Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

12
Dez10

A matança do reco na Abobeleira

 

 

.

 

Já começa a ser tradição cumprir a tradição da matança do reco na Abobeleira, mas não é uma tradição qualquer, mas esta em especial, a de fazer uma matança aberta a toda a população da aldeia e da freguesia. Tem sido assim desde há seis anos para cá e tudo isto graças a um filho da aldeia que por sua conta tem promovido este evento – O Jorge Carvalho.

 

 

Pois ontem cumpriu-se mais uma matança no lugar do costume e com a aldeia a aderir também como de costume e à hora do costume, ou seja, logo pela manhã.

 

Quanto à matança em si e para não repetir o que já foi dito nos anos anteriores, deixo apenas aqui os links para dois posts onde se fala das coisas desta tradição:

 

http://chaves.blogs.sapo.pt/431958.html - Por Gil Santos

http://chaves.blogs.sapo.pt/339613.html - A matança de 2008 na Abobeleira

 

 

Hoje ficam apenas os registos fotográficos dos momentos do dia que, como convém, começam logo pela manhã bem cedo com o acender o colocar os potes do lume.

 

 

Claro, pois como mandam as regras a água já deve estar a ferver quando recebe o sangue que ira fazer as primeiras delícias da mesa.

 

 

E questões de direitos e sexos à parte, na matança do reco há trabalho para todos e se os homens se encarregam de agarrar e matar o reco, queimar-lhe o pelo, lavá-lo, pendurá-lo e desmanchá-lo às mulheres não têm menos afazeres na cozinha, com o fritar das miudezas e o preparar do sarrabulho.

 

 

À mesa, não faltarão os elogios a tão apreciadas iguarias, que podem ser servidas e confeccionadas em toda e qualquer parte do mundo, mas que junto ao reco pendurado e depois de toda a azáfama da manhã, é um manjar sem igual, sobretudo se o vinho também for bom, e era!

 

 

Depois, durante a tarde, já se sabe que algum descanso cai sempre bem para recompor forças e nem há como uma boa suecada.

 

 

Claro que todo este movimento também tem outros adeptos que tem curiosidade em saber como estas coisas se fazem e para isso voltam de novo ao recreio da escola, agora já sem escola.

 

 

Nos entretantos os rapazes dos clicks aproveitam para mais umas imagens e visitas culturais. Este ano com uma deslocação à barragem romana, também na Abobeleira, ao moinho e à ribeira de águas cristalinas.

 

 

Mas não só, pois o tempo recomenda que se aproveitem estes fins-de-semana para fazer a matança antes do Natal e a matança à qual assistimos repete-se um pouco por todas as aldeias e freguesias, assim, nem foi necessário ir muito longe para se assistir a mais tarefas da matança. Fomos à casa do Nel em Valdanta onde dois gigantes já estavam pendurados na trave.

 

 

A noite depressa chegou e de novo a mesa. Uma boa feijoada à transmontana, febras, vinho de várias colheitas.

 

 


 

 

E o momento alto é sempre à noite, já longe da matança, mas o momento em que toda a gente se senta à mesa  para um início de noite de festa de um dia que já vai longo.

 

 

Com convidados que aproveitam para pôr a conversas em dia ou definir estratégias…

 

 

E claro, as concertinas e a festa tinham de começar, e nestas coisas de música e músicos, com tanta festa, bom manjar e bons vinhos, não seria de estranhar se um músico estivesse menos afinado, mas nem se notava…

 

 

E na rua o fogo estava no seu melhor, não era de artifício, pois não, mas parecia… e sempre foi melhor que o das festas da cidade e até teve direito a muitos clicks.

 

 

Enfim, por este ano foi tudo. Para o próximo ano, se a tradição se continuar a cumprir, também nós temos uma promessa para cumprir.

 

Até amanhã!

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      aldeia mais linda portugal

    • Anónimo

      Felizes são vocês , da minha sempre querida Chaves...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo seu comentário, de facto o Barroso é...

    • Fer.Ribeiro

      A história da nossa cidade de Chaves é muito simpl...

    • Bete do Intercambiando

      Mil desculpas pelo erro. Depois que enviei a mensa...

    FB