Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

22
Jun10

Pedra de Toque - A Alma das Cidades - por António Roque

 

 

.

 

A ALMA DAS CIDADES

 

 


Que ninguém me diga, que as cidades não têm alma!


Ela respira-se nas velhas árvores que permanecem.


Sente-se nas calçadas, nos becos, nas ruelas.


Respeita-se nos adros, nos cruzeiros, nos nichos, nas capelas, nas igrejas.


Sonha-se nas margens dos rios, nos jardins serenos, nas pontes sobranceiras.


A alma das cidades está também nas personagens que as povoam.


Nas figuras típicas e populares que se confundem com os sítios, que se misturam nas paisagens urbanas.


Homens e mulheres, não ilustres, escrevem estórias feitas de brejeirices e de quotidianos simples.


Homens e mulheres, que por feitos  imorredoiros, se  perpetuam nas praças, nas placas das esquinas que a toponímia consagra.


O decurso dos anos preenche a alma das cidades.


Que resiste sólida ao camartelo do progresso, mesmo quando usado com a indispensável precaução.


Encontrar a alma das cidades é um acto de amor, um orgasmo que finda na escuridão dos olhos.


Penso que há muito descobri a alma da minha cidade.


Desvendou-ma a palavra sábia dos antigos, a história e os contos que ouvi e li em livros gastos.

 

.

.


As grandes passeatas por ruas e vielas, o coaxar das rãs no Tâmega eterno em noites sem brisa, o cheiro da Primavera com que a veiga e a montanha brindam Chaves, cidade sempre linda, mesmo quando a névoa embacia os vidros e a geada branqueava a saudosa relva das Freiras.


A descoberta, a visão lúcida, o primeiro abraço à alma da minha terra foi uma espécie de sortilégio a que fiquei continuamente detido.


Foi talvez o cibo da minha vida que melhor me soube.


Que ninguém diga, que as cidades não têm alma!


António Roque

 


22
Jun10

Mestre Nadir Afonso no Museu do Chiado em Lisboa

 

.

 

O Mestre flaviense Nadir Afonso soma e segue.

 

Sem Limites – Without Limits – inaugura hoje, 22 de Junho às 19h00,  no Museu do Chiado em Lisboa, com a presença da ministra da Cultura.

 

Se está ou vai estar por Lisboa, não perca esta exposição do nosso Mestre flaviense, pois a exposição vai estar patente ao público desde hoje até 3 de Outubro.

 

 

 


Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      aldeia mais linda portugal

    • Anónimo

      Felizes são vocês , da minha sempre querida Chaves...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo seu comentário, de facto o Barroso é...

    • Fer.Ribeiro

      A história da nossa cidade de Chaves é muito simpl...

    • Bete do Intercambiando

      Mil desculpas pelo erro. Depois que enviei a mensa...

    FB