Sábado, 4 de Março de 2006

Chaves - Faiões quase rural quase urbana...

faioes-esc.jpg


Faiões é assim uma mistura de freguesia rural com freguesia urbana. Rural porque é rural e domina parte da veiga de Chaves, urbana porque dada a proximidade ao centro da cidade (cerca de 5 km) funciona também como freguesia dormitório de Chaves. Curiosamente e muito antes de conhecer a freguesia e povoação de Faiões, conheci o termo Faiões.


Como já várias vezes o disse neste blog, as minhas origens de nascença e adolescência estão na Casa Azul. Origens de nascença, porque ainda sou do tempo que se nascia em casa, ajudados a ver a luz do dia, no meu caso e segundo consta, pela Amélinha Parteira. Isto para ir de encontro a Faiões. É que desde tenra idade que me lembro dos “bandos” de estudantes que se deslocavam de bicicleta até à cidade para estudar, no então Liceu ou escola Industrial e Comercial (estou a falar dos anos 60 inícios de 70). Desde sempre que me lembro “deles” a passar na estrada, a “bicicletar” e quase sempre a falar e brincar entre eles, como recordo bem os colegas de Liceu naturais de Faiões, com destaque para um apelido, porque sonante, ficou registado na memória – A família dos Melões.


Faiões é também conhecida, desde que tenho memória, pela panificação, fabrico de pão e pela antiga moagem. Em miúdo esperava sempre pelo trigo de 4 cantos para o pequeno almoço, era assim que se chamava … é bom recordar, e Faiões está ligado às recordações que tenho na memória.


Mas continuando, como sabem o blog dedica os fins-de-semana às freguesias rurais. Não estava programado para hoje um post sobre Faiões, mas ontem recebi um mail em que anunciava um blog de Faiões. Juntei, como se costuma dizer, o útil ao agradável, e dedico o post de hoje a Faiões aproveitando para vos falar de um blog dedicado a Faiões. Click aqui e vá até lá. Um exemplo a seguir pelas outras freguesias para dar-mos a conhecer a nossa terra e o nosso concelho. Felicidades para o blog Faiões.


Agora a imagem de hoje. É a escola primária de Faiões. Diga-se que é um dos edifícios das escolas primárias que conheço mais bonitos, senão o mais bonito do concelho e de todos que conheço. Pouco sei da história do edifício (ainda) mas prometo vir de novo dizer mais qualquer coisinha a respeito dele.

´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:20
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
7 comentários:
De r.CaSaS a 27 de Março de 2006 às 21:23
e assim mesmo Faioes e a melhor aldeia forca Faioes somos os melhores ...lol


De Carlos Tomaz a 10 de Março de 2006 às 22:19
São poucas as escolas que se dão ao luxo de ter uma bandeira. (não foi colocada para a fotografia :)?)


De Anónimo a 2 de Outubro de 2015 às 19:55
A Bandeira não foi para a foto, encontra-se lá há seis anos, e se a visitar de novo verá que tem menos musgo nas paredes. Pena é já não ter as funções para o que foi construído.


O Presidente de Junta.


De Bravo a 5 de Março de 2006 às 19:16
Como de costume, agradeço o seu trabalho para que a nossa região, tão esquecida por tantos, seja melhor conhecida por aqueles que a não esquecem!
Esta escola assim como a cantina anexa (fechada pouco depois do 25 de Abril) e o Bairro para as famílias mais carenciadas que ainda existe em Faiões, foram oferta do Professor Doutor António Luís Morais Sarmento, Reitor da Universidade de Coimbra e médico insígne da medicina portuguesa e durante anos director clínico das águas de Vidago.
Outras obras de carácter social foram oferta da família Morais Sarmento, nomeadamente a recentemente inaugurada Igreja oferta da irmã do Professor Morais Sarmento, Dona Maria Adélia.
Para quem estiver interessado em conhecer este flaviense ilustre aqui deixo parte do seu currículo:
"António Luís de Morais Sarmento - nasceu em Paradela de Monforte, do concelho de Chaves, em 23 de Dezembro de 1885, vindo a falecer em Vidago, em 11.8.1941. Em 1907 matriculou-se na Universidade de Coimbra, concluíndo a formatura em Medicina, em 1913. Em 3 de Agosto de 1917 é nomeado professor ordinário daquela Faculdade, mas de 1924 a 1926 afasta-se do ensino. Em 1928 empreende uma viagem de estudo a Londres, em representação da Universidade de Coimbra. Em 1936 ocupa a cadeira de Clínica Médica. Em 1932 assume a Direcção do Sanatório de Celas. Em 8 de Junho de 1939 assume a Reitoria da Universidade de Coimbra. Maximino Correia que lhe sucedeu na Reitoria escreveu que Morais Sarmento foi um dos maiores servidores da Universidade de Coimbra, quer como reitor, quer como docente, pelo que com a sua morte perdeu a Nação um dos elçementos de maior relevo do escol moral, social e científico. Foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem da Instrução Pública. Deixou escrito que desejava ser sepultado em Faiões, onde, em vida, promoveu diversos melhoramentos públicos, nomeadamente a Escola e a Cantina Escolar.Foi autor de várias obras de carácter científico na área da medicina. A Câmara de Chaves consagrou o seu nome numa rua urbana."(In. Dicionário dos mais ilustres Transmontanos e Alto Durienses, Vol. I, Guimarães, 1998, p. 567.


De Fer.Ribeiro a 5 de Março de 2006 às 01:55
Caro Salvador Silva, os seus comentários e as suas estórias dos anos 60 em Chaves, são sempre bem recebidas e apreciadas e são também uma prova que a cidade de Chaves tem a magia de encantar, não só os flavienses mas também quem Chaves acolhe, "mesmo que seja Alentejano". Um abraço para si.


De Salvador Silva a 4 de Março de 2006 às 21:28
Uma Hstória em Faiões. Numa fria noite de finais de Novembro/1966, um grupo de militares, muito bem bebidos, fomos ter a Faiões. Continuou a farra e a bebida e, às tantas, percebemos que um de nós, o Pereira (açoreano)tinha desaparecido.Era preciso voltar para o quartel e nada de Pereira.Depois de muito procurar, fomos encontrá-lo no cemitério, muito desorientado,gritando em desespero estar possuído pelo "frio da morte".Espero que o Pereira ainda seja vivo e feliz.
Mais um apontamento: Tenho uma foto (um grande plano do rosto) que tirei a um miúdo de 9/10 anos, em Faiões, por volta de 1968. Não o conheço, mas para nós, em família, quando nos momentos de retroreflexão encontramos a foto é o "Zé de Faiões".Se um dia a encontrar, só por curiosidade, envio.Desculpem este maçador, mas a culpa é vossa. O blog trás-me à memória gratas recordações.Um abraço.


De ncasas a 16 de Abril de 2010 às 09:51
coool a melhor escola do mundo...faiões sempre


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. De regresso à cidade com ...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Fornos - Chaves - Portuga...

. O Factor Humano

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Nós, os homens

. ...

. SINCELOS - ESTÓRIAS DE CH...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Fornelos - Chaves - Portu...

. Chaves, cidade, concelho ...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites