Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

13
Mar14

Chaves de ontem, Chaves de hoje

 

Vamos lá a Chaves de ontem e Chaves de hoje com mais um espaço jardim que com o tempo deu lugar a dois edifícios públicos.

 

 

 

Uma das referências mais antigas que encontrei para este espaço está relatado na “História Moderna e Contemporânea da Vila de Chaves”, Volume I, de Júlio Montalvão Machado onde se cita uma passagem do Jornal Intransigente do ano de 1904:

 

“ – Está transformado em Jardim a alameda contígua à Avenida Tenente Valadim. Um gracioso qualquer (e na nossa terra abundam) lembrou-se de chamar “Maria Rita”, não sabemos porquê, à figura algo aleijada e deselegante que ali puseram na muito falada “taça”, a jorrar água de uma trompa que tem na boca. Daí o nome de “Jardim da Maria Rita” que vão dando com certa insistência ao aprazível passeio com que a Câmara acaba de dotar a parte alta da vila”

 

a mesma foto atrás reproduzida numa outra edição de postais da Papelaria Mesquita

 

Contudo, Firmino Aires nas “Incursões Autárquicas” deixa uma referência de uma ata da Câmara Municipal datada de 28-12-1903 onde se diz:

 

“ Jardim Maria Rita. Aquisição de um golfinho de ferro fundido, para o jardim, pela quantia de 36$765 réis.”

 

A referida estatueta da "Maria Rita" em paradeiro (por mim) desconhecido

 

A atual "escultura" substituta da "Maria Rita"

 

Teria então nascido o Jardim da Avenida (conforme mencionado em postais), Jardim Maria Rita ou ainda Jardim Tenente Valadim (conforme mencionado em “Incursões Autárquicas” e  “História Moderna e Contemporânea da Vila de Chaves”, nos inícios do Século Passado.

 

O Jardim Maria Rita com taça sem água mas com Maria Rita (foto de 01-08-2008 às 13H33)

 

Quanto à Maria Rita, a tal estatueta “algo aleijada e deselegante” à qual eu até achava alguma graça e interesse, não sei o que é feito dela, pelo menos não está no sítio do costume, onde agora nasceu em sua substituição uma mesa de pedra com uma “mijareta” ao centro, esta sim (a meu ver) bem mais aleijada e deselegante que a pequena Maria Rita.  Já agora, que é feito da Maria Rita?

 

Jardim Maria Rita com taça com água mas sem Maria Rita - Foto de  08-03-2014, às 16:00

 

Só mais uma: Fica aqui provada a importância que tem fotografarmos a torto e a direito tudo aquilo que vemos e por onde vamos passando, pois mais cedo ou mais tarde vai ser um importante documento com o qual também se pode fazer História. E com esta me vou.

 

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Assisti a construção das aldeias de Criande e Alde...

    • Cláudia Luís

      Ola bom dia gostaria de saber a morada e o contato...

    • Amiel Bragança

      Com um Abraço votos de Santa Páscoa.Amiel Bragança

    • Anónimo

      Que bom sabermos particularidades da vida de um gr...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo comentário. Em relação ao Chaves Ant...

    FB