Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

02
Jan19

14º Aniversário do Blog Chaves

1600-blog-chaves-14anos

 

Hoje o blog Chaves faz 14 anos. 

 

Pois é, quando começámos este blog nunca pensámos que viria a ser aquilo que é. Nasceu no dia primeiro do ano, há 14 anos, numa tarde sem nada para fazer, serviu de entretém para essa tarde, mas no dia seguinte voltámos a ele, e tornamos a voltar depois, dia a dia, primeiro com uma fotografia, depois começámos a escrever umas coisas e a partir de certo momento o blog já fazia parte da nossa vida diária. Começou a crescer e quase a ter vida própria, exigindo novos conteúdos, colaboradores, ir além da cidade de Chaves e foi, primeiro até às nossas aldeias e, parecendo-lhe que Chaves não é feito só pelo seu território, começou a fazer incursões nos territórios vizinhos, onde o Barroso foi o primeiro a exigir entrar e entrou.

 

1600-(42343).jpg

1600-(19401).jpg

 

Aquilo que começou por ser um blog pessoal, depressa se tornou um blog de família, com dezenas de colaboradores que já passaram por aqui, com as suas crónicas e rubricas, outras tantas de nossa autoria, estamos a caminhos dos Três milhões e duzentas mil visitas (3.194.424 no momento em que estamos a fazer este post). Já aqui publicámos mais de 15.000 fotografias da cidade de Chaves, das nossas aldeias e da região, principalmente do Barroso, aqui tão perto.

 

1600-(44562).jpg

1600-(49640).jpg

 

Quando atingimos o milhão de visitas, numa entrevista a um jornal local, perguntavam-me quanto tempo mais iria durar o blog? Talvez se adivinhasse que os conteúdos para um blog sobre a cidade de Chaves se esgotariam em pouco tempo. Não recordo bem o que respondi, mas foi uma coisa do género: “Para já continua…”. Continuo a dizer o mesmo e Chaves só se esgota se nós quisermos que esgote. Pois vamos continuar por tempo indeterminado e enquanto pudermos  continuar, pois os conteúdos sobre Chaves não se esgotarão, mas de nós, já não podemos dizer, e hoje dei-me conta que o tempo passa mais depressa do que aquilo que pensamos, pois parece-me que ainda foi ontem que comecei o blog e já lá vão 14 anos, mas deixemos as pieguices para quanto for o tempo delas. Para já, continuamos por cá e isso é o que interessa.

 

1600-(49295).jpg

1600-(49702).jpg

 

Só a título de curiosidade, ficam alguns dados que nos são disponibilizados pela estatística da sapo, em relação a quem e desde onde nos visita:

 

Pois em Portugal, por ordem decrescente de nº de visitantes, as nossas visitas vêm desde:

 

1600-(44720).jpg

1600-(44857).jpg

 

Em Portugal

  • não definido
  • Porto
  • Lisboa
  • Braga
  • Vila Nova de Gaia
  • Coimbra
  • Matosinhos
  • Amadora
  • Guimarães
  • Alverca do Ribatejo
  • Maia
  • Sintra
  • Povoa de Varzim
  • Almada
  • Viseu
  • Bragança
  • Leiria
  • Viana do Castelo
  • São João da Madeira
  • Aveiro

 

1600-(39627).jpg

1600-(41179).jpg

 

Além de Portugal

 

  • Estados Unidos
  • França
  • Brasil
  • Suíça
  • Espanha
  • Alemanha
  • Luxemburgo
  • Reino Unido
  • Peru
  • Austrália
  • Bélgica
  • Canada
  • Andorra
  • Macau
  • India
  • Filipinas
  • Itália
  • não definido
  • Angola
  • Macedónia (FYROM)

 

1600-(47013).jpg

 

Continuando ainda nas estatísticas, agora as do FLICKR, local onde alojamos as fotografias para serem aqui publicadas, no qual já temos alojadas até este momento 15.033 e já atingimos os 3.305.573 visualizações, deixamos a titulo de curiosidade as 3 fotografias mais vistas nestes últimos 14 anos, curiosamente, as 3 fotos foram publicadas no ano de 2018:

1600-(48593).jpg

1600-(42570).jpg

1600-romanos 15 (86).jpg

 

Ainda ao nível da fotografia, relembramos que blog foi além deste mundo digital e saiu à rua com a organização de exposições de fotografia, que temos levado a efeito na Adega do Faustino, felizmente para nós,  o único espaço que temos em Chaves para podermos levar a efeito regularmente exposições de fotografia, pelo que, temos que agradecer à adega do Faustino ,as também agradecer o apoio dos nossos parceiros, como a Associação de Fotografia LUMBUDUS e a Sinal TV. Da nossa parte um muito obrigado a todos.

 

catalogo-web1.jpg

cartaz-tedim.jpg

cartaz-pateira.jpg

 

Pois neste campo das exposições no Faustino, já trouxemos a Chaves alguns dos melhores fotógrafos portugueses, premiados nacional e internacionalmente, mas também estrangeiros, para além de termos levado a efeito algumas com fotógrafos locais. Também aqui, contra tudo e contra todos, vamos continuar a levar a efeito as nossas exposições.  

 

1600-(47072).jpg

1600-(47073).jpg

1600-(47075).jpg

1600-(47074).jpg

 

E voltemos ao blog, que para já vai continuar com as crónicas e rubricas habituais, vai manter os seus colaboradores, mas que a qualquer momento poderá ter novas rubricas e novos colaboradores, aliás o blog continua aberto a quem queira com ele colaborar. Novidades para breve vai ser a entrada do concelho de Boticas na rubrica “O Barroso aqui tão perto”, pois estamos a concluir o concelho de Montalegre, embora no terreno já andarmos por terras de Vila Pouca de Aguiar. Mantemos assim o objetivo inicial de trazer aqui todos os concelhos vizinhos de Chaves, todos os domingos, a saber: Montalegre; Boticas; Vila Pouca de Aguiar; Valpaços, Ribeira de Pena; Vinhais e localidades da raia galegas confrontantes com o concelho de Chaves. Trabalho para mais alguns anos.

 

100 (1139).jpg

1600-macna (1412).jpg

 

E vamos ficando por aqui, relembrado que também estamos, como sempre estivemos abertos a sugestões de quem nos acompanha, pois este blog se ainda continua a existir é por causa de Vós que estais aí desse lado. Contactem-nos por mail (ribeiro.dc@gmail.com ) ou deixem a vossa opinião e sugestões na caixa de cometários, pois termos todo o gosto em atender os vossos desejos, desde que da nossa parte sejam possíveis de realizar.

 

1600-misarela (7).jpg

1600-cela (65).jpg

 

Também e por último, um apelo a todos os flavienses que estão fora de Chaves. Um apelo à participação na rubrica “Flavienses por outra terras” de autoria e coordenação do nosso colaborador Luís dos Anjos. Nós e Chaves gosta de saber por onde andam os filhos flavienses e sei que quanto mais longe se está da terrinha mais ela se sente. Partilhem connosco as vossas saudades. Temos nessa rubrica um mapa-múndi onde vamos assinalando os flavienses espalhados pelo mundo. Queremos encher esse mapa de referências, pois sabemos que há flavienses nos quatro cantos do mundo. Fica o mail para informações:  flavienses@outlook.pt

 

1600-Vidago Palace (705).jpg

1600-(49705).jpg

 

As fotos de hoje, com seleção um pouco ao acaso, são fotos que foram publicadas durante o ano de 2018. Também aqui, se alguém por aí quiser uma foto em especial, digam-me qual é que eu vou à procura dela.

 

1600-(49374).jpg

1600-(49686).jpg

 

O meu agradecimento especial para todos os colaboradores deste blog, quer os que estão no ativo,  quer a todos que já por aqui passaram por aqui. Um agradecimento também aos meus companheiros de fotografia que têm andado connosco na descoberta do Barroso e agora de terras de Vila Pouca de Aguiar.

Um agradecimento especial também para o SAPO por continuar a disponibilizar-nos este espaço sem o qual o blog não seria possível.

 

Um bom ano de 2019 para todos

 

 

12 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Olhares de sempre

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Fer.Ribeiro

      Por mail, o autor do comentário atrás publicado di...

    • Anónimo

      “rialmente!”---Deixas sempre uma saudadeTerra lind...

    • Fer.Ribeiro

      Penso que era o sonho de todos os miúdos e até gra...

    • Anónimo

      Quando era miúdo este Hotel tinha um elevador. Era...

    • Anónimo

      Também adorava lá ir e passar um bom bocado!!!