Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

O Baluarte do Cavaleiro

02.02.07 | Fer.Ribeiro

.

E cá pela terrinha nem tudo são más notícias, felizmente também vai havendo boas notícias, principalmente para quem gosta da cidade antiga, daquela que é milenar ou pelo menos centenária.

 

O Forte de S.Neutel está em obras de recuperação e arranjos exteriores. Pelas obras em curso já dá para ver que finalmente aquele espaço está a ter um tratamento digno do monumento nacional que lhe dá o nome.

 

Por outro lado, as escavações arqueológicas do Arrabalde, à medida que o tempo avança, cada vez mais deixam a descoberto mais um bocadinho da história de Chaves. Eu sei que o buraco incomoda muito olhares, mas olhemos para ele como um mal necessário, como um buraco cheio de história onde parte das antigas muralhas seiscentistas já estão à vista e vestígios romanos talvez já espreitem e depois tudo leva a crer que será mais um futuro espaço museu para enriquecer a oferta histórica desta cidade.

 

Mas o post de hoje é mesmo dedicado ao Baluarte do Cavaleiro da muralha seiscentista. A sua atribulada e até desastrosa reconstrução demorou, mas acho que valeu a pena. Embora as obras ainda não estejam concluídas, já dá gosto olhar para aquele bocadinho da nossa história em que pela primeira vez da vida mais recente do baluarte, se pode observar em parte desimpedido de obstáculos ou construções encostadas. Estou em crer também que após a conclusão da reconstrução do baluarte e do arranjo da sua envolvente, será mais um ponto de histórico de interesse e orgulho flaviense digno de constar de qualquer roteiro turístico da cidade.

 

Nos próximos post’s passaremos pelo Arrabalde e pelo Forte de S.Neutel para ver como vão indo os bocadinhos de história que fazem o nosso orgulho.

 

Quanto à foto de hoje, tomada desde o Arrabalde, temos em primeiro plano a Rua 25 de Abril, em 2º plano a muralha e o Baluarte do Cavaleiro e de fundo um céu cinzento como cinzenta fica na fotografia a outra muralha de betão, em suma, mais um mamarracho que fica mal na fotografia

 

Até amanhã, pela milenar Aquae Flaviae.

 

4 comentários

Comentar post