Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2006

Aos ausentes!

5205-bl.jpg

O Natal tem a sua magia. Quer se seja mais ou menos crente, mais ou menos devoto, o Natal é a festa da família, a festa do lar e o espírito do Natal, é inevitável, invade-nos sempre.

Que me desculpem os flavienses residentes, mas o post de hoje é inteiramente dedicado àqueles que um dia simplesmente partiram, ousaram ou foram obrigados a partir buscando a sorte noutras paragens. Àqueles que andam lá fora a lutar pela vida mas têm a alma e o coração aqui na terrinha. Àqueles que beberam a liberdade da partida mas ficaram para sempre presos às coisas simples como o cheiro da terra ou o afagar de uma mãe ou de um simples gesto amigo. Àqueles que sabem, porque a vivem, o significado da palavra saudade e choram com o tinir de uma guitarra com que o fado os fadou.

Desde a terrinha envio-vos esta pomba mensageira que também ousou partir levando-vos a todos um voto simples mas sincero – Bom Natal para os que estais fora e tendes Chaves no coração.

Nós por cá, tudo bem, tal como as pombas da imagem: Enquanto umas ousam em partir, outras ficam no charco ou no pedestal, mas estamos cá e vamos vivendo esta “flavienseidade” de um dia após outro dia.

Um bom Natal para todos os que estão fora da terrinha e um muito obrigado por me fazerem companhia nesta caminhada de caminhar as terras de Chaves.

Bom Natal e, já sabem que amanhã cá estou de novo e, tal como o fado, continuarei por aqui enquanto a voz não doer!

Até amanhã!
´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:29
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
9 comentários:
De Olimpia Ribeiro a 18 de Dezembro de 2006 às 17:02
Ola senhor Fernando estamos em quadra Natalicia e eu desde os estados unidos envio a todos voces que estao em Portugal ,incluindo o senhor Humberto serra que tantas fotos me envia , um Natal muito muito feliz e que o ano novo lhes traga muita saude , paz e alegria ah...e tambem paciencia porque as vezes nos blogs aparecem pessoas que em vez de dar apoio a terra , vem criticar o que a terra tem e as pessoas que fazem muito para que chaves e os arredores cheguem ao coracao de muitos emigrantes como eu ,por isso senhor Fernando e senhor Humberto o meu muito obrigado e felicidades nesta epoca tao linda
Olimpia Ribeiro


De Fer.Ribeiro a 17 de Dezembro de 2006 às 02:54
Obrigado a todos pelas vossas palavras amigas. E se já é habitual encontrar por aqui os amigos, alguns que ainda não tenho o prazer de conhecer pessoalmente, como o J.Pereira e o Tupamaro, também por aqui reencontro velhas amizades de infância. Por isso desculpem-me e permitam-me que saúde este reencontro com o Rui Jorge e o seu primeiro comentário no blog. Espero encontrar-te por aqui mais vezes. Um abraço desde a terrinha e um bom Natal.


De RUI JORGE BAIA a 16 de Dezembro de 2006 às 21:38
Fernando Ribeiro,
um nome que me tràs muitas lembranças,e sobretudo làgrimas aos olhos, depois do tempo que vivemos porta com porta...
Qem poderia adivinhar que 3O anos depois dos nossos destinos se separarem terias de ser tu a lembrar-me que eu sou louco pela nossa cidade e pelas nossas tradiçoes.E NATAL,e ausente, as tuas linhas no net me fazem esquecer que estou num pais distante e que o espirito natalicio nao é o mesmo que ai em Chaves e em todo o pais.OBRIGADO por te lembrares dos ausentes.Desejo-te, e a todos os flavienses, um Natal feliz junto da tua familia, deste amigo. CONTINUA......


De Tupamaro a 15 de Dezembro de 2006 às 21:21
Dificilmente um escritor poderá igualar a profundidade da poética contida na prosa de um transmontano.
O sentir, no corpo e na mente, desta gente é mais íntimo que em nenhum outro.
Garrett descreveu a Saudade como ninguém. Camões chorou-a com mais lágrimas do que gotas têm os rios; Pessoa, com mais lágrimas do que gotas têm os mares. Os transmontanos sentem-na, sofrem-na e matam-na com uma paixão, com um estoicismo e com uma alegria extasiantes e infinitas.
Por aí, choram as videiras, as fragas, as ribeiras; as ameias dos castelos, as ruínas das muralhas; os que ficam e os que partem, mal uma curva os esconde; os que estão e os que chegam, logo que sentem atravessada a fronteira do seu torrão.
Sei de alguém que, ao chegar a Outeiro Jusão, depois de umas centenas de quilómetros percorridos, ao ver Toda a cidade, tinha de parar o carro, fazer transbordar o rio, encharcar “A Ribeira”, e, depois, ter de voltar «para trás»!
A dedicatória do seu texto de hoje – Aos ausentes! – é comovente.
Também reconfortante para os ausentes que, mesmos tão, ou muito, ou muitíssimo, distantes sabem que, mesmo anonimamente, os presentes os consideram próximos.
Nem uma telha, nem um palmo de terra tenho aí.
Mas…
Hoje, peço a todos/as os/as flavienses e transmontanos/as que aceitem o meu fraterno abraço.
E a si o meu sentido agradecimento por se lembrar de mim!
Tupamaro


De humberto serra a 15 de Dezembro de 2006 às 12:10
Um bom Natal para si tambem, meu caro J. Pereira.


De J. Pereira a 14 de Dezembro de 2006 às 21:46
Nesta hora mágica de paz e nostalgia quero desejar um Feliz Natal para todos e de uma forma muito especial para os bloguistas que nos mostram a nossa terra e nos pegaram o tal "bichinho" que, assim, nos fazem sentir felizes e orgulhosos por podermos ser úteis à nossa comunidade e fiéis às nossas raízes. Para o Fernando Ribeiro, Beto e Dinis Ponteira o meu abraço especial de Natal e o meu muito obrigado por tudo.


De humberto serra a 14 de Dezembro de 2006 às 19:32
E bom, Natal para todos os flavienses, ausentes e residentes.


De Jose Goncalves a 14 de Dezembro de 2006 às 13:59
Um feliz Natal tambem para si Fernando que nos vai trazendo pela casa dentro um arzinho da nossa terra que tantas saudades deixa na hora de partir.


De Bravo a 14 de Dezembro de 2006 às 12:18
É bem merecida esta lembrança dos ausentes e é, pelo menos por mim, bem sentida a poesia que sai desta mensagem.Boa Festas de Natal e muita felicidade para todos.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. De regresso à cidade com ...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Fornos - Chaves - Portuga...

. O Factor Humano

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Nós, os homens

. ...

. SINCELOS - ESTÓRIAS DE CH...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Fornelos - Chaves - Portu...

. Chaves, cidade, concelho ...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites