Domingo, 30 de Março de 2008

Praia de Vidago - Chaves - Portugal



.

E hoje fazemos mais uma saída da cidade de Chaves e vamos até ao nosso concelho rural, ou quase, pois não vamos até nenhuma aldeia, mas até à Praia de Vidago.

 

Esta coisa de hoje em dia se passar as férias de verão nas praias de mar, não é de sempre. Aliás aqui pelos nossos sítios, tempos houve, em que eram o destino de férias de muita gente. Refiro-me claro às nossas estâncias termais de Vidago e Chaves, contando ainda também com outras da redondeza como Carvalhelhos, Pedras Salgadas e Sendim (concelho de Vinhais). Realçando-se as zonas termais de Vidago e Pedras Salgadas, às quais também estão associadas às Águas Minerais. Realce este pelas infra-estruturas que foram criadas para tal, acompanhadas de um autêntico parque hoteleiro, neste caso, realce para Vidago.

.


.

 

Mas como ia dizendo e ao que consta, na altura em que o termalismo atingiu o seu auge, o sol e a aragem do mar não eram locais muito recomendados para a saúde, principalmente a saúde de espírito, pois o que estava na moda, eram as termas, e associadas a elas, havia todo um ambiente feito para turista consumir.

.


.

 

Infelizmente para nós, as termas deixaram de estar em moda e a praia é o que está a dar. Pode ser que venha a acontecer como a sardinha, a mesma que antes não era muito recomendável para a saúde pela sua gordura e que agora se chegou à conclusão que a gordura da sardinha até é saudável.

 .

.


Tudo isto para chegar à praia de Vidago, pois também há não muitos anos atrás, as praias fluviais é que estava a dar e estiveram (pelo menos na minha recordação possível) durante umas duas dezenas de anos na moda do povo, claro.

 

.

.


Já muitas vezes se falou aqui no blog e na blogosfera flaviense dos bons tempos do Açude de Vila Verde da Raia. Era a praia por excelência do pessoal da cidade de Chaves. Depois havia ainda pequenos “clubes” mais privativos como a Galinheira, o Tronco, a “Casa do Matias”, e por esse rio fora, cada sobra de amieiro ou lameira, era uma praia, às vezes até quase privativa.

 

Pois Vidago também tinha a sua praia, e até houve uma época em que esteve na moda e com a vantagem de ter, em algumas das suas épocas, um ponto de apoio com bar e até restaurante na casa da Praia de Vidago.

 

Com a modernidade, a tal que os políticos tanto gostam de apregoar, o Rio Tâmega foi esventrado em tudo quanto era sítio. O betão da modernidade precisava de areia e no rio bem como nas sua redondezes, havia areia à farta. Depressa o Tâmega virou a mina de exploração de areias, a água deixou de ser transparente e as praias de mar também se tornaram mais apetecíveis, atractivas e acessíveis. As praias do Rio Tâmega em Chaves morreram e sem retorno, pois a seguir à areia vieram os esgotos e a poluição de um crescimento acelerado da cidade para o qual não havia as infra-estruturas básicas, principalmente no que respeita ao tratamento de lixos e esgotos. Coisas da modernidade.


.



A Praia de Vidago, mesmo depois de deixar de ser praia fluvial, ainda tentou manter na “Casa da Praia”, um lugar atractivo e simpático com o rio por companhia. Desde bar, a restaurante, com bons tempos até de música ao vivo e mesas espalhadas pelas sombras dos amieiros, tinha todo o romantismo convidativo a um passeio quase propositado até lá. Mas também este espaço morreu e hoje está dotado ao abandono. Continua a ser um espaço bonito, mas por apenas uns breves minutos.

 

A Praia de Vidago também já faz parte da história e sem a vida da “casa” não há atractivo e depois, a “transparência” do rio também não ajuda, e já nem falo dos cheiros.

 

Claro que já não recomendo fazer praia na Praia de Vidago. À “Casa” também já não vale a pena ir, merendas, muito menos, mas ainda vale a pena passar por lá e apreciar a beleza que ainda existe. Abandonada, é certo, mas ainda merece uma passagem por lá, as fotos acho que são testemunha disso mesmo.

 .


 

.


Para quem não sabe onde fica, é fácil. A partir de Chaves, imediatamente antes do nó da auto-estrada de Vidago, no lugar da Ponte Seca onde se toma a estrada para Boticas, Pinho, Souto Velho e Anelhe. É só seguir a estrada e enquanto for a descer até ao Rio, vai bem. Quando chegar ao rio, é aí a Praia de Vidago.

 

Até amanhã de regresso à cidade.

 

 

 

 

publicado por Fer.Ribeiro às 04:13
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
2 comentários:
De TINA DUQUE a 19 de Junho de 2010 às 11:57
Como familiar, do MESTRE E ARQUITECTO VICENTE COSTA feitor de algumas obras feitas na cidade de CHAVES/ VIDAGO. Gostaria de saber mais sobre as suas obras, pois a única recordação que me resta é uma foto muito antiga,


subscrevo-me atenciosamente e obrigada

Clementina duque, nora do neto MESTRE E ARQUITECTO VICENTE COSTA


De nazaré oliveira a 19 de Fevereiro de 2012 às 13:59
Excelentes, como sempre, com textos-legenda óptimos!

Um abraço.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: ribeiro.dc@gmail.com

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


 

 

El Tiempo en Chaves

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Facebook

Blogue Chaves Olhares

Cria o teu cartão de visita Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Lumbudus em Allariz – Gal...

. S.Pedro de Agostém - Chav...

. Discursos Sobre a Cidade ...

. Duas images, dois olhares

. Factor Humano, por Manuel...

. Chaves e a sua névoa

. Momentos de Meditacão

. Chá de Urze com Flores de...

. Momentos!

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade - Ja...

. Abandonos, Traços e Tradi...

. Pedra de Toque - A voz

. Torre de Ervededo - Chave...

. Discursos Sobre a Cidade ...

.pesquisar

 
blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

Estou no Blog.com.pt

.Creative Commons

Creative Commons License
Este Blogue e o seu conteúdo estão licenciados sob uma Licença Creative Commons.

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites