavras de bencao e sabedoria , e realmente trizte que la para os lados da capital haja tanta regalia e para traz-os-montes barrosoes como nos chamam muitos porque nem todos nos tratam da mesma maneira ninguem se lembra das pessoas que passam muito frio e realmente estamos habituados e sabe porque? Porque nao temos outra escolha , mas e de tra-os-montes que saiem os melhores produtos alimenticios.
Um abraco e continuacao de Boas Festas para todos os meus flavienses de quem eu tanto me orgulho

Olimpia Ribeiro


De hpserra a 26 de Dezembro de 2007 às 21:19
Em relação às casas em cima da Ponte Romana, já por mais do que vez dei minha opinião, sou favor da sua demolição, embora reconheça que há alguns traços arquitectónicos bastante interessantes, em particular as claraboias, mas o seu estado de ruína, e não se dislumbrar qualquer qualquer hipótese de reconstrução, tipo morte lenta..
Quanto ao alerta meteorológico, meu caro amigo Fernando Ribeiro, se calhar, não será bem assim, eu todos dias consulto o site www.meteo.pt vejo a previsão da minha zona, Sintra, e dou sempre uma olhadela aí para cima, e não me constou que ocultassem/ignorassem algo.


De Fer.Ribeiro a 26 de Dezembro de 2007 às 22:53
Meu caro hp Serra, eu falei em alertas da protecção civil e não meteorológicas e que eu saiba quando Lisboa rondou os 0ºC entrou em alerta amarelo (protecção civil) e Chaves atingiu os -12ºC e não houve qualquer alerta. O nosso frio é diferente!


De Anónimo a 27 de Dezembro de 2007 às 21:08
Segundo o Observatório da Serra do Pilar, lá pela Lísbea, os termómetros marcam Menos 7 e Menos 9!
E até "circulam" rubros e verdes de frio!


Bento Piçarra


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9



28
29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Pedra de Toque

. Momentos traídos pela mem...

. Flavienses por outras ter...

. Ocasionais

. Um olhar com a marca Chav...

. Cartas a Madame de Bovery

. Cidade de Chaves - Um olh...

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto....

. Pecados e Picardias

. Pedra de Toque

. Avelelas - Chaves - Portu...

. O Factor Humano

. Cidade de Chaves - Um olh...

. Discursos sobre a cidade

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites