Quarta-feira, 15 de Novembro de 2017

Nós, os homens

nos-homens-1-b

 

VIII

 

E foi mais ou menos isto o que se passou.

Ela era muito nova para perceber que embora o mundo não acabasse amanhã, como se fartou de me dizer, podia perfeitamente acabar amanhã, porque isso era sempre uma coisa que não sabíamos no dia de hoje e enquanto eu sabia isso, ela não. Por isso, para ela, coisas tão importantes como o amor, os beijos, as festas e a paixão, podiam esperar e para mim não.

 

Também as palavras não ditas podiam ficar por dizer, embora fossem sentidas e eu, com aquela panca da escrita e dos livros, dependia delas como droga, não vivia sem elas e entrava com frequência em síndroma de abstinência só porque a menina nunca me tinha dito a palavrinha mágica que tem um hífen entre o o e o t. E tinha depois reacções completamente atípicas, aberrantes e idiossincráticas que ainda por cima tinha que lhe explicar depois, porque a estas sim, a menina reagia e não gostava e achava-se no direito de conhecer a causa, a razão, a origem e um dicionário de sinónimos que se eu não me safasse racional e logicamente daquilo -que a menina era dotada de inteligência que bastasse, ou não fosse assim e eu nunca me tinha interessado por ela, embora também fosse bonitinha que bastasse, estes pormenores dão sempre jeito e confessá-los só nos fica bem- nem sequer havia dia seguinte, independentemente de o mundo acabar ou não, é que nem sequer saíamos dali.

 

E foi mais ou menos isto o que se passou.

Eu fazia-lhe as vontadinhas todas. Estava disponível quando a menina queria, para o que ela queria e onde ela queria e não me sentia nada mal por isso, exactamente ao contrário, sentia-me completamente feliz, pois se o que eu queria era estar com ela sempre, queria lá saber do quando, do para e do onde!

E sentia-me bem nessa entrega e também sentia que ela se entregava nessas alturas, só que depois de se entregar a mim ela regressava a si e era aí que nos separávamos, porque eu entregava-me a ela e não voltava para mim!

 

E foi mais ou menos isto o que se passou, embora na realidade eu saiba que nunca vou saber exactamente o que se passou, porque se formos conscientes, temos lucidez bastante para assumidamente saber que as coisas podem ter parecido assim e terem sido completamente diferentes, porque esta coisa da prespectiva de cada um e do ângulo de visão vencem sempre qualquer lógica que parece haver.

Uma vez até lhe cheguei a dizer isto, na esperança de que aquela cabecinha se abrisse e despertasse para aquilo que eu achava que era o essencial, mas ela olhou para mim de forma inconsequente e riu-se perdidamente, como se o que eu tivesse acabado de dizer fosse o maior disparate do mundo! Não era, havia um pior, mas eu nunca lho disse. Achei que ela não merecia!

 Cristina Pizarro

 

´
publicado por Fer.Ribeiro às 00:11
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


24
25

26
27
28
29
30


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Chaves, cidade, concelho ...

. Flavienses por outras ter...

. Chaves, cidade, concelho ...

. Nós, os homens

. Chaves, cidade, concelho ...

. Chaves D'Aurora

. De regresso à cidade

. Quem conta um ponto...

. Pedra de Toque

. Faiões - Chaves - Portuga...

. O Factor Humano

. Fugas

. Chaves, cidade, concelho ...

. Nós, os homens

. O Barroso aqui tão perto ...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites