12 anos
Domingo, 24 de Julho de 2016

O Barroso aqui tão perto... Pomar da Rainha

1600-pomar-rainha (2)

montalegre (549)

 

Nas minhas incursões ao Barroso, Pomar da Rainha calhou no meu caminho em maio passado. Embora as fotos sejam um bom auxiliar de memória, há coisas que não se podem fotografar, tal como o frio ou o calor, o vento, os aromas, os sons e as sensações que os lugares provocam. Por estas razões, para memória futura, vou apontando num pequeno bloco essas coisas que as fotos não registam. Como maio já lá vai e desde que fui a Pomar da Rainha já visitei mais de duas dezenas de aldeias do Barroso, fui ver (ler) as notas que tinha no meu bloco sobre esta aldeia.

 

1600-pomar-rainha (4)

 

Pois no tal bloco sobre a aldeia apenas consta:

- 2 cães, um preto e um castanho;

- Zero pessoas

- 1 touro barrosão e muitas vacas barrosãs entre outras raças,  sozinhas pela rua acima e sozinhas entraram para a pastagem;

Isto foi o que de mais importante decidi registar nos cerca de 40 minutos que estive em Pomar da Rainha, pois tudo o resto está em fotografia.

 

1600-pomar-rainha (13)

 

Notas que pouco ajudam à feitura deste post e que apenas descrevem os instantes em que estive no Pomar da Rainha, uma pequena aldeia da freguesia de Salto do concelho de Montalegre. Pois embora não tivesse encontrado pessoas na aldeia, é notório que a aldeia é habitada, não muito, mas esse é um mal comum a todas as aldeias por onde vamos passando. Quanto ao gado à solta, é também coisa comum no Barroso, mas este que vimos por lá não andava propriamente à solta, antes tivemos a sorte de assistir a um dos seus itinerários entre pastos ou entre a corte e o pasto. Quanto aos donos, embora não os tivéssemos visto, pela certa que andavam por perto.

 

1600-pomar-rainha (9)

 

Sobre o pomar e a rainha, também não os vimos, nem o pomar nem a rainha e tão pouco sabemos a origem do topónimo. De gente nobre do reino, nas redondezas, apena temos conhecimento de Leonor de Alvim que esteve casada com Nuno Álvares Pereira, os pais da mulher do nosso duque D. Afonso, o mesmo que tem estátua em frente ao edifício da Câmara Municipal (de Chaves) e ao lado de onde teriam sido os Paços do Duque, junto à Torre de Menagem. Mas isto é apenas um aparte que aprofundaremos quando passarmos pela aldeia de Reboreda, também da freguesia de Salto, e apenas a cerca de 3,5 quilómetros (em linha reta) de Pomar da Rainha. Daí, mas apenas sou eu a supor, que talvez até haja alguma ligação entre D. Leonor de Alvim ou D. Nuno Alvares Pereira ou D. Afonso e o topónimo de Pomar da Rainha.

 

1600-pomar-rainha (43)

 

Mas nestas coisas da História as coisas valem o que valem e não sendo eu historiador, as minhas suposições não têm qualquer valor. Por outro lado, as suposições de um historiador, tipo José Hermano Saraiva, passam logo à História, tal como aconteceu com o Camões e Vilar de Nantes… mas isto é outra estória.

 

1600-pomar-rainha (23)

 

Vamos lá a Pomar da Rainha, uma pequena aldeia às portas de Salto rodeada de terras aparentemente férteis, pelo menos a jugar pelo tamanho de um espigueiro que registámos em fotografia. No entanto hoje em dia, a maioria dos terrenos férteis do Barroso estão dedicados a pastagens, o que,  se por um lado agricultura fica a perder, por outro,  ganha-se na qualidade das carnes da vitela barrosa e na gastronomia do Barroso.

 

1600-pomar-rainha (29)

 

Estamos também bem longe do Alto Barroso. Aqui em terras onde o verde é predominante, o que não é de admirar, pois a freguesia de Salto está “enclavada” entre o concelho de Ribeira de Pena, terras de Basto e Vieira do Minho.

 

1600-pomar-rainha (41)

 

Pois a freguesia de Salto é um dos outros Barrosos ao qual eu me referia no último post de “O Barroso aqui tão perto”, com características próprias e bem diferentes das outras pequenas regiões barrosãs dentro do Barroso, principalmente do Alto Barroso.

 

1600-pomar-rainha (22)

 

E é tudo por hoje, pois também sobre o Pomar da Rainha nada encontrei nas minhas pesquisas. Apenas referências à aldeia como sendo da freguesia de Salto. Assim, na ausência de palavras sobre a aldeia, privilegiamos as imagens para, pelo menos, termos uma ideia sobre como é o Pomar da Rainha. Sem pomar e sem rainha.

 

1600-pomar-rainha (56)

 

Como já vem sendo hábito, ficam os links para as anterior abordagens ao Barroso, hoje sem referências a consultas, não por ausência de consultas, mas por ausência de conteúdos nas mesmas.

 

A Água - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-a-agua-1371257

Amiar - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-amiar-1395724

Cepeda - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-cepeda-1406958

Gralhas - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-gralhas-1374100

Meixedo - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-meixedo-1377262

O colorido selvagem da primavera http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-o-colorido-1390557

Padornelos - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-padornelos-1381152

Padroso - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-padroso-1384428

Pedrário - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-pedrario-1398344

Sendim -  http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-sendim-1387765

Solveira - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-solveira-1364977

Stº André - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-sto-andre-1368302

Telhado - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-telhado-1403979

Um olhar sobre o Larouco - http://chaves.blogs.sapo.pt/2016/06/19/

Vilar de Perdizes - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-vilar-de-1360900

Vilar de Perdizes /Padre Fontes - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-vilar-de-1358489

Vilarinho de Negrões - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-vilarinho-1393643

São Pedro - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-sao-pedro-1411974

Sendim -  http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-sendim-1387765

Solveira - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-solveira-1364977

Stº André - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-sto-andre-1368302

Vilar de Perdizes - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-vilar-de-1360900

Vilar de Perdizes /Padre Fontes - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-vilar-de-1358489

Vilarinho de Negrões - http://chaves.blogs.sapo.pt/o-barroso-aqui-tao-perto-vilarinho-1393643

Salvar

´
publicado por Fer.Ribeiro às 23:54
link do post | comentar | favorito (1)
|  O que é?

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


27
28
29

30


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Cartas ao Comendador

. Chaves D'Aurora

. 25 de abril, Sempre!

. O Barroso aqui tão perto ...

. Quem conta um ponto...

. De regresso à cidade - Ru...

. O Barroso aqui tão perto

. Pecados e Picardias

. Assureiras de Baixo - Cha...

. Pedra de Toque

. O factor humano

. Cidade de Chaves - "Arreb...

. Ocasionais

. Momentos da cidade de Cha...

. Cartas ao Comendador

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites