Domingo, 3 de Setembro de 2006

Chaves Rural - Sesmil

sesmil-bl.jpg

Há vezes que me desloco a uma aldeia com o objectivo pré-definido de fotografar uma igreja, um monumento, isto ou aquilo que descobri por documentação ou mesmo porque me falaram de… Outras vezes, vou simplesmente com o objectivo de fotografar qualquer coisa que desperte a minha atenção, parto à aventura e à descoberta do desconhecido. Quer num caso quer no outro, mais que fotografar, é um prazer descobrir.

Já variadíssimas vezes, por motivos profissionais, que passei ou me desloquei a Sesmil, mas nunca com olhos de ver. Desta última vez, aventurei-me por Sesmil adentro sem objectivo definido, mas com olhos de ver, e vi, pelo menos meia dúzia de motivos que me despertaram a atenção e o registo em fotografia. Mas nem tudo que é bonito é agradável de registar. Principalmente quando o bonito está feio, abandonado e maltratado.

Na minha última visita a Sesmil, descobri por mero acaso a construção da foto de hoje. Não sei de quem é, de quem foi, quando foi construída, nem lhe conheço a história ou estórias, se é que as teve. Sei que é uma belíssima construção, mas (aí vem o outro lado da moeda) está abandonada, maltratada, sem vida e é aqui que o bonito se transforma em feio e a bela no monstro. Mais que triste, ao ver o estado destas construções, fico revoltado, simplesmente revoltado, porque geralmente a culpa do estado destas construções, até nem é de ninguém, porque, invariavelmente quando pergunto de quem é, a resposta é sempre a mesma – era de alguém, geralmente de famílias ricas e casais agrícolas que outrora trataram e estimaram estes locais e que após a sua morte, tocou em herança aos filhos, sobrinhos ou familiares chegados… que fazem vida em Lisboa, Porto ou noutra grande cidade qualquer e que não liga nenhum a isto…

E sem querer acusar seja lá ele quem for ou, os motivos válidos ou não porque deixam estes casarios ao abandono, a realidade é um facto e o facto é que é triste e revoltante ver estas preciosidades abandonadas. Já diz o ditado que “dá Deus nozes a que não tem dentes” e quem os tem, não tem nozes – coisas da vida.

Até amanhã de novo e de regresso à cidade, a tropeçar talvez num pedaço qualquer de história milenária. Em Chaves é assim!
´
publicado por Fer.Ribeiro às 00:09
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
8 comentários:
De Luciana Dias a 1 de Setembro de 2007 às 05:31
Olá!
Descobri seu blog pesquisando sobre Sesmil e Chaves. Sou brasileira descendente de portugueses; ha pouco fiquei sabendo que meu avô, já alecido, nasceu em Sesmil. Gostaria muito de conhecer este região, porém não estou conseguindo localizar Sesmil nos mapas da região de Chaves. Viajarei a Portugal no final de setembro. Será que você poderia me ajudar? Pode me orientar sobre o caminho para se chegar a Sesmil?
Gostei muito de conhecer suas fotografias, o que me estimulou ainda mais a conhecer esta região de Portugal.
Desde já muito obrigada por sua atenção.
saudações do Brasil,
Luciana [diasnana@gmail.com]


De Cláudia Sesmil a 24 de Março de 2009 às 14:15
Prezado Fer Ribeiro,
Sou brasileira, moro no Rio de Janeiro, meu avô, já falecido, era português da região de Tras os Montes, o sobrenome de miha família é SESMIL, tenho grande interesse em saber mais sobre minhas origens. Existe algum cartório com registros civis na cidade de Sesmil? Ficaria muito feliz em manter um contato com você. Mutio grata, Cláudia


De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2010 às 11:35
esta mt bonito e eu vivo la descobre quem sou eu


De marimi55 a 31 de Julho de 2010 às 11:50
je connais cette ruine de sesmil et et je tiens a dire que cette photo n est pas vraiment comme on la voit,le copier/ coller est faux,la maison blanche que l on voit ne se trouve pas a coté, elle existe mais pas de cette facon là


De Fer.Ribeiro a 31 de Julho de 2010 às 12:32
Olá marimi55

A fotografia não foi manipulada nem sofreu qualquer alteração. É tal qual existe e se houver dúvidas nem há como passar pelo local e comparar.


De Ana Pereira a 5 de Abril de 2012 às 16:57
Desculpem, eu vivo em sesmil ha 18 anos e a capela de S.João é igual a foto.. Não ha nenhuma alteração...


De simoes a 3 de Fevereiro de 2013 às 21:45
Mas a onde fica sera terra?!


De Anónimo a 18 de Julho de 2015 às 21:27
Sesmil fica a cerca de 10 Km ao Sul de Chaves, um pouco depois de Samaiões.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
14

21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Cidade de Chaves - Um olh...

. Chaves D'Aurora

. Cidade de Chaves e a Nª S...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Pecados e Picardias

. Cimo de Vila da Castanhei...

. O factor Humano

. Chaves - Um olhar...

. Ocasionais

. Chaves D'Aurora

. De regresso à cidade

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Cela - Chaves - Portugal

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites