Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves Rural - Vilela do Tâmega

15.07.07 | Fer.Ribeiro

 

.

 

Hoje apetece-me entrar por este blog adentro num tom confessional e tudo para justificar as imagens que aqui publico das nossas aldeias.
 
Todas as nossas aldeias são pequenas e, até nos conhecerem ou saber aquilo a que vamos, são aldeias muito fechadas. A entrada de um estranho numa aldeia, é uma autêntica incursão, felizmente de pouca dura, pois basta uma troca de palavras e todas as portas se abrem, principalmente as portas das adegas e das estórias e todas as aldeias têm muitas estórias para contar.
 
Depois de fazermos parte da família é só desfrutar da aldeia e, em termos de imagem, ir à procura daquilo que me vai despertar o click do obturador, click’s que nem sempre são compreendidos pelos residentes, pois raramente compreendem como troco uma casa nova por uma velha ou um alumínio anodizado por um ferro enferrujado ou por um ferrolho de madeira.
 
A imagem de hoje, por exemplo, para mim é uma autêntica obra de arte e que diz muito do ser das nossas aldeias. Do ser de uma aldeia de um passado recente que ainda tinham consigo todos os encantos (e também desencantos). Uma janela aberta, a parede de granito caiada de branco, os restos de azul também caiados e até o ocre que neste caso é ferrugem de um ferro deixado ao abandono e que a chuva tem vindo a corromper, mais que corroer. Pode parecer uma triste imagem e até o é, mas é também uma imagem que guarda nela todos os encantos do passado recente em que todas as casas eram habitadas e cheias de gente e muitos filhos, com ruas povoadas de putos e brincadeiras em que os tempos também eram difíceis mas também felizes com toda uma família à volta da mesa ou da lareira e das estórias de encantar e que ainda hoje encantam.
 
Esta imagem é de um pormenor de Vilela do Tâmega, ali mesmo onde a Rua de Cimo de Vila encontra a rua principal da aldeia - a Rua da Igreja, e embora Vilela do Tâmega até tenha chamado muita gente de fora e muitas novas construções de moradias, que me desculpem os seus residentes, mas foi esta a imagem que me atraiu e que para mim é uma autêntica obra de arte da nossa construção tradicional.
 
Vilela do Tâmega é sede de freguesia que possui cerca de 500 habitantes. Pertencem à freguesia as aldeias de Moure e Redial, todas elas a 10 quilómetros de Chaves e todas com acesso a partir da E.N. 2, entre Chaves e Vidago. Quilómetro 10 que é também há muitos anos conhecido no roteiro gastronómico do concelho, principalmente pelos apreciadores do arroz de cabidela.
 
E por hoje é tudo, amanhã cá estaremos de novo de volta à cidade de Chaves.