Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009

Cristina Pizarro - "Poesia - uma fase de vida"

 

.

 

 

 

Não há muito tempo, passeando os olhos pelos livros das estantes de uma livraria da cidade dou de caras com uma imagem dum quadro do Mestre Nadir Afonso. Pensamento primeiro, era com certeza mais uma obra em livro do Mestre ou sobre o Mestre, mas logo de seguida dou com o nome de Cristina Pizarro e o título Poesia: Uma fase da vida.

Claro que além de fixar olhares no livro, em instantes já estava nas minhas mãos, pois não só a imagem da capa não me era estranha, como também o nome da autora era do meu conhecimento, mas seria a mesma Cristina Pizarro, aquela da colheita dos anos 60 que eu conhecia dos tempos do Liceu!? – Consultada a contracapa, todas as dúvidas ficaram desfeitas, era a mesma Cristina, aquela do tempo de Liceu e de quem eu, já há mais de 20 anos não via e pouco ou nada sabia da sua vida, muito menos que fosse poetisa. Dá-nos a vida estes momentos de encontros e que nos faz regressar no tempo, ao tempo do Liceu em que muitos dos grandes momentos das nossas vidas aconteceram, momentos  que pela certa não fazem parte do nosso currículo profissional, porque de tão grandes que foram, só têm lugar no currículo das nossas vidas, daquele que se vai fazendo destes grandes momentos que guardamos para todo o sempre num cantinho do nosso coração.

Gosto sempre destes regressos aos tempos do Liceu, que pela certa também são tempos de juventude, de quando era tempo de fazer amigos, dos primeiros amores e desamores, dos grandes sonhos e projectos, de aprender também, mas de poesia, de música e da arte feita de coisas simples e momentos breves e intensos.  Por isso eu ainda gostar tanto do Liceu e por isso, eu lamentar tanto a morte do jardim das Freiras, onde quase todos estes momentos aconteciam.

Foi bom ter encontrado a Cristina em poesia e que me traz à recordação um punhado de amigos e conhecidos dos quais já não vejo ou não sei há quase 30 anos com os quais foram passados muitos e grandes momentos.

.

.

Sobre a poesia da Cristina Pizarro nada digo, aliás nada digo da poesia em geral,  seja de quem for, pois a poesia é assim e, também eu subscrevo aquilo que ela diz no final do prefácio desta “Poesia: uma fase de vida” :

 

“Mas, se ao começar a ler não sentirdes nada parai, escrevei em vez de ler. Ser-vos-á mais útil e compreendereis a verdadeira dimensão da poesia”.

 

Eu li até à última página e continuo a ler quando me apetece, pois um poeta e um livro de poesia é assim, nunca está lido, vai-se lendo quando nos dá na gana e é sempre uma nova leitura e um novo momento de poesia que acontece.

 

Obrigado Cristina pela surpresa da poesia e desculpa andar distraído e só agora encontrar os teus livros e a tua poesia.

 

Cristina Pizarro nasceu em Chaves, em 1964. Em 1990 licencia-se em Ciências Farmacêuticas – Análises Quimico-Biológicas pela Faculdade de Farmácia da universidade do Porto. Em 1994 obtém, nesta Faculdade, nova licenciatura em Farmácia de Oficina e Hospitalar. Em 1999 efectua uma Pós-graduação em Análises Clínicas.

É especialista em Análises Clínicas pela Ordem dos Farmacêuticos.

Em 2003 publicou o seu primeiro livro “Profissão: Palhaço”

Em Dezembro de 2004 publica o seu segundo livro, este que hoje vos deixo “Poesia: Uma fase da vida”, cuja capa é ilustrada com o quadro de Nadir Afonso, “Le rêve”, de 2002.

 

Ficha Técnica:

 

Autor: 

PIZARRO, Cristina

Título: 

Poesia : uma fase da vida / Cristina Pizarro

Edição: 

1ª ed

Publicação: 

Vila Nova de Famalicão :  Amores Perfeitos,  2004

Descrição física: 

117 p. ; 21 cm

Colecção: 

(Amores perfeitos.  Poesia)

ISBN: 

ISBN 972-8621-85-X

Nº do Depósito Legal: 

PT|219690/04 

CDU: 

869.0-1 Pizarro, Cristina

Cota: 

0-8-201  BMC  533956

   

Tipo de Documento: 

Texto impresso

País de Publicação: 

PT|Vila Nova de Famalicão

 

´
publicado por Fer.Ribeiro às 01:04
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
3 comentários:
De Pizarro Bravo a 2 de Fevereiro de 2009 às 12:16
Caro Fernando Ribeiro.
É um duplo prazer deixar aqui, hoje, o meu comentário.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Caro Fernando Ribeiro. <BR>É um duplo prazer deixar aqui, hoje, o meu comentário. <BR class=incorrect <a name="incorrect">Primero</A> </A>, por o fazer neste local de minha visita diária ao amigo e, em segundo lugar, por poder deixar um beijo amigo a esta poetisa de quem tenho a sorte - e a honra - de estar ligado por laços familiares muito próximos. <BR>Conheço a sua sensibilidade poética de outras obras suas que já li. <BR>O amigo Fernando ainda há pouco tempo aqui homenageou o que foi grande poeta flaviense , o maior de todos, Inácio Pizarro de Morais Sarmento, de quem a Cristininha descende. Podemos pensar que a "veia" já vem de lá!? <BR>Esperemos por mais obras desta autora.


De Pizarro Bravo a 2 de Fevereiro de 2009 às 17:29
Lastimo os erros a que sou alheio (?) mas... ainda bem que é compreensível a mensagem!!!!


De fjr - barreiro a 2 de Fevereiro de 2009 às 14:21
Cada vez tenho mais orgulho de pertencer à família flaviense.
Obrigado Fernando por nos dar mais este motivo de orgulho.~
Eu não conhecia esta senhora como poetiza mas nunca mais me vou esquecer e quero ler tudo dela.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20
21
22
23
24

25
26
27
28


.pesquisar

 
blogs SAPO
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Blog Chaves faz hoje 13 a...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. De regresso à cidade, com...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Loivos - Chaves - Portuga...

. O factor Humano

. Rua das Longras - Pormeno...

. O Duque é nosso

. A pertinácia da informaçã...

. Um dia de Entrudo fora de...

. Nós, os homens

. O Entroido da Eurocidade ...

. Chaves D'Aurora

. De regresso à cidade

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites