Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

09
Mar14

Nogueirinhas, Chaves, Portugal

Esteve quase para não acontecer, mas ainda há de vir o primeiro fim de semana em que tal aconteça, ou seja, em que o mundo rural flaviense não marque aqui presença.

 

 

A primeira imagem tem mais 20 anos e remonta ao dia em que descobri as Nogueirinhas, muito diferente daquilo que é hoje, a começar pelos acessos que eram feitos em terra batida desde Stº Estêvão. Guardo dessas Nogueirinhas algum romantismo que o inevitável passar de 20 anos levou, mas não o suficiente para que nelas ainda se encontre algum, só é preciso dar por ele.

 

 

Quanto ao resto, em nome do desenvolvimento (no caso agrícola), foi construída uma barragem nas proximidades da aldeia, pena que o desenvolvimento não se manifeste, mas sempre dá para fazer contrastar o verde de algumas pastagens com os sépias que restam dos incêndios.

 

 

Seja como for ainda gosto de passar por lá, agora até com mais frequência, pois os acessos a isso convidam e depois, a barragem também proporcionando alguns bons momentos fotográficos. Ao menos isso.

 

 

Assim, não será a última vez que as Nogueirinhas passam por aqui.

09
Mar14

Pecados e picardias

 

A taverna

 

Tarde 6

 

Fim de tarde

Entrou a donzela

Viu alguns dos clientes dela

Sorriu evasiva …sem alarde

 

Meteu-se com o bêbado

Então acordas a lindas horas

Hei-de descobrir esse segredo

Por quem tanto demoras

 

Viu-o encolher os ombros

Não era ele que interessava

Só queria ver quem estava

Mostrar-se aos homens…

 

Tinha que ganhar a vida

Hoje a noite prometia…

Lançou o convite mudo

Aos da construção civil

Um olhar amiúde um ardil

 

Sorriram todos

Com ar descarado

Pressentiu-lhes a linguagem

Brejeira…preliminar do prazer

Retrucou com coragem

Sem agravo pestanejar de massagem

Promessas a rodos, gestos de aquiescer

 

Captou logo o acenar subtil

Do encarregado a fingir…

Já conhecia bem a sua forma de marcar

Um leve sorriso e um olho a piscar

 

Bem à falta de melhor…

O seu desejo recôndito…o doutor

Meu Deus …hum…como a atraía …

Quem sabe, quem sabe…um dia

 

 

Nem ouviu o servente

Não bebe nada?

Ah! Assim de repente

Pode ser uma água

 

Olhou para a cozinha

Só temia a Bertinha

Era mais respeito

Tudo o que ela dizia

Se devia levar a peito…

 

Isabel Seixas

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Assisti a construção das aldeias de Criande e Alde...

    • Cláudia Luís

      Ola bom dia gostaria de saber a morada e o contato...

    • Amiel Bragança

      Com um Abraço votos de Santa Páscoa.Amiel Bragança

    • Anónimo

      Que bom sabermos particularidades da vida de um gr...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo comentário. Em relação ao Chaves Ant...

    FB