Sábado, 9 de Dezembro de 2006

Chaves Rural - As malhadeiras

malhadeira.jpg

Então vamos lá ao nosso concelho rural e hoje fazemos uma viagem até o seu passado, a imagem sugere-o.

Teria eu aí os meus 5 ou 6 anos quando vi uma malhadeira destas pela primeira. Era uma máquina monstruosa, que fazia muito barulho com grandes correias a circular e muita azáfama à sua volta, mas o mais espantoso era como entrava por cima o “pão” ainda com espiga e depois saía por um lado o grão para sacos de serapilheira e pelo o outro a palha que era imediatamente conduzida para uma meda ou palheiro onde era metodicamente arranjada em circulo. Era um trabalho digno de ser visto e pela aparência também era árduo, mais árduo que pesado, mas sujo e com muita transpiração, e muito pó, sobretudo pó, tanto que dos malhadores só se lhe reconheciam os olhos.

Tempos bonitos que dão para recordar os grupos de ceifeiros ou segadores ambulantes, as cegadas e os seus cantares e depois a malhada. Tempos bonitos, que dão para recordar, mas pela certa tempos também duros que não deixam saudades.

Quanto à malhadeira, está estacionada à entrada de Stª Leocádia, quem sabe se fez lá a sua última malhada. Ainda hoje é uma peça digna de ser vista e só é pena estar por lá a morrer aos poucos. Penso eu que é uma peça interessante e digna de enriquecer um museu rural qualquer e mesmo que não exista, poderia ser inventado e ter por companhia velhos arados de madeira, carros de bois, malhos e tantos outros utensílios e alfaias que durante tantos anos foram companheiros de trabalho árduo do nosso povo e que pagaram os estudos de muitos dos nossos doutores de hoje. Já agora o dito museu também podia ter por lá uns engaços, não vá o pessoal esquecer o que isso é.

Até amanhã, por aí no nosso concelho.
´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:25
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
2 comentários:
De J. Pereira a 9 de Dezembro de 2006 às 23:42
Fez-me lembrar os "Três lindos da Malhadeira".
Havia 3 indivíduos que tinham uma malhadeira e no tempo das malhadas andavam pelas várias aldeias e imaginem o pó que as malhadas faziam. Eles faziam todo o trabalho eao fim de semana é voltavam a casa mas só se lavavam quando chegavam a casa. Eram irreconheciveis por isso o nome que lhes assentava que nem uma luva.


De dinis a 9 de Dezembro de 2006 às 17:00
Esta já não malha mais. um abraço


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Feira dos Santos - Um peq...

. O Factor Humano

. Feira dos Santos - Um peq...

. Nós, os homens

. Feira dos Santos - Um peq...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Chaves D'Aurora

. De regresso à cidade com ...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Quem conta um ponto...

. Curral de Vacas - Chaves ...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Vivências

. Feira dos Santos - Um peq...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites