Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Um cantinho do Arrabalde

07.02.07 | Fer.Ribeiro

.

Hoje permitam-me que vos fale deste cantinho do Arrabalde, por sinal um dos cantinhos mais bonitos e também mais fotografados da cidade de Chaves.

 

Poder-vos-ia falar por exemplo do edifício do Banco Pinto & Sotto Mayor que por acaso é Millennium ou BCP, que também tem escritório de advogados à moda dos filmes americanos, que embora gente simpática e da terra, espero nunca vir a precisar dos seus serviços. Poderia talvez falar um pouco do edifício das varandas verdes e como elas se enfeitam na primavera com as sardinheiras vermelhas, das famílias, do antigo consultório do meu primeiro médico (o falecido Dr. Alcino), da Travessa das Manas, da Muralha Medieval… mas não!

 

Hoje, como é quarta-feira, dia de feira em Chaves, quero mesmo é falar-vos, do cantinho cá de baixo, onde, desde sempre, também a feira se faz e, é ponto de encontro de amigos, ponto de encontro para negócios, alguns ainda de palavra dada - negócio feito,  mesmo que o negócio só se realize na próxima feira. Negócios disto-e-daquilo que rivalizam com outros negócios de outros espaços também tradicionais, como a Madalena.

 

É aqui que parte da gente do nosso Chaves rural se encontra para os negócios das quartas-feiras, ou para um simples encontro para “botar um copo”. É aqui que os homens do boné se encontram, dos genuínos, dos que afastam o boné para coçar a cabeça quando pensam, ou que o levantam ligeiramente para cumprimentar um amigo.

 

Hoje de manhã pela certa que vai haver aí alguns negócios e muitos encontros, e então se o sol abrir, é quase garantido que o cantinho do Arrabalde vai estar cheio, nem que seja e só para apanhar um bocadinho de sol e dar um pouco de descanso e alivio ao reumatismo.

 

Até amanhã e feirem muito!

 

1 comentário

Comentar post