Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves - Bóbeda

05.08.07 | Fer.Ribeiro

 

.

E hoje vamos até outra aldeia que ainda nunca tinha passado por aqui e curiosamente da mesma freguesia da aldeia de ontem. Vamos então até Bóbeda que é atravessada pela Estrada Nacional 2, a escassos quilómetros de Chaves, e a meio caminho de Vidago.
 
Ao contrário das aldeias de montanha e dados os bons acessos, ainda vai sendo uma aldeia habitada, mas também tem as suas mazelas de abandono bem visível em muitas construções antigas.
 
Ainda ontem falava que todas as aldeias tinham a sua capela ou igreja, pois além de capelas e igrejas, também todas as aldeias tinham as suas fontes de água públicas e algumas, como é o caso, associadas a um tanque público. Se no tempo em que não havia água canalizada estas fontes e tanques eram de toda a utilidade para as aldeias, com água canalizada em casa, perderam quase toda a sua funcionalidade e são dotadas praticamente ao abandono e, mais uma vez – temos pena, pois as fontes e os tanques são geralmente autênticas obras de arte da construção tradicional transmontana e são património arquitectónico importante das nossas aldeias, que deveriam ser espaços que além de preservados, deveriam ser cuidados e manter a sua funcionalidade como se funcionassem de facto. Não sei de quem é a culpa de estarem abandonadas e desprezadas, possivelmente de ninguém ou de todos, mas também das juntas de freguesia e de que é responsável pelos desígnios das nossas aldeias.
 
O caso da fonte da imagem, por exemplo, embora ainda em bom estado, merecia mais visibilidade, com a envolvente tratada e limpa, pois é digna desses mimos.
 
Até amanhã, de novo na cidade.