Sexta-feira, 1 de Setembro de 2006

Chaves - o Largo do Anjo e o Padre

4112-bl.jpg

As ruas da nossa cidade têm nomes, muitas vezes de pessoas. Também não é estranho, aqui ou ali, aparecer uma estátua ou um busto de pessoas. No Largo do Anjo, por exemplo, aparece o busto que vemos na foto, toda a gente o vê e quem circula de carro até é obrigado a contorná-lo, mas, e falo por defeito, poucas pessoas reparam ou sabem de quem é o busto, quem foi o homem e o que fez por Chaves e o porque de estar naquele largo.

Pois então espero, para quem não sabe (e não se envergonhem de não saber, que eu próprio durante muitos anos também não o sabia), que este post ajude a conhecer o Homem que domina o Largo do Anjo.

Era Padre e chamava-se Joaquim Marcelino da Fontoura, nasceu em 1867, em Anelhe, aldeia do nosso concelho. Faleceu em 1938. Era filho de pais remediados, gente de bem, que há custa de sacrifícios mandaram instruir os seus filhos. Foi estudar para Braga, vindo a ordenar-se em presbítero, com a ideia de servir a Deus e à sociedade, por meio da escola.

Como pároco da sua aldeia, entregou-se ao ensino das crianças da freguesia. Ganhou confiança e coragem e fundou um Colégio, a expensas suas, no Outono de 1893, na então vila de Chaves, sob a invocação do Colégio de S.Joaquim, na Rua Ge. Sousa Machado, no ano de 1893/94. No ano seguinte, fez contacto com a confraria, passando a dar aulas no extinto Convento das Freiras de Nª Srª da Conceição, onde hoje é a actual Escola Secundária Fernão de Magalhães, ou Liceu (como vulgarmente é conhecido). Já então, por dor de cotovelo (como se costuma dizer) foi acusado de estar a exercer uma indústria lucrativa!

Quem não sente, não é filho de boa gente – diz o ditado. Pelos vistos o Padre Joaquim Marcelino da Fontoura, levou as acusações a peito e fechou o Colégio em 1896 e regressou à sua aldeia de Anelhe.

O Presidente da Câmara de então (António Fernandes Bragança) segundo reza a história, compreendeu o erro e oficialmente manifestou o desagrado pelo acontecido, dispondo-se a conceder-lhe um subsídio de duzentos mil reis para a reabertura do Colégio. Ferido no seu orgulho, o Padre Joaquim, só ao fim de três anos e depois de muitos e insistentes pedidos é que reabriu o Colégio de S.Joaquim, em 1889, indo instalar-se no Largo do Anjo, na então casa da família Arrochela, actualmente os Serviços Municipais de Águas da Câmara Municipal.

Mas (há sempre um mas, principalmente quando se fala de ensino e cultura) em 1902 (ao fim de três anos) a Câmara cortou o subsídio ao Colégio. Ao que consta, por uma questão política (questões, que pelos vistos, não são só de hoje), no entanto, e mesmo sem subsídios e contra políticas, o colégio continuou em funcionamento até 1907.

Acho que chega para ficarmos a saber afinal quem é o Homem do busto que domina o Largo do Anjo, e que por direito, explica também a razão do próprio busto e do estar naquele lugar.

Louvo quem teve a ideia do busto e da escolha do lugar, mas louvarei ainda mais aquele que ousar transformar e acabar com actual anarquia do Largo, de modo a que o Padre Joaquim deixe de funcionar como um mero sinal de trânsito de obrigação de contornar. Afinal o Homem dedicou-se ao ensino e merecia um ambiente mais… mais digno, mais atractivo, mais culto e sem o medo constante de, a qualquer altura, ser atropelado.

Até amanhã, num lugar mais calmo de uma aldeia do concelho.




´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:17
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
5 comentários:
De ernesto a 25 de Outubro de 2006 às 14:44
Estimados amigos(as)
.
Nasci em Vila Real de trás os Montes...
Desde muito cedo descobri que esta cidade ou mesmo Portugal eram
demasiado pequenos para as minhas ambições.
Cresci com a Fotografia e a Musica,
E um dia parti para a Alemanha, já conhecia uma alemã,
Casei , tive uma filha, e casa própria.
Era musico , modelo de rosto na Avon e fotografo
Aos 26 anos entrei para a National Geographic como fotografo
Onde permaneci cerca de 10anos.
Vim a Portugal a pedido de uns amigos jornalistas Belgas ,
Para lhes ajudar a fazer uma reportagem sobre a pedofilia e a
prostituição infantil,
Dado que alguns Belgas ligados á Política, desporto e empresários
vinham cá á procura disso.
Como estava em Lisboa e finda a reportagem decidi vir visitar a Vila
Real amigos e família,
Passado uns dias vi um grave acidente
Chamei os socorros e fui ver no que podia ajudar,
Um outro carro desgovernado atropelou-me pelas costas.
Estive no hospital de Stº António no Porto 28 meses internado.
Sai numa cadeira de rodas na qual ainda estou hoje
Fiz umas cirurgias plásticas no Egas Moniz em Lisboa e o medico
recomendou-me para ir para Cuba.
Acontece que eu não tinha dinheiro para isso
Há pouco tempo descobri que os Cubanos estão na gafanha da Encarnação em Aveiro
Eu preciso de fazer fisioterapia em água, urgentemente
Para poder trabalhar
O estado não participa derivado a ser uma Clinica privada.
Sinto-me desesperado com tantas dores, e sem poder voltar a trabalhar,
Quero voltar a lidar com a Sociedade
Tenho sonhos, e gostava de voltar a trabalhar, ter a minha casa dado
que onde vivo não tem acessos para mim.
Tenho quem me arranje trabalho mas as dores são muitas e eu não aguento
Daí eu dirigir-me a vocês para pedir uma pequena contribuição,
Que me ajudem com o que puderem..
Fico-lhes imensamente agradecido ..
Estas coisas não acontecem só aos outros
E um dia pode ser alguém desse lado a pedir ajuda.
Quero viver, trabalhar, ter uma vida normal,
E para isso conto com vocês
Não peço nenhuma fortuna , só com o que puderem ajudar.
Se não puderem compreendo
Desejo tudo de bom para vocês
Para um eventual deposito deixo aqui os dados
.
Conta n.º da CGD 0906 092188900
Banco.. CGD N.I.B. 003 509 060 009 218 890 010
Um muito obrigado
TML n.º 96 686 41 38
Respeitosamente
(Eros)






De Bravo a 1 de Setembro de 2006 às 16:36
Caro F.R./Parabéns pela lição. De facto é pena que cada ves menos se "olhe com olhos de ver" para a história da nossa terra e dos Homens que contribuíram para essa história. O caso do Padre Fontoura é um, entre muitos, flavienses esquecidos pelos seus conterrâneos. Daqui a dois anos vai passar-se o II centenário da Guerra Peninsular que no 1.º centenário teve «festa rija» na então vila de Chaves. Alguém se lembrará disso? Quantos conhecem hoje o que representou para Chaves essa guerra?
Um abraço e continue. Por mim, muito obrigado.


De Jose Goncalves a 1 de Setembro de 2006 às 13:53
Uma foto muito oportuna. Eu tambem era ate ler o post de hoje daqueles que nao sabia da historia por tras do busto no largo do anjo que tantas vezes contornei. O mais caricato foi a minha esposa perguntar-me quem era a pessoa no busto e eu inocentemente respondi que nao sabia. O meu muito obrigado ao FR por mais uma licao la da terrinha. Ate amanha.


De humberto serra a 1 de Setembro de 2006 às 10:13
Quando aparece alguem que faz algo desinteressadamente, aparece logo de seguida alguem que nem f... nem sai de cima, infelizmente a maioria dos portugueses sempre foram e ainda são assim, preocupação pelo bem comum apenas está ao alcance de uma pequena minoria, e depois os resultados estão à vista, andamos sempre na cauda da Europa.


De Rita Mega a 2 de Outubro de 2008 às 16:36
Será que, para além de conhecer a interessante história de quem está retratado em busto, não importaria também saber quem o eternizou na pedra' Será que mo pode dizer? Estou a estudar o escultor Leopoldo de Almeida e suspeito que poderá ser dele o retrato que domina o largo do Anjo.

R.M.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Fornos - Chaves - Portuga...

. O Factor Humano

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Nós, os homens

. ...

. SINCELOS - ESTÓRIAS DE CH...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Fornelos - Chaves - Portu...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Vivências

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites