Segunda-feira, 3 de Abril de 2006

Chaves colorida

2989.jpg

Dentro das antigas muralhas da cidade, todos os espaços eram milimetricamente aproveitados para construir. O resultado são ruas estreitas quebradas por um ou outro largo. Claro que tal como hoje, então também havia, numa escala menor, locais privilegiados onde surgiam as construções mais ricas e mais imponentes, com belos pormenores de cantaria, janelas e portas com molduras, lindíssimos gradeamentos em ferro. Por outro lado, as construções mais pobres, resumiam-se a um ou dois pisos, alguma pedra e muito estuque. Molduras nas janelas, e gradeamentos eram coisa de luxo e perfeitamente dispensáveis.

Ainda hoje se olharmos atentamente, verificamos facilmente quais as zonas mais ricas e mais pobres da cidade antiga.

Esta rua que hoje aqui se reproduz, não era com certeza uma das zonas ricas da cidade. Faltam os pormenores que enriqueciam as construções. E quando os pormenores enriquecedores e arquitectónicos falham, há que inventar no embelezamento. O recurso às cores vivas na pintura das construções mais pobres, era então usado como arma de embelezamento e de dar vida e alegria às ruas. Pobres, ou melhor – não ricos, mas alegres e com muita vida, sim senhor! E a vida destas ruas metia inveja aos casarios dos senhores ricos das cidade.

Hoje as coisas são um bocadinho diferentes, no entanto e na ausência de outros pormenores recorre-se também à cor e quanto a mim, muito bem e, se os restantes adereços forem coloridos também, muito melhor. E viva a cor. Os vermelhos, amarelos, laranjas, azuis, verdes que fazem das ruas da cidade uma autêntica tela de um pintor. Eu voto a favor do colorido da cor!
´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:30
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
3 comentários:
De humberto serra a 4 de Abril de 2006 às 09:46
Dá gosto ver uma rua antiga com os seus edifícios restaurados, quantos às cores, já aqui anteriormente afirmei que não aprecio, mas tambem não é o mais importante.


De Fer. Ribeiro a 3 de Abril de 2006 às 20:46
Caro Tiesto, claro que os emigrantes flavienses são gente nossa ausente também. Quando digo que este blog é dedicado a todos os ausentes, é mesmo a TODOS. Quanto a Curalha, já teve honra de pelo menos 2 post's neste blog, um deles ainda bem recente, mais precisamente de 26 de Fevereiro (disponível no arquivo deste blog). Aliás os sábados e domingos deste blog são dedicados às freguesias do concelho Um abraço flaviense e Viva Chaves, Viva Curalha e todo o concelho. Viva!


De Tiesto a 3 de Abril de 2006 às 16:05
era so para falar do artigo dos 50 000 visitantes.
Não te esquecas dos immigrantes como eu a visitar esse blog. Para nunca esquecer as nossas raizes.
Viva Chaves e viva Curalha :p


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Nós, os homens

. Feira dos Santos - Um peq...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Chaves D'Aurora

. De regresso à cidade com ...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Quem conta um ponto...

. Curral de Vacas - Chaves ...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Vivências

. Feira dos Santos - Um peq...

. Feira dos Santos - Um peq...

. Nós, os homens

. Feira dos Santos - Um peq...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites