Terça-feira, 24 de Outubro de 2017

Feira dos Santos - Um pequeno regresso no tempo - XI

1600-santos-15 (779)

 

Pois é, depois de se andar todo o dia de um lado para o outro, chega-se a alturas tantas em que uma simples pedra de granito é bem melhor que o sofá lá de casa, óh se é, digo-o por experiência própria, e só não poisei nestes da foto que ficou atrás, porque já não havia lugar. Segundo o exif da foto já eram perto das 19 horas do dia 31 de outubro de 2015, ou seja, para aqueles que, como eu, vão de manhã cedo ver o gado, onde o único poiso regalado que se toma é mesmo enquanto o pulpo vai marchando, e depois disso a única coisa que marchou foram mesmo as nossas pernas, uma simples pedra faz a diferença.

 

1600-santos-15 (766)

 

Mas como diz o povo – quem corre por gosto não se cansa – nós ( e este nós sou eu) é por gosto que vamos sempre a esta feira. É a feira e a festa da nossa ruralidade, daí, ser a festa mais genuína que temos e é por isso que todos os anos é um êxito, e depois, para aqueles mais urbanos sempre há o colorido da feira, as luzes das barracas e a oportunidade de comprar uma roupinha de marca nas barracas dos ciganos.

 

1600-santos-15 (646)

 

Ei sei que esta de enaltecer a nossa ruralidade,  incomoda alguma gentinha de cá, mas é a nossa realidade, e Chaves embora seja uma cidade, não deixa de ser uma cidade de província e rural, mesmo que a ruralidade já tivesse conhecido melhores dias, continuamos a ter por cá os homens da boina, mesmo que a boina seja de outras terras, e os homens e mulheres da vara, e ainda bem que assim é.

 

1600-santos-15 (609)

 

Ser da província e um concelho rural em nada nos inferioriza, antes pelo contrário, é uma mais valia para nós, só quem é cego é que não consegue ver essa realidade, há,  isso sim, que assumir essa realidade e o resto acontecerá naturalmente, e depois basta-nos a urbanidade da cidade para o dia-a-dia e se for necessário mais, temos sempre a uma ou duas horas de viagem muita oferta para sentir a adrenalina a correr-nos nas veias. Posso estar errado, mas penso que não. Seja como for, a Feira dos Santos é um bom exemplo da nossa ruralidade.   

 

 

´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:53
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
Sábado, 31 de Outubro de 2015

Chaves - Feira dos Santos - Súmula do dia 1

1600-santos-15 (84)

Se no meu tempo de Liceu, que é como quem diz do secundário, já existisse a internet, aparentemente tudo seria mais simples, pois com o acesso facilitado à informação que, às vezes, nos livros é tão complicado de encontrar, teríamos a solução para os nossos problemas de então, principalmente quando os livros eram pouco acessíveis e as bibliotecas, quando as havia, eram deficientemente equipadas para procurar todo o saber . Hoje em dia quando queremos saber algumas coisa ou fazer uma citação qualquer, só não a sabemos ou não conhecemos a sua origem se não quisermos, pois em princípio basta uma pesquisa no Google e temos acesso a toda a informação. A dificuldade está em saber filtrar essa informação e saber se ela é fidedigna.

1600-santos-15 (81)

Tudo o que atrás disse surge porque queria iniciar este post dizendo: “Sei que hoje aqui no blog deveríamos ter aqui mais uma das nossas aldeias, mas, como não há regra sem exceção, hoje, porque estamos em plena Feira dos Santos, vamos quebrar a regra. Ora isto é o que queria dizer, mas não era bem assim que eu queria começar. Queria ante começar assim: Segundo …(?) … não há regra sem exceção. Segundo que ou segundo quem? Segundo o ditado? Segundo fulano tal…? Pois agora já não nos contentamos em continuar sem saber a origem das coisas e, vai daí, botei a minha curiosidade na pesquisa do Google que me respondeu maioritariamente que a expressão “não há regra sem exceção” é atribuída a Cervantes que a utilizou no “D.Quixote de La mancha” quando a páginas tantas, num diálogo entre D.Quixote e D.Lourenzo se afirma (o sublinhado é meu):

“(…)

— Poeta bem pudera ser — respondeu D.Lourenzo —, mas grande, nem por pensamento. Verdade é que sou algum tanto aficionado à poesia e a ler os bons poetas, mas não de maneira que se possa dar o nome de grande que diz meu pai.

— Não me parece mal essa humildade — respondeu D.Quixote —, pois não há poeta que não seja arrogante e pense de si que é o maior poeta do mundo.

Não há regra sem exceção — respondeu D.Lourenzo —, e algum há de haver que o seja e o não pense.

(…)”

1600-santos-15 (204)

 Concerto da FANFAC (Fanfarra da Academia de Artes de Chaves)

 

O que uma pessoa não descobre na Internet! Agora só me falta saber se a expressão já existia ou não antes de Cervantes a ter utilizado no D.Quixote.

E perguntarão vocês, e muito bem — O que é que tudo isto tem a ver com as imagens de hoje e a Feira dos Santos? — Pois sinceramente a resposta é simples — nada!— Mas como não tinha nada para dizer, tinha que inventar qualquer coisa, olhem, saiu isto. As minhas desculpas, mas aposto que também aprenderam qualquer coisinha com este palavreado, mesmo sabendo que a avó da Clara, que era um poço de sabedoria, lhe dizia: “teimar sim apostar nunca”.

 

As fotos são de ontem, as possíveis, pois ontem ainda foi dia de trabalho. Hoje sim, vamos à feira.

 

 

´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:22
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
Sexta-feira, 30 de Outubro de 2015

Chaves - Feira dos Santos - Dia 1

1600-cartaz-feira.jpg

Eis-nos em plena Feira dos Santos, no seu dia um de três dias. Hoje ainda dia de montagem de muitas barracas mas também dia das primeiras compras, principalmente dos flavienses residentes.

1600-santos 13 (292)

Para não perder pitada do que se vai passar, fica o programa para uma vistas de olhos, onde, até coisas estranhas à feira aparecem, mas também já vai sendo tradição.

1600-Sabores vinho out2015.jpg

Novidade mesmo, este ano, é o Pavilhão do Vinho, com programa próprio e com “tenda” montada no Pavilhão Expoflávia (junto à PSP). Uma iniciativa que louvo, principalmente se for para promover os nossos vinhos, porque no concelho de Chaves também há vinho do bô. Vai valer a pena passar por lá, pois não é só para mostrar, também há provas para saborear, incluindo provas comentadas.

1600-santos 13 (415)-1

Quanto ao restante programa, é o costume de todos os anos. Aliás a feira pela sua tradição nem precisava de programa, pois quem costuma vir por cá já sabe com o que contar. Justificava-se plenamente, isso sim, se houvesse outros eventos em paralelo de promoção de Chaves e da Região, mas esses continuam adiados (exceção para o vinho – este ano).

1600-santos 13 (368)

Mas mais coisas sobre a feira pela certa que deixarei aqui amanhã e nos próximos dias, isto se tiver tempo para vir aqui deixar qualquer coisa, pois eu também gosto de feirar e passear pela feira, nem que seja e só para encontrar alguns amigos e colegas do tempo de Liceu que têm promessa de vir cá todos os anos. Aliás, como não temos festa de verão, é o único evento que vai trazendo flavienses ausentes a Chaves, a par do Natal e da Páscoa. Para já ficam mais algumas fotos, todas da edição da Feira de 2013.

1600-santos 13 (388)

O Pulpo à galega, preparado por galegos, também ja consta da tradição da Feira, mas só no dia 31, depois do concurso do gado e localizado mesmo ao lado.

1600-santos 13 (201)

Uma vez que a Feira do Gado mudou de poiso, temos à mão o concurso do gado. Vale a pena passar por lá e apreciar, aliás pode ser tomado até como um momento pedagógico para ficar a conhecer três raças autóctones de Trás-os-Montes e também para as criancinhas da cidade poderem ver de perto o que é um bovino.

1600-santos 13 (517)

Também podem aproveitar para comprar uns pares de meias à moda antiga, daquelas que eram feitas de lã pura, à mão e que picavam nos pés. Claro que agora já não são bem assim e até deixaram de picar, mas são parecidas…

1600-santos 13 (554)

E depois temos a festa. Santos também é significado de festa. Já longe dos grupos que desciam à cidade para a fazer naturalmente e abrilhantar a sua terra ou aldeia, mas vai acontecendo, sem a espontaneidade de antes a acontecer na esquina menos esperada, mas acontece organizada e contratada. Às vezes, raramente, ainda acontece da antiga, tudo depende do calor…

 

Até amanhã, se possível, mas pelo menos umas imagens pela certa que terão aqui lugar.

 

 

´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:18
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.pesquisar

 
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. Feira dos Santos - Um peq...

. Chaves - Feira dos Santos...

. Chaves - Feira dos Santos...

blogs SAPO

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites