Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

12
Jan14

Chaves rural

 

Já todas as aldeias do concelho de Chaves tiveram aqui o seu devido post, uns mais conseguidos do que outros, mas não houve exceções, até uma que já nem existe marcou aqui presença, e muitas delas já passaram por aqui mais que uma vez, mas por muito que aqui passem, há sempre imagens com motivos que não couberam nos posts anteriores.

 

Quem acompanha o blog sabe bem quais são os motivos que prendem o meu olhar que se ficam geralmente pelas paisagem das nossas montanhas, e pelos núcleos mais antigos das aldeias onde a madeira e a pedra (granito ou xisto conforme a zona) são rainhas e senhoras nas nossas construções rurais tradicionais. As nossas construções tradicionais atraem sobretudo pela sua singularidade de não haver uma casa igual a outra, atraem pelas soluções arquitetónicas que tinham em vista a utilidade conciliada com a casa abrigo sem dependências inúteis (sem utilidade) ou meramente decorativas. Não quero com isto dizer que não houvesse uma preocupação estética, porque a havia, principalmente em pormenores que canteiros, carpinteiros, marceneiros e ferreiros, se encarregavam de fazer verdadeiras obras de arte, e daí, estes profissionais serem também conhecidos como artistas.

 

 

Lamento por aqui quase todos os fins-de-semana o despovoamento das aldeias, mas este da aniquilação do nosso casario rural, típico e tradicional nos núcleos das aldeias deveria ter a mesma dose de lamento, ou ainda mais, pois as razões que levaram a essa aniquilação ou descaracterização são bem diferentes da do despovoamento, pois são principalmente políticas ou de negligência de políticas ou falta delas, muitas das vezes com a conivência da própria Junta de Freguesia, quando não é ela própria a pecar.  Contudo, não leiam nestas palavras aquilo que aqui não é dito, pois as novas construções também têm direito a existir nas aldeias, mas fora do seu núcleo, mesmo que na sua proximidade. Mas hoje, já é tarde para se falar destas coisas, pois na maioria das aldeias o mal já está feito e não há forma de o remediar.  

 

As fotos de hoje são de Vilela Seca, mas mais uma vez, para ilustrar as palavras de hoje,  poderiam ser de outra qualquer das nossas aldeias.

 

 

12
Jan14

Pecados e Picardias

 

A taverna

 

Continuou o servente a encher as garrafas

Do vinho da casa para servir a refeição

Meio litro não dava grão para  asas

O cliente podia beber à sua feição

 

Chamou-o a mulher da cozinha

O homem parte mas é o pão

Vai bem com o prato do dia

Batata cozida grelos com rojão

 

Ó doutor hoje não almoça? bolas

Perguntou a lembrar-lhe as horas

Veja lá se quer comer cá

Como a cozinha cá da patroa não há

 

Fez o doutor gesto de pagar

Era melhor chegar a casa cedo

Antes que ouvisse provocar

O discurso da mulher, o credo…

 

Pôs as mesas o taverneiro

Dois pratos copos talher

As refeições davam dinheiro

Todos precisam de comer

 

Chegavam os camionistas

Actualizava novidades

Alguns eram  uns artistas

Outros deixavam saudades

 

Estava à espera do javardo

Que lhe trazia notícias

Um dia trouxera-a num fardo

Que fez as suas delícias

 

A mulher nem conta deu

A outra dormiu lá em casa

E ele na noite de breu

Foi-lhe lá arrastar a asa

 

Mataram então saudades

Do risco e das maldades

Dos amores carnais

Felizes como animais

 

Ai… se a francesa hoje viesse…

Ó homem acaba de pôr a mesa

Parece pasmado …sem pressa

Ai …se a francesa hoje viesse…

 

Isabel Seixas

 

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Assisti a construção das aldeias de Criande e Alde...

    • Cláudia Luís

      Ola bom dia gostaria de saber a morada e o contato...

    • Amiel Bragança

      Com um Abraço votos de Santa Páscoa.Amiel Bragança

    • Anónimo

      Que bom sabermos particularidades da vida de um gr...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo comentário. Em relação ao Chaves Ant...

    FB