Sábado, 10 de Junho de 2006

Dia de PORTUGAL

PORTUGAL.jpg

Eu sei que prometi dedicar os fins de semana às freguesias. Pois é precisamente o que estou a fazer. Hoje além das freguesias de Chaves, dedico o post a todas as freguesias de Portugal.

É dia 10 de Junho. Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. É o dia da nossa nacionalidade, da nossa língua e do ser português. Pobrezinhos, é certo, mas orgulhosos. E Viva PORTUGAL!

Viva então o Portugal de hoje e viva também o Portugal de amanhã. O Portugal português e o Portugal da Selecção Nacional de Futebol.

FORÇA PORTUGAL! Eu acredito…
´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:31
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
3 comentários:
De galego ausente a 10 de Junho de 2006 às 15:40
Camões e Galiza
Na miña vida coidei ver cousa mais oca que o agasallo que as xentes de Madrí, que se chaman "intelectuales", fixeron á Camoes.
Xa Luis Bello nas colunas de "El Sol" nos dixo que moitos d'eles nin siquera conoscían o verdadeiro nome do grorioso poema, pois uns dicían Las Lusiadas e outros Las Luisiadas. Non sabían, pois o que siñifica Os Lusiadas, e, dende logo, na sua vida viron unha sô liña do libro.
Enxergáronse discursos na Biblioteca Nacional, na Universidade, na Sociedad xeográfica, no Museo de pinturas, etc. A calquera chama a tención o desconocimento da figura do poeta, o ambiente literario do seu tempo, e a verdadeira representación que Os Lusiadas teñen na literatura galaico-portuguesa.
¿Iñoraban os panexeristas castelans que en Galicia vive o verbo de Camoes, falado ainda por cerca de dous millós d'habitantes? ¿Non lembraban os groriosos poetas galegos Pondal, Curros Enríquez, Añón e outros que n-ese mesmo verbo fixeron inmortal a literatura hispánica de Galicia? ¿Por qué calaron que o mais grande poeta épico dos tempos modernos era descendente d'unha nobre familia galega, que aló pol-o ano de 1370 deixou as terras artábricas da Cruña para servir ao señor don Fernando contra do rei don Enrique de Castela?
Boa ocasión tiveron, para facer un traballo, que ao mesmo tempo que empoleirase á Portugal, fose un agasallo xustificadísimo para esta nai Galicia, da que Herculano ten dito que foi á que lles donou "povoacao e lingoa", e que entre o Miño e o Mondego non hai quizais unha aldea cuio nome non sexa a repetición de outro xa existente na vella Galetia. Mais non souperon aproveitala. As cousas siguen sendo como eran ainda que aqueles intelectuales baduasen d'aquel xeito, tan disconforme co'a realidade histórica.
Euxenio de Castro pode decir se o agasallo de Madrí tivo semellanza coa emoción que os galegos demostramos pol-o gran épico lusitan, na ceremonia da nosa Academia.
Naturalmente: comulgábamos a enxebreza do mesmo verbo nativo.
As grorias pretéritas non son outra cousa que os pergameos da raza. Eles nos donan azos para cobizar unha esperanza d'engrandecimento no futuro.
Teodosio, Prisciliano, Viriato o régulo, Xelmírez Feijóo, Sarmiento da Gamboa, Os Nodales, e tantos outros galegos que en todol-os ordes da actividade humana acadaron groria para a terra que os veu nascer, son o testimonio das posibilidades da raza. Nos sabemos que Camoes era noso, que o seu libro ê un monumento da nosa literatura.
¡Boh! que baduen canto queiran. Leonardo Coimbra xa lles deu nos cotelos. Foi golpe de mestre.

ASIEUMEDRE.




[ "Encol do centenario de Camoes", A Nosa Terra, 1-1-1925.]


De hpombo a 10 de Junho de 2006 às 15:05
Olá Fernando, boa ideia a de homenagear todas as freguesias no dia de Portugal inteiro.
Mas hoje passam também muitos anos sobre a data em que a Pátria deixou morrer o nosso vizinho Luís, de forma 'apagada e vil' como ele diria, para 'depois de morto, cevada ao rabo'... Foi ele um adolescente, que 'de fogo ardente' sonetou à Violante de Laza, nas margens do mesmo rio que a nós nos traz também cativos, que certamente bebeu água fresca do Brunheiro e que, como tantos de nós, dele se apartou em busca do Prestes João e de outras miragens.
Dou comigo a pensar que, com muito menos evidências, há uma constante romaria à suposta casa de Shakespeare ou à morada onde nunca habitou Sherloke Holmes, e aí em Vilar nunca o país foi chamado a celebrar o génio que teve a mesma origem modesta do barro que o fogo enegrece e que encheu os olhos com as mesmas paisagens que nosd orgulham e os lavos com as lágrimas de saudade que só n´+s entendemos em plenitude. Será que nenhum dos nossos concidadãos mais despertos ou responsáveis assume o brio de iniciar uma celebração condigna às raízes autênticas do nosso maior génio?


De Gilka B. Chaves a 9 de Abril de 2008 às 17:08
Queridos amigos
Sou brasileira , descendente dos Chaves (meu tataavo )daí de Portugal , e procrava achar a cidade de mesu antepassados , até que encontreio este site e fico muito grata por finalmente ter algumas informações.Gostaria porem de saber mais e se possivel fotos também. Fica em que parte de Portugal a cidade de Chaves ?
Mando meu email para contacto. <artegilkabarros@hotmail.com. Grata por sua atenção Gilka B. Chaves


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Feira dos Santos - Um peq...

. O Factor Humano

. Feira dos Santos - Um peq...

. Nós, os homens

. Feira dos Santos - Um peq...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Chaves D'Aurora

. De regresso à cidade com ...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Quem conta um ponto...

. Curral de Vacas - Chaves ...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Vivências

. Feira dos Santos - Um peq...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites