Domingo, 9 de Março de 2008

Seixo - Chaves - Portugal



.

Tardou ir até ao Peto, mas agora até todos os dias. Claro que não vou parar de novo no Peto, mas como hoje paramos no Seixo, a passagem pelo Peto é obrigatória.

 

Mas é do Seixo que hoje se fala por aqui.

 

.

.


O Seixo fica a 15 quilómetros de Chaves e a 2 quilómetros da sua sede de freguesia, que é Loivos. Ambas se situam junto ao pequeno vale que acompanha a Ribeira de Loivos, que mais além dará origem à famosa Ribeira de Oura. Curiosamente famosa pelo vinho e não pela água.

.


.


Tal como Loivos, também o Seixo deixa as terras do pequeno, mas rico vale, para cultivo instalando-se a aldeia no sopé da serra de Santa Bárbara, que pelos acontecimentos, é serra que já está na história.

.


.


De facto a Serra de Stª Bárbara foi ocupada pelas tropas liberais, quando em 1823, se travou a histórica batalha de Santa Bárbara, na qual, o então 2° Conde de Amarante e mais tarde o Marquês de Chaves, venceu as forças liberais do General D. Luís Rego, aprisionando nela o comandante da guarda avançada, o Brigadeiro Pamplona Moniz .

.


.


A aldeia é pequena e o seu casario é o tradicional das aldeias rurais, constituído por dois pequenos aglomerados de pequenas casas de granito, mas também tem a sua Casa Grande, uma importante construção com capela incorporada na fachada e que segundo apurei foi da família Botelho, com origens em Vila Pouca de Aguiar. Casa onde viveu um cirurgião mor também dessa família. Um portal encimado por um belo ornato enquadrado entre dois pináculos, é memória expressiva da antiga grandeza.


Destaca-se ainda a capelinha da Senhora das Candeias em honra da qual celebram festa anualmente em 2 de Janeiro,  iniciando-se com a bênção das velas na Capela da Casa Grande, seguindo a procissão para a capela da Senhora das Candeias, onde acaba de se organizar para de seguida dar a volta à aldeia. A festa das Candeias também é designada por festa da Candelária e da Senhora da Luz.

.


.


Da sabedoria e simplicidade do povo, feita de tradição, transmitem-se de geração em geração duas quadras ligadas às Senhoras que veneram:

 

Quando a Candeia chora,
Está o Inverno fora,
Se a Candeia rir
Está o Inverno para vir.

 

Se a Senhora da Luz chorar
Está o Inverno a acabar,
Se a Senhora da Luz rir,
Está o Inverno para vir.

 

E que mais há para dizer do Seixo!? – O costume. A agricultura é quem domina e quanto às suas gentes, se há coisa de 20 anos atrás houve necessidade de construir uma pequena escola para os seus “putos”, já há muito que fechou e, da escola já pouco resta, o vandalismo tomou conta dela. Ou seja já não há putos mas ainda vai havendo alguma canalha (pelo vandalismo) pois pela “obra de arte” que é a antiga escola, mais valia nunca ter sido construída, desintegrada que está em todos os aspectos.

.


.


Pouca gente, que nunca foi muita, mas que ainda vai mantendo o pequeno vale tratado.


E pelo Seixo, por hoje foi tudo, mas pela certa que continuará a fazer parte e ponto de passagem de um dos itinerários simpáticos de um passeio de Domingo, principalmente de verão quando se aproveita a frescura dada pelas sobras das árvores que acompanham a estrada quase desde o Peto (outra vez), até Vidago.


Amanhã cá estaremos de novo com mais pormenores da cidade de Chaves.


Até amanhã.

´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:51
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
14 comentários:
De catarina a 10 de Novembro de 2008 às 20:16
ola!!
gostei do k vi mas nao gostei muito do k li, pois contem muita informação errada, a festa é celebrada a 2 de fevereiro e nao janeiro, a escola nao fechou a mais de 20 anos pois eu fui a ultima aluna, o estado da escola nao se deve as pessoas k lá vivem mas sim a um grupo de miudos k vem de ferias da alemanha e tornou akilo nakele estado, neste momento ja vivem algumas crianças na aldeia, são pelo menos 10. por agora nao tenho mais reclamções, agora um convite nao deixem de visitar essa pequena terrinha simpatica e hospitaleira.
atenciosamente catarina :o)


De Sara a 28 de Fevereiro de 2009 às 22:40
Olá,

A Casa do Seixo, que pertence ainda a família dos Ferreira Botelho, era do meu bisavo, Martiniano Ferreira Botelho (http://pt.wikipedia.org/wiki/Martiniano_Ferreira_Botelho), e fiquei muito contente por ver as fotos, obrigada.

Até a idade dos meus 13 anos costumava passar as férias de Verao nessa casa e tenho pelo Seixo e pelas suas gentes um carinho muito grande.

Nem acreditei quando fiz uma pesquisa no google e o primeiro site foi logo das vossas fotos. Assim que vi a primeira apontei logo a casa do meu avo (Hermínio Ferreira Botelho) e quando vi a segunda quase chorei. A janela por cima da porta principal é a janela do meu quarto.

Um obrigada muito grande, trouxeram-me muitas recordacoes felizes.

Sara


De Sophia a 1 de Março de 2009 às 01:09
Pois é sara...ainda passa-mos lá bons momentos...fiquei com saudades e com enorme vontade de rever todas as minhas fotos de infância!
Obrigada pelo site...gostei mesmo muito das fotografias!! Aquele portão a entrada depois para a nossa casa .. enfim fiquei nostálgica e a lembrar me de tanta coisa!!


De Susana a 3 de Março de 2009 às 15:31
Bom, e fecha-se o círculo...as três netas do Sr. Hermínio Botelho encantaram-se com as fotos do Seixo e da Casa Grande em particular...

Nela se guardam as nossas memórias das férias de Verão, férias essas sempre inesquecíveis!

São recordações que o tempo não apaga e que um dia gostaria de passar aos meus filhos. Não sei se a vida permitirá, mas farei o que estiver ao meu alcance para que assim seja!

Muito obrigada por gostar do nosso Seixo e da nossa Casa Grande...grande em tamanho, beleza e vivência.

Pena que aqueles que nela viveram não possam usufruir destas imagens. De certo que ficariam muito orgulhosos!
Mas nós usufruímos por eles...

Muito obrigada


De angelobotelho a 15 de Fevereiro de 2010 às 22:53
Olá! Parece que somos parentes, eu sou neto do Dr. Martiniano Botelho e sobrinho do Herminio Botelho.
Felicidades para as três!
angelobotelho@sapo.pt


De Susana a 21 de Janeiro de 2012 às 19:55
Olá!!

Com que então seremos primos?
Fiquei muito surpreendida, mas pela positiva, de encontrar assim família na net. Obrigada pela partilha.

Mas diga-me, de quem é filho? Se é sobrinho do meu avô será filho de um dos irmãos De quem?
Obrigada e até uma próxima.

Susana


De Sara a 11 de Dezembro de 2012 às 23:08
Suzy, este sr. Angelo deve ser filho do tio Angelo, como tal, nosso primo em 2. grau? Exacto, porque é primo direito da nossa mae. O Carlos é que deve saber... :)

Beijinhos a todos, cumps,
Sara


De Maria de Fatima dos Santos Ribeito Gonça a 26 de Janeiro de 2017 às 20:31
Boa noite Sou também bisneta do Dr. Materniano Ferreira Botelho, sou filha de Ilídio Botelho Gonçalves, a minha avó paterna era Idalina Botelho Gonçalves, uma das duas filhas que o Dr.Materniano teve no seu primeiro casamento.Mais tarde depois da morte da. Minha bisavó ele casou outravez, por um caso cheguei e achei intetessante saber que tenho muitos tios e primos que nunca conheci


De Sara a 5 de Fevereiro de 2017 às 19:08
Olá Fátima, muito obrigada pelo seu comentário.

De facto, nós todos somos do segundo casamento do nosso bisavo, e sempre tive curiosidade de conhecer a restante família do primeiro casamento.

Se quiser, por favor envie-me um email para sara(ponto)antunes, no gmail, que eu teria muito gosto em conversar consigo.

Temos uma página no FB com muitos netos e bisnetos da nossa família, seria um prazer conhecermo-nos todos.

Um beijnho,
Sara


De Elisabete Gomes a 3 de Setembro de 2010 às 17:24
Olá!
Os meus pais os meus avós e tias moram no Seixo. Uma aldeia calma e serena onde vivi na minha infancia, com os meus tios e mano... Adoro essa aldeia e sempre que posso vou visitar os meus familiares que lá residem. Sou neta do João e da Maria Adão, filha da Ana e do Nelson Gomes, trabalho em Aveiro, mas essa aldeia e essa gente está no meu CORAÇAO, tenho boas recordaçãoes dai... visitem se tiverem possibilidade, é uma aldeia pequena bonita e com gente acolhedora..., um dia vou voltar:) talvez para ficar quem sabe:)


De catarina a 17 de Outubro de 2010 às 17:19
ainda ontem fui visitar a minha familia, apesar de ser uma aldeia com muito poucos habitantes penso k serao perto de 40, os melhores anos da minha vida foram ai, vivo em vila real e sempre qe posso la vou eu na A24 de viagem para o seixo, terra simpatica e hospitaleira..

catarina santos...


De Manuel a 25 de Abril de 2011 às 17:34
Manuel Barrocas.
Foi com muita alegria que vi imagens da terra onde nasci e cresci, estive ali até aos 25 anos onde passei momentos maravilhosos.
Ainda tenho lá alguma familia (Tia Joaquina e Tio Amadeu) e muitos amigos.
Sempre que vou a Chaves visitar a minha familia nunca deixo de ir reviver um pouco da minha infancia e juventude.


De Joao do nascimento nobre a 1 de Janeiro de 2014 às 13:49
Ola eu sou o joao, filho do Hirminio Nobre e neto do ti Modesto nobre.eu gostaria de comentar muitas coisas sobre o seixo e a sua gente que sao gente simples e acolhedores.tambem tenho muitos primos e amigos de ifancia que nao vejo a muito tempo e que gustaria de ver.desejovos um feliz ano novo para todos.VIVA O SEIXO QUE E A NOSA TERRA.


De Denise Nobre a 13 de Fevereiro de 2016 às 03:30
Olá, João! É provável que sejamos parentes. Meu avô, Joaquim Nobre, deixou o Seixo e veio para o Brasil no início do século passado. Ele veio com um irmão, Antônio. Infelizmente meu avô já faleceu e ele nunca nos contou muitos detalhes de sua vida em Portugal. Mas meu pai comentou que ele tinha um outro irmão chamado Modesto. Será que se trata do seu avô? Seria um grande prazer descobrir que ainda tenho familiares no Seixo. Um grande abraço! Denise Nobre


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23
24
25
26
27
28
29

30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Carregal - Chaves - Portu...

. Um olhar sobre a cidade, ...

. O Factor Humano

. Where’s Wally? ou a força...

. Ocasionais

. Mais um olhar sobre a nos...

. Têm costas e espreitam...

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade

. O Barroso aqui tão perto ...

. A Galiza aqui ao lado - A...

. Capeludos - Chaves - Port...

. Pedra de Toque

. A Galiza aqui ao lado - A...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites