Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2006

Chaves - Rua Bispo Idácio

71c-bl.JPG

Entalada entre o casario, esta rua desenvolve-se em duas partes, a parte de baixo e a de cima. A parte de baixo, mais maltratada, abandonada e esquecida desenvolve-se entre a Ladeira da Brecha e a Ladeira da Trindade. É um troço triste, escuro e frio e raramente caminhado. Não tem comércio e suponho que é quase inabitada. Felizmente a parte de cima da rua, que se desenvolve entre a Ladeira da Trindade e o Largo do Anjo, talvez graças a ser ligeiramente mais larga e airosa, já é mais alegre, recuperada, com comércio, instituições, restaurantes e até habitações. Quase que merecia ter nomes diferentes, a parte de cima poderia manter o nome, a de baixo era mais apropriado chamar-se Rua da Tristeza, inclusive até para fotografar esta rua (a parte de baixo) é difícil, sempre dada a sombras muito duras e frias, até de verão, mas aí é agradável a sua frescura. Como diria o Humberto Serra, do Blog do Beto, desta parte de baixo da rua - “quo vadis aquae flaviae”.

Só a título de curiosidade e para quem não sabe, esta rua além de entalada entre o casario, fica também “entalada” e, é paralela às duas principais ruas da cidade – a Rua de Stº António e a Rua Direita.
´
publicado por Fer.Ribeiro às 01:23
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
5 comentários:
De humberto serra a 19 de Janeiro de 2006 às 10:47
Ó F.Rodrigues- o que disseste é verdade, existia tudo isso, mas já no nosso tempo que o outro lado tinha mais vida, inclusive havia o "Café Angola", que era o café dos trolhas, e já agora, o ferro-velho era o Felício.


De Curioso a 18 de Janeiro de 2006 às 14:59
http://ruidoeleitoral.blogs.sapo.pt/


De Francisco Rodrigues a 18 de Janeiro de 2006 às 14:54
Desculpa Fernando mas vou discordar deste comentário. Esta Rua chamava-se, penso eu, Rua da Cadeia e já há muito anos, eu tenho 50, a parte de baixo da Rua sempre teve comércio (3 casas de pasto (quem não se lembra do Trinta e Filhos), um ferro velho, uma casa de colchões, uma contrabadista, etc.). Agora devido ao abandono da do Centro Histórico esta parte da rua está abandonada. A parte de cima da Rua podemos dizer que sempre foi mais previligiada. E isto porque? Porque era onde existia a Policia. Se reparares o comércio que eu te falo estava quase todo a partir da Rua onde morava o Branco (que jogava no desportivo)por isso não era da Ladeira da Trindade para cima. E ainda havia um Bar/Tasca que se entrava pela Rua Direita e também tinha entrada pela Rua da Cadeia.


De humberto serra a 18 de Janeiro de 2006 às 09:00
Realmente é verdade, entre a Ladeira da Brecha e a rua da Trindade, é um cenário mesmo tétrico. Neste edifício que se vê logo à direita (muito degradado), faziam-se uns pasteis de Chaves maravilhosos, era uma senhora chamada Diamantina, já deve ter falecido há muitos anos. Quanto à largura da rua, é natural porque faz parte da Chaves medieval.


De humberto serra a 18 de Janeiro de 2006 às 09:00
Realmente é verdade, entre a Ladeira da Brecha e a rua da Trindade, é um cenário mesmo tétrico. Neste edifício que se vê logo à direita (muito degradado), faziam-se uns pasteis de Chaves maravilhosos, era uma senhora chamada Diamantina, já deve ter falecido há muitos anos. Quanto à largura da rua, é natural porque faz parte da Chaves medieval.


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Rua do Correio Velho - Ch...

. Centro Histórico de Chave...

. Ocasionais

. Mar flaviense...

. Chaves D'Aurora

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade

. Pecados e Picardias

. O Barroso aqui tão perto ...

. Casas de Monforte - Chave...

. Vivências

. Cidade de Chaves - Dois o...

. Festival Identidades - Ja...

. Ocasionais

. Festival Identidades - Ja...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites