Terça-feira, 6 de Junho de 2006

Simplesmente Freiras

3418-bl.jpg

Quer se goste ou não, este é o novo visual das Freiras.

Na votação on-line que tenho mantido no blog desde que o Jardim das Freiras se transformou em Largo, 92% dos votantes, não gostam do novo visual.

Eu pessoalmente gostava mais do jardim dos velhos tempos. Daquele que era sala de visitas de Chaves. Daquele que nas noites de verão convidava centenas, talvez até milhares de pessoas para passearem à sua volta, curiosamente no sentido contrário dos ponteiros do relógio (um pormenor).

Temos saudades das velhas Freiras. Mas a morte das Freiras é muito anterior à recente intervenção. Ainda como jardim, as Freiras, já anunciavam a sua morte e já há muito que estavam abandonadas, principalmente à noite. A sua morte começou a surgir com a morte de outros locais emblemáticos da cidade e convidativos ao estar. Falo do Cine-Teatro, do Café Ibéria, do Café Comercial e até do 5 Chaves. Só o Sport e o Aurora ainda resistem e à noite, só o Sport abre as portas aos “velhos do Restelo”.

A movida agora é outra. A juventude é quem comanda o sonho da noite. Curiosamente divide-se ou desfila de bar em bar, pelos bares do Tabolado e por meia dúzia de outros bares semeados pelas ruas mais antigas da cidade, principalmente pelos arredores da Rua de Stª Maria, incluindo a própria.

Quanto às Freiras e à sua gloriosa vida de outrora, são um breve capítulo da vida flaviense. Que descanse em paz o Jardim das Freiras e a sua vida nocturna. Definitivamente, as Freiras morreram, hoje, de dia, são um simples ponto de passagem, à noite, não existem.
´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:06
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
4 comentários:
De Tambm a 10 de Junho de 2006 às 00:11
A perspectiva desta imagem mostra o que efectivamente está mal na harmonia das novas, e das velhas, Freiras - a volumetria do inacabado edifício do Café Sport (que o Nadir nunca projectou assim, como se sabe...) e dos edifícios contíguos. Quando olhamos do Sport para o antigo Liceu, para o antigo quartel dos BVF e para os edifícios da CGD e dos CTT até gostamos da harmonia que emana dessa envolvência, ou não? E isso deve-se à nova amplitude do espaço, como é evidente...
A ausência de uma arquitectura paisagística adequada e a transformação do espaço num simulacro de insuporável inferno ardente, durante o verão, serão já outras questões...


De carlos alves a 6 de Junho de 2006 às 23:38
Este filme repetiu-se no Porto,na Avenida dos Aliados com o realizador Rui Rio e assinatura de Sisa vieira: o jardim desapareceu,mas nem após a "recuperação" os espaços comerciais e de escritórios deixaram de fechar.


De ana cardoso a 6 de Junho de 2006 às 16:43
é dificil eu falar de chaves e não chorar passei os melhores meses durantes vários anos de férias em chaves a minha família materna é toda flaviense por assim dizer eu também me considero,maisn vossa que alfacinha pertenço á familia dos pereiras,á dias e capitão gomes meu avô materno,lembro-me das maravilhosas noites nas freiras no café no tabulado no jardim publico nas verbenas tudo tudo me lembro com muita saudade e tristeza pois muitos já morrerão como o carlos xavier muito conhecido pelas moças nos anos 70-80. o tio carlos pereira a dirigir a sua banda os 6 filhos no conjunto musical aquae flaviae etc.não vou aì prto de 10 anos com muita saudade pergunto sempre por chaves quando telefono á familia como se ela fosse uma pessoa e para mim é algo de mim que nunca esquecerei, assim como a marcha de chaves que o tio carlos fêz e nunca se houviu em nenhum lado como destaque de honra dessa cidade e de quem a manteve linda durante anos,eu ainda a sei cantar tenho o disco guardado ,mas é meu beijos para a minha chaves ( como sempre a tratei desde miúda


De Jose Goncalves a 6 de Junho de 2006 às 14:40
Ainda nao tive a oportunidade de visitar as freiras desde que tomou este novo visual, mas realmente assasinaram um jardim e especialmente uma linda calcada com varios desenhos. Ja para nao falarmos no quiosque que era como um icon e do qual eu sempre parava de Verao para comprar um corneto. A falta de "verde" e muito evidente e as freiras agora parecem artificiais. E tenho a impressao frias de Inverno.

Ja nos tempos em que eu vivia na cidade as freiras foram perdendo o protagonismo da noite para o novo complexo de bares no Tabolado.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. De regresso à cidade com ...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Fornos - Chaves - Portuga...

. O Factor Humano

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Nós, os homens

. ...

. SINCELOS - ESTÓRIAS DE CH...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Fornelos - Chaves - Portu...

. Chaves, cidade, concelho ...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites