Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

10
Jan10

Mosaico de Nogueira da Montanha



Localização:

A sede de Freguesia (Nogueira  da Montanha) fica a 15 km da cidade de Chaves. No entanto a aldeia mais próxima de Chaves é Santiago, a 11 Km e as mais distantes são Santa Marinha e Amoinha Velha, a cerca de 18 Km.

 

Em termos de localização geográfica, situa-se na orla sudeste do território flaviense. Como localização “facilitada”, para quem está em Chaves, a freguesia situa-se em terras do planalto alto da Serra do Brunheiro ou sejam aquelas que estão além do cume do Brunheiro (visto de Chaves).

 

.

.

 

Confrontações:

Confronta com as freguesias de Moreiras, São Pedro de Agostém, Samaiões, Vilar de Nantes, Cela e toca num ponto a freguesia de São Julião de Montenhegro. Confronta ainda com as freguesias de Friões e Serapicos, estas do concelho de Valpaços.

 

Coordenadas: (adro da Igreja de Nogueira)

41º 39’ 41.96”N

7º 25’ 53.70”W

 

Altitude:

Variável – Todas as aldeias da freguesia estão acima da cota dos 825m, atingindo-se a cota mais alta na aldeia de Carvela  onde ronda os 900m

 

.

Foto de Arquivo - Post de Nogueira

.

 

Orago da freguesia:

São Miguel

 

Área:

16.43 km2.

 

Acessos (a partir de Chaves):

– Estrada Nacional 314, existindo a partir desta três acessos: Um imediatamente a seguir a Lagarelhos (Via Santiago do Monte) e os outros dois a partir da aldeia de France (um via Sandamil e Capeludos outro via Santa Marinha).

 

Por estradão em terra batida (só para todo-terreno) também se pode fazer o acesso através da Serra do Brunheiro (com início em Vilar de Nantes ou Izei) ou ainda via S.Lourenço, Cela, Tresmundes, Carvela). Sem dúvida que estes itinerários pela serra são os mais interessantes e a pavimentação entre Tresmundes e Carvela exige-se por ser uma ligação importante entre a Estrada de Valpaços e a EN 314.

 

Acessos (a partir de Vidago):

– Estrada Nacional 311-3 até à E.N. 314 (Peto)

 

.

 

.

 

 

Aldeias da freguesia:

 

A par da freguesia vizinha de São Pedro de Agostém, com o mesmo número de aldeias, Nogueira da montanha é a freguesia que possui mais aldeias, num total de 11, a saber:

 

            - Nogueira da Montanha

            - Alanhosa

            - Amoinha Velha

            - Capeludos

            - Carvela

            - Gondar

            - Maços

            - Sandamil

            - Santa Marinha

            - Santiago do Monte

            - Sobrado

           

 

População Residente:

 

Embora seja uma freguesia relativamente grande em área (comparativamente com as restantes) e grande em número de aldeias, nem por isso o é em termos de população.  Só a título de exemplo, as 11 aldeias da freguesia têm menos 187 habitantes que a aldeia de Faiões ou menos de 162 habitantes que a aldeia de Vila Verde da Raia. Pelos números, é uma boa freguesia tipo rural e de montanha, onde o êxodo das populações mais se fez sentir, ao contrário das aldeias do Vale de Chaves ou de proximidade da cidade, que mantiveram ou subiram em termos de população residente.

 

Também a título de curiosidade, dividindo a população residente (CENSOS 2001) na freguesia pelas 11 aldeias, toca a cada aldeia 63 habitantes. Sabe-se no entanto que algumas das aldeias hoje estão muito aquém deste número. Números que pela certa vão garantir a continuação de uma descida acentuada nos próximos CENSOS de 2011. Para o próximo ano cá estaremos para saber a realidade actual do concelho.

 

Ficam alguns números desde 1900 até 2001:

 

            Em 1900 – 915 hab.

            Em 1920 – 1055 hab.

Em 1940 – 1060 hab.

            Em 1960 – 1520 hab.

            Em 1981 – 1155 hab.

            Em 1991 – 854 hab.

            Em 2001 – 693 hab.

 

.

.

 

Principal actividade:

- A agricultura que se desenvolve ao longo da fértil planalto, onde a batata é rainha, não só em termos de produção mas também de qualidade. Também a castanha se dá bem por terras do planalto.

 

Particularidades e Pontos de Interesse:

A paisagem encanta. Paisagem típica de planalto com muitas terras de cultivo (agora menos) desenhadas e contornadas por pequenas florestas de carvalhos onde de quando em vez se erguem majestosos castanheiros, alguns (diz a lenda) com mais de 1000 anos, tal como acontece com os que estão no largo principal da sede de freguesia. Paisagem que ganha um especial interesse na Primavera e no Outono, contudo as de Inverno podem ser ainda mais interessantes quando coberta de neve ou gelo que pela espessura que este último chega a atingir e da maneira como ele se “agarra” à vegetação, parecem autênticos nevões. Já adivinharam que é terra de invernos rigorosos, com o tal frio que às vezes é de cortar à faca ou do outro bem pior, daquele que se sente debaixo de nevoeiros que às vezes duram semanas, daquele que entra dentro do corpo e “tolhe os ossos”. De Verão, por estar mais perto do céu, a freguesia torna-se mais luminosa, quente e seca, mas de vez e quando, não dispensa os seus ares de montanha.

.

Foto de Arquivo - Post de Santiago

.

 

Em termos de arqueologias, tem um riquíssimo património contando-se diversas estações que testemunham ocupações proto-históricas, da romanização e alti-medievais. Bem próxima da aldeia de Santiago do Monte, a uma cota já próxima dos 900 metros, encontram-se restos de um povoado fortificado castrejo conhecido por Castros de Santiago do Monte e considerado imóvel de interesse público desde  1990. Aliás é um dos pontos de interesse turístico da região incluído em todos os roteiros turísticos e visitado por milhares de pessoas ao longo do ano. O que está a sublinhado e itálico é uma mentira do tamanho deste mundo que bem poderia ser verdadeira, no entanto no local ou na proximidade, nem sequer à referências à sua existência…

 

Continuando. Digna de realce é também a Igreja Paroquial de invocação a S.Miguel. Trata-se de uma estrutura de raiz românica com algumas alterações posteriores. Mais tardia, mas de construção e tradição românica, realça-se também a Igreja de Carvela com um pórtico em arco redondo.

.

Foto de Arquivo - Post de Nogueira

.

 

A juntar ao Românico há a realçar (quase uma por aldeia) as capelas, as fontes de mergulho, nichos de alminhas e alguns cruzeiros cobertos, destes últimos, alguns não resistiram ao “encanto da modernidade” e foram fechados com caixilharias de alumínio e vidro que vai destoando de algum encanto que ainda conservam os núcleos das aldeias, com as suas construções típicas do granito, em quase todas as aldeia, deterioradas e abandonadas. Há também, poucos, mas interessantes exemplares arquitectónicos da casa solarenga, com destaque para as casas dos Barradas e dos Sargentos.

 

Sem dúvida uma freguesia que pode ser indicada (em tudo) como um exemplar típico de freguesia rural de montanha e, embora sinta bem fundo as maleitas do êxodo da sua população, tornando-se  numa freguesia de resistentes, não perdeu contudo o seu encanto que aconselha olhares de apreciação.

 

.

Foto de Arquivo - Post de Carvela

.

 

 

Linck para os posts neste blog dedicados às aldeias da freguesia:

 

Fica então link para o post alargado de cada uma das aldeias da freguesia de Nogueira da Montanha, embora quase todas tenham outros post’s dedicados, mas mais breves. Post’s sobre Nogueira da Montanha que pela certa continuarão aparecer por aqui, pois a freguesia tem muitos mais encantos para mostrar. Para já, tudo que de mais importantes por lá recolhi, está em cada um dos post’s alargados que a seguir deixo link:

 

            - Nogueira da Montanha: http://chaves.blogs.sapo.pt/332461.html

            - Alanhosa: http://chaves.blogs.sapo.pt/329404.html

            - Amoinha Velha: http://chaves.blogs.sapo.pt/315312.html

            - Capeludos: http://chaves.blogs.sapo.pt/356814.html

            - Carvela: http://chaves.blogs.sapo.pt/226682.html

            - Gondar: http://chaves.blogs.sapo.pt/324242.html

            - Maços: http://chaves.blogs.sapo.pt/237521.html

- Sandamil: http://chaves.blogs.sapo.pt/350080.html

- Santa Marinha: http://chaves.blogs.sapo.pt/432481.html

            - Santiago do Monte: http://chaves.blogs.sapo.pt/239658.html

            - Sobrado: http://chaves.blogs.sapo.pt/352357.html

 

 

 

 

 

 

           

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      aldeia mais linda portugal

    • Anónimo

      Felizes são vocês , da minha sempre querida Chaves...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo seu comentário, de facto o Barroso é...

    • Fer.Ribeiro

      A história da nossa cidade de Chaves é muito simpl...

    • Bete do Intercambiando

      Mil desculpas pelo erro. Depois que enviei a mensa...

    FB