Sexta-feira, 1 de Dezembro de 2006

Chaves, o Liceu, as Freiras e o 1º de Dezembro

2216-bl.jpg

E como hoje é o 1º de Dezembro a saudade falou mais alto e tinha que ir até ao velho Liceu, até às Freiras e até às recordações que lhes estavam associadas neste dia. Claro que começam a ser saudades e recordações de juventude, da irreverente e também contestatária juventude.

Apenas assisti e participei em duas arruadas de estudantes do 1º de Dezembro. À minha primeira arruada , no meu primeiro ano do Liceu, com apenas 13 anos, e à última arruada de que o Liceu e a cidade tem memória, já após o 25 de Abril, ou seja um ano depois. Esta última foi memorável, não fosse ela logo após o 25 de Abril em pleno período quente do pós Abril. Muitos ovos, muitos tomates, muita contestação, muitas bocas e insultos…afinal de contas a “revolução” ainda pairava no ar e o acto estudantil era associado a uma das “permissões” do antigo regime e como tal deveria ser banido. Embora tenha pena e lamente que a tradição estudantil do 1º de Dezembro terminasse após o 25 de Abril, democraticamente, aceito a morte da noite dos estudantes.

Claro que a imagem de hoje tinha que ser uma imagem nocturna do Liceu e do Jardim das Freiras onde tudo se iniciava, a imagem possível, com as recordações possíveis, pois já nem existe o LICEU nem o JARDIM. O Liceu passou a ser escola e o jardim a largo ou praça, infelizmente… mas não é por aqui que quero ir. O que quero mesmo é voltar ao 1º de Dezembro das arruadas de estudantes, com a bandeira do Liceu a abrir caminho, as capas negras e o resto…

No resto é que a irreverência da juventude estudantil vinha ao de cima, pois era a noite das galinhas e de uma boa petiscada. Era tradição logo após a arruada e os mais atinadinhos (ou como hoje se diz – betinhos) retirarem aos seus aposentos, os restantes continuarem a noite em visitas às capoeiras da cidade que inevitavelmente terminavam numa noite de petiscada (se as coisas não corressem mal, claro!). Recordo que alguns dos estudantes, para manterem a tradição, assaltavam-se a eles próprios, como quem diz, assaltavam as capoeiras ou galinheiros dos pais. Havia até estudantes que gostavam tanto desta tradição, que a prolongavam pelo ano lectivo fora, mas isso são outras estórias de vida e noites possíveis antes do 25 de Abril que às vezes terminavam com uns puxões de orelhas e/ou um sessenta e coroa na Rua Bispo Idácio, mas isso, como disse, são outras estórias que bem podem fazer história.

E lamento desapontar os mais puristas da história, mas quanto ao 1º de Dezembro fico-me por aqui e pelas suas antigas tradições estudantis, quanto ao resto, bem, é feriado nacional, o que significa que hoje é dia de descanso para passar com a nossa família e/ou como os nossos amigos, uma daquelas datas que é assinalada a vermelho no calendário.

Até amanhã, por aí, numa freguesia deste concelho de Chaves.
´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:07
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
3 comentários:
De l.alves a 3 de Dezembro de 2006 às 14:43
Ola Fernando,

Gostamos muito da maneira como conta a sua historia doutrora (anos 60, os melhores).
E' muito engracado como os jovens se divertiam com coisas simples, sem maldade; pelo menos sem as maldades que ha' hoje em dia. A nao ser que voces provocaram alguns ataques do coracao nos velhinhos das aldeias, quando esses percebiam que a conta dos ovos nao batiam com a do dia anterior.


De Helder Ventura a 2 de Dezembro de 2006 às 17:18
Até ao 25 Abril de 1974, assisti a muitas das festas dos estudantes do Liceu, muito embora eu tenha estudado na Escola Industrial e Comercial de Chaves, da qual recordo e agradeço tudo o que me foi ensinado para a vida, especialmente a elevada preparação para um emprego a nivel administrativo.
O que eu queria aqui partilhar está relacionado com o Largo das Freiras, é certo que cada um tem o seu ponto de vista, mas, em minha opinião temos que reconhecer o quanto tem de bom o "actual Largo das Freiras".
Anteriormente era um mero jardim "caseiro" que não servia praticamente em nada, nem para passear, ou seja, havia um ajuntamento de pessoas junto ao Quiosque, mas para o lado dos Bombeiros, nada...
Hoje, temos um lindo espaço, é certo que em cimento, mas está limpo, é agradável e passou a ser um lugar de recebimento de visitas de Chaves.
Passamos a ter um lugar digno para Concertos, Festivais e outros eventos.
Estive 32 anos a viver fora desta maravilhosa cidade e regressei há poucos meses, por isso, o meu testemunho é sincero e de agradecimento a quem nos proporcionou este espaço.
Se todos os Flavienses pensarem na utilidade deste espaço, por certo serão da minha opinião.


De Bravo a 1 de Dezembro de 2006 às 16:23
É sempre bom... recordar.
Pertencendo a uma geração que comemorava com um espírito especial o 1.º de Dezembro, tendo sido aluno do nosso liceu, quando abriu as portas da Praça General Silveira, em 1944, no meu 1.º ano e já trajando capa e
batina "primorosamente" feita pelo meu Amigo, Sr. Quierós.
Muitos dos antigos alunos costumam juntar-se para recordar tempos passados e, este ano, também tive o prazer de me juntar com tres dezenas de ex-colegas e famílias num jantar de franca e sâ amizade e em que, como sempre, se entoou o hino da Restauração,que era tocado pela banda dos "Pardais" na arruada da manhã do 1.º de Dezembro, de que aqui deixo a letra, para recordar: Portugueses celebremos / O dia da redenção / em que valentes guerreiros / Nos deram livre a Nação / A fé dos campos d'Ourique / Coragem deu e valor / Aos famosos de quarenta / Que lutaram com ardôr / P'rá frente, p'rá frente, repetir saberemos as proezas portuguesas /Á vante, ávante é a voz que soará triunfal / Vá avante mocidade de Portugal / Vá ávante mocidade de Portugal !
Aproveito para o felicitar pelos trabalhos que aprecio com muito agrado.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. De regresso à cidade com ...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Fornos - Chaves - Portuga...

. O Factor Humano

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Nós, os homens

. ...

. SINCELOS - ESTÓRIAS DE CH...

. Quem conta um ponto...

. O Barroso aqui tão perto ...

. Fornelos - Chaves - Portu...

. Chaves, cidade, concelho ...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites