Quarta-feira, 5 de Julho de 2006

Chaves - Largo do Cavaleiro

3730-bl.jpg

Quer queiramos ou não a loucura do mundial está lançada.

Nos últimos dias vive-se à volta do futebol, do mundial. Os jornais e televisões e rádios nem tempo têm para se preocupar com outros assuntos e no meio da loucura toda, à nossa boa maneira, vamos brincando com a situação e nesta coisa do mundial vamos misturando a gastronomia com a brincadeira e com o mundial.

Espremeram-se as laranjas, comeram-se os bifes e agora vamos ao galo.

Era precisamente ao galo que eu queria chegar. Como um homem nascido no campo da cidade, no meu tempo de puto, não havia “casa” que se prezasse que não tivesse uma boa capoeira. Na minha casa “do campo da cidade” também havia uma, que sobretudo servia para ir comendo de vez em quando os saborosos frangos caseiros, para comer os ovos das galinhas poedeiras, para comer uma rica canja de galinha (sobretudo quando a recuperar de uma ou outra doença) e, claro, não havia capoeira que não tivesse um galo. Este era reservado para uma data especial. Como lá em casa quis o destino que eu, a minha mãe e o meu pai fizesse-mos anos no mesmo dia, geralmente, era esse o dia especial em que o galo entrava na panela, estufado com muita tomate e acompanhado de boa batata cozida (com nomes aos quais eu achava graça – canabeque e ranconse, não sei se é assim que se escreve, mas uma coisa eu sei, é que também era caseira “fruto” da boa semente de Montalegre). De uma coisa eu ainda me lembro – no dia do galo, eu era sempre o primeiro a chegar à mesa.

E agora de novo para o futebol e o mundial. Uma das bocas gastronómicas que por aí anda agora é a de que mais logo vamos comer o galo. Pois assim seja e que tenha o mesmo sabor daqueles galos que eu comia em puto… e se não houver direito a papar-mos o galo, então sempre nos resta a consolação de podermos comer umas francesinhas. Eu aposto no galo – já vos disse que fui picado pela loucura do mundial.

E vamos lá então para mais um olhar com bandeira sobre a nossa cidade. Desta o olhar cai sobre o Largo do Cavaleiro, aquele a partir do qual se entra na Ilha do Cavaleiro e onde vão “desaguar” a Rua do Poço e a Travessa do Cavaleiro. Quanto ao nome do topónimo cavaleiro, como já aqui foi referido, deve-se ao baluarte do Cavaleiro das Amoreiras que lhe ficava próximo.

Até amanhã e queira Deus que venha aqui com vontade de comer umas Pizas ou se preferirem, uma pasta.

´
publicado por Fer.Ribeiro às 03:03
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
3 comentários:
De Fer.Ribeiro a 6 de Julho de 2006 às 02:57
Pois é, às vezes somos esquecidos e não nos lembramos que também há os galos, que nascem fruto de uma pancada que sofremos na cabeça e que segundo diz o ditado até cantam de noite! Mas mesmo assim valeu a pena e, o galo pela certa que não me vai tirar o sono, antes pelo contrário, pois estou saciado de orgulho nacional, com muito verde, vermelho, um pouquinho de amarelo e até um “tantinho” de azul.


De Jose Goncalves a 5 de Julho de 2006 às 13:46
Ainda me lembro tambem dos tempos de crianca desse grande galo que tinhamos em casa. A minha mae tinha medo de dar de comer as galinhas porque logo vinha o defensor da patria as bicadas. Varias foram as vezes que saltou para cima das costas para defender o seu reinado galinaceo. Lembro-me perfeitamente do trabalho que tivemos para o poder apanhar ja que ele saltava para tudo que era poleiro, muros e portoes. Mas finalmente la foi para dentro da panela. Hoje logo mais tarde espero que a nossa seleccao tenha a forca e garra necessaria para poder levar de vencido mais este galo, por mais muros e portoes que salte espero que caia tambem na panela.

Cumprimentos para todos.


De humberto serra a 5 de Julho de 2006 às 10:07
Mais um "cantinho" do meu circuito quando eu era criança, nesta casa morou o Dr. Augusto Carneiro ("Carneirão"), hoje vive aqui a Dona Alice que faz umas alheiras deliciosas, ao lado, na Ilha, vivia a Dona Rosa que tambem se dedicava tambem à confecção dessa famosa iguaría.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23
24
25
26
27
28
29

30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Carregal - Chaves - Portu...

. Um olhar sobre a cidade, ...

. O Factor Humano

. Where’s Wally? ou a força...

. Ocasionais

. Mais um olhar sobre a nos...

. Têm costas e espreitam...

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade

. O Barroso aqui tão perto ...

. A Galiza aqui ao lado - A...

. Capeludos - Chaves - Port...

. Pedra de Toque

. A Galiza aqui ao lado - A...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites