Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

26
Mai10

Essa cidade chamada CHAVES

 

.

 

 

Fernão de Magalhães, poeta,  depois de partir e conhecer novos portos dizia-me que retinha e conhecia os lugares e as cidades pelo cheiro. Também ouvi dizer ou li em qualquer sítio,  que os bons músicos, numa orquestra sinfónica, conseguem distinguir e separar o som de cada instrumento. Eu confesso que não tenho o dom de separar e distinguir esses pormenores. Gosto de muitas cidades, sítios e lugares por uma ou outra razão ou por todas juntas,mas também pelo cheiro, pelas luzes, pela cor, pela arquitectura, pela monumentalidade, pela modernidade ou antiguidade, pelas pessoas, pelos afectos ou pelos bons e maus momentos que se passa neles. Também da música, apenas retenho a melodia e os momentos em que a oiço.

 

.

.

 

Há no entanto, sítios, lugares, cidades, cheiros, luzes, noites, gente, mulheres, medos, ternuras … um sem número de outras marcas que nos marcam e se registam na memória para todo o sempre como a marca desses lugares, cidades e sítios onde aconteceram.

 

O sítio onde nascemos, o lugar onde aprendemos a andar de bicicleta, a escola onde aprendemos as primeiras letras, os medos de infância, os lugares precisos onde aconteceram os primeiros beijos e namoros, as escola que realmente nos ensinou, a casa de uma grande paixão, a primeira vez que conduzimos, as vezes que fomos conduzidos, as nossas ruas e bares da noite, os lugares de banhos preferidos do rio, as ruas e copos das grandes comemorações, a igreja onde casamos, o hospital e corredor, o preciso lugar  onde vimos os nossos filhos pela primeira vez, os sítios por onde param os amigos, os lugares que evitamos, de onde se vêem os melhores por do sol, onde gostamos de amanhecer, a casa da sogra… enfim, um sem número de sítios, lugares, casas, cantos, ruas e ruelas por onde debitamos os nossos passos, pousamos e aconteceram os grandes momentos, alegrias e desilusões das nossas vidas e que, se tudo isso acontecer numa cidade, essa é a nossa cidade, a cidade que nos marca e que, com paixão amamos e às vezes dói ou até odiamos.

 

.

.

 

Eu tenho essa cidade, ela é o centro do mundo, tem cheiros e melodias de orquestras, luzes e cores, auroras e entardeceres, noites memoráveis, gente, um rio, vale e montanhas e, muitos, mesmo muitos momentos  inesquecives registados na memória das ruas, das calçadas, das casas e dos rostos da gente. Eu tenho essa cidade, chama-se CHAVES.

Dela, deixo-vos hoje três imagens apenas, ao acaso, das centenas de imagens com marca e magia.

 

.

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    FB