Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

3º Aniversário do blog Chaves

 

.

 

Hoje sim é tempo de um pequeno balanço neste blog, pois há 3 anos que ele existe.
 
Há três anos nascia quase por acaso. A ideia blog era interessante, pô-lo on-line era fácil, fotografais tinha algumas, textos seria o que a inspiração do momento ditasse e quanto ao tema, depressa cheguei à conclusão que seria Chaves. Iniciava assim um blog mais ou menos estruturado à pressa e feito para consumo próprio, imaginando-me ausente como outrora tinha estado (embora por apenas 1 ano) e publicando aquilo que gostaria de ver se efectivamente estivesse ausente.
 
Foram interessantes aqueles primeiros tempos de blog. O meu eu do lado de cá ia produzindo para o outro eu do lado de lá consumir. Aos poucos, principalmente com a chegada dos primeiros comentários, comecei-me a aperceber que afinal não estávamos sós e que havia meia dúzia de flavienses ausentes que já vinham ao blog matar um pouco de saudades, suponho.
 
Com o tempo as visitas foram aumentando e os flavienses ausentes das aldeias começaram a reclamar as suas terrinhas. Era um novo desafio para o blog, ainda para mais que fotos das aldeias tinha poucas, mas porque não!? Afinal Chaves não é só a cidade, as aldeias enriquecem-lhe a alma e fazem parte deste todo do ser flaviense. Se a cidade tem motivos interessantes para levar por aí fora, as aldeias além dos motivos também tem o seu povo, a sua cultura e tradições, bem mais interessantes até que as da cidade. Foram então reservados os Sábados e Domingos para as aldeias que continuarão por aqui aos fins-de-semana.
.
.
 
E sem me querer lamentar, não é fácil vir por aqui todos os dias. As vezes falta a fotografia, outras a disposição, às vezes o texto e a documentação, às vezes até falta inspiração para tudo, mas sobretudo o que mais falta até é tempo. Mas estou chegado a uma fase em que manter este cantinho aberto já se tornou quase numa obrigação e como tal, com um pouco de teimosia à mistura, este blog, bem ou mal, lá vai sendo publicado diariamente. Mas vale a pena, pois é com gosto que o faço.
 
Às vezes gostava de ter um pouco mais de feedback , não para satisfação do ego, mas para poder melhorar o blog e levar-vos outras imagens e coisas que se calha gostariam de ver por aqui e não vos as consigo dar. Mas parto do princípio e do provérbio de que, quem cala consente, e tudo está a correr sobre os carris. Claro que os amigos e comentadores habituais, bem como alguns mails que vão correndo à margem do blog, também ajudam e muito na sua feitura, aos quais estou eternamente agradecido, mas não há melhor feedback que os números: 341.861 olhares, vindos de 99 países, demonstram bem que Chaves não se resume a estes pequeninos 60 quilómetros quadrados, de uma cidade, duas vilas e 150 aldeias, os números dizem-nos que Chaves e os flavienses estão espalhados por esse mundo fora mas têm Chaves no coração.
.
.
 
Claro que os números do blog levam-me à tal obrigação de o continuar, mas também me acarreta alguma responsabilidade, principalmente na informação que por aqui vou deixando. É a parte ingrata deste blog, principalmente porque ao dizer o que penso, nem sempre penso no que digo, ou melhor, nem sempre digo o politicamente correcto. Embora o assunto não me tenha retirado horas de almofada, às vezes penso e até matuto nele e, cheguei a uma conclusão, vou continuar como até aqui, a levar-vos Chaves e as aldeias como sei e posso, com o devido pedido de desculpas por um ou outro erro, gralha ou omissão, falta de documentação e até falta de inspiração, pois os dias não são todos iguais e o meu dia-a-dia, alegrias e lamentos, também se reflectem por aqui. Afinal de contas é um blog pessoal e sem qualquer pretensão para além de levar Chaves aos flavienses ausentes e amigos de Chaves e assim continuará a ser, pelo menos enquanto tiver direito à minha liberdade e à minha opinião e aos meus olhares sobre a cidade.
 
Só me resta mesmo agradecer a vossa presença aí desse lado, agradecer as vossas visitas e os vossos comentários e já sabem que podem contar sempre comigo deste lado e qualquer coisinha, usem e abusem dos comentários e do meu mail.
 
Obrigado a todos, mais uma vez um bom 2008 e até amanhã, em Chaves cidade.
´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:41
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
17 comentários:
De Sandra Rocha a 2 de Janeiro de 2008 às 09:28
Muitissimos parabéns, espero tê-lo deste lado por muitos mais anos, vamos ver se consigo manter o meu por tanto tempo como o seu o meu fez ontem apenas 4 mesinhos, ainda é um bebe.

Um bom 2008.


De Fer.Ribeiro a 3 de Janeiro de 2008 às 02:31
Obrigado Sandra pelas suas palavras sempre simpáticas e beijinhos para o seu bébé (blog).


De Salvador Silva a 2 de Janeiro de 2008 às 15:23
Caro Fernando Ribeiro, não posso deixar de lhe transmitir os meus PARABÉNS pelos três anos do seu Blog. Creia que ele não satisfaz sómente os flavienses (presentes ou ausentes) mas também todos aqueles que, como eu, gostam de Chaves e a querem viver. Por vezes, muitas vezes, os temas abordados passam-me ao lado, uma vez que não vivo a cidade diàriamente, mas por isso mesmo são eles que me vão consciencializando para a sua vida e o seu afã. Quero dizer, actualizam-me e põem-me na sintonia que gostaria de viver. Outras vezes trazem-me à memória gratas recordações da juvntude e até a ilusão de que nada mudou. Finalmente digo-lhe qu continue a ser espontâneo, opine como pensa. É o sentimento real de um cidadão e esse é que vale. Para quem discordar, o fórum está aberto. Isto é democracia.
Um ABRAÇO AMIGO e um FELIZ NOVO ANO. Salvador Silva


De Fer.Ribeiro a 3 de Janeiro de 2008 às 02:39
Obrigado meu caro Salvador Silva. Bebeu da água das caldas, levou o bichinho dentro de si, que tem o encanto de fazer suspirar quem está longe, mesmo do outro lado de Portugal em terras alentejanas. Obrigado pelas suas palavras sempre simpáticas e pela sua fidelidade a este blog que espero lhe proporcione boas recordações. Um abraço e não esqueça que temos um cafezinho pendente.


De gjemanuel-chaves a 2 de Janeiro de 2008 às 17:45
Ola! Eu sou o Vítor Melo de Chaves e é com grande satisfação que vejo este blog. Sinto-me privilegiado,por duas razões: uma por conehecer e ter acesso a este blog desde a sua criação, (desde que tive conhecimento) e por outra por ser um flaviense do coração e ver que neste blog é divulgado Chaves, (não só a cidade,mas todoo concelho) para todos os flavienses que residem em Chaves e para aqueles que dalguma forma não residem em Chaves, mas que visitam regularmente.
É muito bonito ver inicitivas destas por parte de Flavienses, a demonstrar o nosso belo concelho, (através de imagens, comentários,um pouco de história,entre outros).
Muitos,muitos Parabéns ao seu criador e a quem possibilitou certas informações para estarem neste blog.
Ser sempre uma pessoa atenta a este blog, esperando que em cada dia me surprenda...
Um grande abraço e continue no bom caminho.
P. S.: Gostaria de um dia, ver este blog transformar-se num site,com mais informaçõe, conteúdos e outras coisas; também gostaria de ver,se possível estas imagens tao "belas" em cd, (podendo uma pessoa adquiri-lo através de compra ou outro acto).
Deixo o desafio...
Sei que o primeiro pode ser dificil, mas o segundo não.


De Fer.Ribeiro a 3 de Janeiro de 2008 às 02:43
Obrigado e o desafio fica lançado, talvez para quando este blog fizer 5 ou 10 anos...logo se verá. Um abraço!


De Tupamaro a 2 de Janeiro de 2008 às 18:45
BLOGUES

Todos os pedacinhos da nossa terra que possamos mostrar são como lenhos e areias - relíquias trazidas de lugares santos e que todos merecem ver.
Um castelo, um castro; um «nicho», uma capela; uma fonte, um poço; um «baldão», uma cancela; um muro ou uma «cortinha»; uma corte ou um rebanho; um estadulho ou uma aguilhada; uma procissão ou uma «rusga»; o retrato de um ancião ou de um garoto mais traquina; tudo isto (e tanta coisa mais!) da «Nossa Terra» merece seja mostrado.
As realizações deste e de outros Blogues não são simples objectos para serem pesados ou medidos geometricamente. Para nós, são obras de arte, objectos de análise, sim senhor, mas também propostas de diálogo, convites de reflexão, um testemunho histórico e humano a merecer o exercício e o esforço da compreensão.
Por isso, temos para nós que nunca é demais reconhecer e louvar o mérito dos que nos oferecem estas dádivas históricas, tão consoladoras como enriquecedoras.
Pesando saudades (“”delicioso pungir de acerbo espinho…”); amargando raivas; lembrando desgostos; recordando amores ou desamores; rememorando desaires ou revivendo fugazes sucessos; sentir arrependimentos … do Mal que não se fez e do Bem que não se mereceu; chorando a sorte que não se teve ou o destino que nos calhou; são os Blogues verdadeiros retalhos das nossas vidas ainda a tempo encontrados.
Afinal, são “outro”, são mais um testemunho de que estamos, e temos estado, aqui!
O (sr.) FERNANDO foi a alma inspiradora e entusiasmante para o aparecimento da maioria dos Blogues Alto-Tameganos.
Trouxe consolo e renovou o orgulho à maioria dos Normandos Transmontanos.
Estamos certo de que todas as visitas a esses outros Blogues são também visita ao “CHAVES”.
O respeito e o reconhecimento que o autor do Blogue “CHAVES” merece e que lhe é devido abarcam o nosso mundo.
A Cidade, a Região têm de estar orgulhosas e agradecidas por tão nobre filho terem.
E nós, vizinho ou conterrâneo, colega ou amigo, adversário ou «compadre», tamegano adoptivo ou apaixonado, felizes nos sentimos por termos ao nosso lado um novo «El Cid».
E o título de «Campeador» logo outorgado lhe será, mal os farsantes «almorávidas» dessas paragens se atrevam a enfrentá-lo!
Ao Blogue “CHAVES”, do dilecto (sr.) FERNANDO RIBEIRO endereçamos os nossos PARABÉNS e agradecimento por (mais) esta sua obra.


Tupamaro


De Fer.Ribeiro a 3 de Janeiro de 2008 às 02:54
Claro que agradecer ao Tupamaro já é coisa pouca, pois já o sentimos como um companheiro de viagem de toda a blogosfera flaviense que está sempre presente e tem o encanto de encantar que o conhece. É sem dúvida alguma aquele amigo com quem sempre podemos contar. Um bem haja para si e um eterno obrigado pelas suas visitas, comentários e amizade.


De luis a 2 de Janeiro de 2008 às 22:28
Acho que fazes um grande trabalho e que ainda por cima te rouba o tempo e é gratuito em termos de euros, porque tens sempre a pequena recompensa dos nossos obrigados.
Eu acho que ainda não te convences-te que és um gaijo muito dotado, tens umas fotos excelentes e escreves muito bem, muito comedido e observador. Acho que és a pessoa ideal para escrever livros sobre Chaves, desde pequenas coisas para turistas até obras mais sérias. Não percebo porque é que a câmara não te aproveita melhor para fazeres qualquer coisa desse tipo.
Qualquer dia vou dar-te uma idéia porreira para um livro, já ando para te contar há uns meses.


De Tupamaro a 2 de Janeiro de 2008 às 22:50
(Sr.) Luís, você tem cada uma!

Então «os almorávidas» seriam lá capazes de um gesto de nobreza?!

Espreitam este (e outros) Blogue, aproveitam, «bufam», espirram, conspiram, mas não conseguem tirar os olhos do umbigo ... e/ou do espelho!

Tupamaro


De Fer.Ribeiro a 3 de Janeiro de 2008 às 03:01
Também nós temos um cafezinho pendente que espero que seja ainda por estes dias, enquanto não acontece, um muito obrigado pelas tuas palavras e felicidades também para o teu blog o qual também já é da rotina uma visita. Quanto ao resto, o amigo Tupamaro já deu a resposta.


De Jose Goncalves a 3 de Janeiro de 2008 às 01:04
Parabens.

Manter um blog nao eh tarefa facil, especialmente quando se divulgam posts diariamente como o Fernando o faz. Um bem haja e os votos para que continue com muita paciencia e muita vontade a mostrar a terrinha de todos nos.

Um abraco dos States


De Fer.Ribeiro a 3 de Janeiro de 2008 às 03:05
Obrigado companheiro de viagem e um bom exemplo para as nossas aldeias, que desde os milhares de quilómetros de distância a que ficam os states vais mantendo o blog Castelões. Um abraço para ti desde a terrinha flaviense e um destes dias Castelões passará por aqui em formato alargado.


De Luxemburgo a 3 de Janeiro de 2008 às 02:31
Ola
Para começar bom ano 2008
Eu so te cria agradecer por nao te esquecers dos flavienses como eu que estao longe da sua terra. Obrigado por nos tracers belas imagens
Obrigado por nos dar informaçoes da nossa terra
e Obrigado por dar a tua opiniao no que diz respeito as politicas de Lisboa
Obrigado
Deseijo que este blog continu por muitos mais anos.


De Fer.Ribeiro a 3 de Janeiro de 2008 às 03:07
Um abraço para o Luxemburgo e é com prazer que vos levo terras flavienses todos os dias.


De ÁguasFrias a 3 de Janeiro de 2008 às 20:51
Parabéns pelos 3 primeiros anos de muitos, de boas fotos e pertinentes e perspicazes "Olhares sobre a cidade de Chaves" e suas Aldeias.
Um abraço
Mário Silva


De riolivre a 4 de Janeiro de 2008 às 19:50
Pois é, nestas coisas sou sempre o eterno atrasado. Ainda assim, irei sempre a tempo de te dar um grande abraço,mesmo sabendo que isso é muito pouco.
Celestino


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Centro Histórico de Chave...

. Ocasionais

. Mar flaviense...

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade

. Pecados e Picardias

. O Barroso aqui tão perto ...

. Casas de Monforte - Chave...

. Vivências

. Cidade de Chaves - Dois o...

. Festival Identidades - Ja...

. Ocasionais

. Festival Identidades - Ja...

. Chaves D'Aurora

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites