Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

03
Fev10

Sinais de contrastes - Chaves - Portugal

 

.

Há sinais nos nossos caminhos que insistem em estar lá, sinais que nós insistimos em não ver. São pura poesia, palavras perdidas num poema de contrastes onde o contraste, não contrasta com a poesia do poema…

.

 

.

Chaves, 8 de Abril de 1968

 

Quanto mais apertado me sinto na prensa da vida, a estalar de desespero por todos os lados, mais necessidade tenho de escrever. Os desafios de viva voz – que a raridade de ouvidos atentos e compreensivos vai, de resto, tornando impossíveis – nada resolvem, e são até contraproducentes. Saem da boca às golfadas, intempestivamente, e deixam na alma uma penosa sensação de esvaziamento sem alívio. De tão informe, a lava apenas testemunha a ígnea actividade do vulcão. Mas, na escrita, os sentimentos ordenam-se na ordem das palavras. O que se diz, adquire, na disciplina da frase, a claridade e a economia que faltavam ao impulso comunicativo. E a consciência encontra repouso nesse rigor de nitidez, que dão transparência e inteligibilidade ao próprio rosto absurdo da vida.

 

Miguel Torga, in Diário X

 

 

 

Hoje em Devaneios há transparências molhadas.

 

 

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    FB