Sexta-feira, 23 de Maio de 2008

Discursos Sobre a Cidade

 

.

 

 

“BLOGUETORES x PRETORES”

 

Texto de Tupamaro

 

Dificilmente será encontrada uma Região – Município, com tantos e tão entusiastas “BLOGUETORES”!

 

E a nota mais saliente que exibem é um «sol» longo, vibrante, fluorescente, com sentida expressão do carinho, do apego e da saudade por toda a NORMANDIA  TAMEGANA.

 

Todos, e cada um per si, os “BLOGUETORES” Tameganos têm feito, e continuam a fazer, com que os Normandos do Tâmega sintam, alimentem e manifestem o maior gosto no buraquinho, na gruta, em que nasceram   -   ou que adoptaram.

 

Viajemos por qualquer canto do mundo.

 

Lugares encontraremos mais especiais do que outros, com um «quê» especial, etéreo, transcendente.

 

É o sentir, o tocar, o adivinhar o mistério.

 

E a nossa TAMEGÂNIA, aos seus filhos e aos seus amigos, atinge-os com um fascínio irresistível e incomparável.

 

Uma Igreja, uma Capela; um Cruzeiro, um Nicho; uma muralha, um Castro, uma Torre, um Castelo; uma ponte, um caminho, uma rua, uma canelha; uma fonte; uma tradição; um costume; uma história, uma lenda; uma figura, ou um figurão; uma «lama», uma carvalheira, uma sorreira ou um monte; um dia de inverno, ou um dia de inferno; uma conversa de taberna, de barbeiro ou de Café; um encontro de Feira, ou de Festa; de amor, ou de desengano; tantos pedacinhos de vida e de Natureza que nos dão outra dimensão do nosso mundo e nos dizem que, afinal, a eternidade começa e acaba no nosso cantinho natal.

 

A Cidade e a Região têm um desígnio extraordinário, fantástico.

 

Também estas foram um território prometido aos mais remotos antepassados da Humanidade.

 

Falamos, com toda a justiça, de Lusitanos, Romanos, Suevos, Visigodos e Mouros.

 

Com muita injustiça e só raramente, lembramos os Iberos e os Celtas.

 

Todavia, vincados traços destes avós permanecem e se evidenciam em rituais de religiosidade onde os matizes possuem mais brilho pagão que panteísta.

 

Mas atentemos que todos esses Povos nos legaram o seu melhor, e que é a nós que nos coube (e cabe) usufruir, venerar e honrar a sua herança.

 

Os “BLOGUETORES” de C H A V E S têm feito por isso.

 

Os Pretores Municipais, em pouco mais de trina anos, assistem, com uma governação quaternária indecorosamente semelhante aos planos quinquenais de um «determinado país».

 

Porca miséria quando, em nome não se sabe de quê, mas em gestos, decisões e tratados às três pancadas, se faz com que todo um Território nobre, histórico, com enormes recursos para um presente e um futuro próximo e distante, se descaracterize, e consente que a estúpida soberba nombrilista local   - e a centralista    -    o considere com soberania e desdém, até!

´
publicado por Fer.Ribeiro às 00:00
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
5 comentários:
De J. Pereira a 23 de Maio de 2008 às 10:05
Todos os que gostam da sua (nossa) terra e que andam pela Blogosfera Flaviense demonstram e apresentam um caracter e uma sabedoria comum a todos: - Amor e dedicação às suas raízes, honestidade de saber e de espírito aberto, dedicação e carinho pelo cantinho que os viu nascer.
O meu obrigado, pela parte que toca, ao meu grande amigo Tupamaro com um abraço de amizade e gratidão.


De J. Pereira a 23 de Maio de 2008 às 10:06
Todos os que gostam da sua (nossa) terra e que andam pela Blogosfera Flaviense demonstram e apresentam um caracter e uma sabedoria comum a todos: - Amor e dedicação às suas raízes, honestidade de saber e de espírito aberto, dedicação e carinho pelo cantinho que os viu nascer.
O meu obrigado, pela parte que toca, ao meu grande amigo Tupamaro com um abraço de amizade e gratidão.


De fjr a 23 de Maio de 2008 às 14:00
Este texto é lindo como linda é a nossa CIDADE. Parabéns e um abraço


De João Martinho a 23 de Maio de 2008 às 20:23
Agradeço não só ao criador deste blog, não apenas aos Flavienses, fazedores de blogs, não apenas ás pessoas que simplesmente vêem por cá ver, ler e ate ouvir bacoradas, muitas vezes e delicadamente escritas com sabedoria e saber popular, quero agradecer a todos em geral, o simples facto de ter nascido aqui, de ser daqui e de querer continuar por cá, sou Flaviense e agradecido muito agradecido ao povo ás gentes que sempre lutaram para que Chaves continue na linha da frente das prioridades, para que Chaves se escreva sempre com letras grandes, para que Chaves exista para que possamos dizer aos nossos netos, eu já aqui brinquei, eu já aqui barafustei, eu já aqui deixei as minhas ideias.
Muito Obrigado a todos.

Sempre presente

Por Chaves
Com Chaves


De accteixeira a 24 de Maio de 2008 às 01:59
É um estranho amor à Terra...


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Castelo - Chaves - Portug...

. O Factor Humano

. Rua do Correio Velho - Ch...

. Centro Histórico de Chave...

. Ocasionais

. Mar flaviense...

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade

. Pecados e Picardias

. O Barroso aqui tão perto ...

. Casas de Monforte - Chave...

. Vivências

. Cidade de Chaves - Dois o...

. Festival Identidades - Ja...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites