Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

30
Mai14

Discursos Sobre a Cidade - Por Francisco Chaves de Melo

 

Enganadoras fantasias.

 

Anda o edil local a ver se nos distrai com pedidos de sugestões para se elaborar o Plano de Desenvolvimento Estratégico - Chaves 2025.

 

Para mim o que o edil quer verdadeiramente é criar ilusões, esconder a fria realidade da péssima situação financeira em que colocou a Câmara.

 

Fazer debates e pedir ideias para aplicar dinheiro que não vislumbra, dinheiro dos novos fundos europeus, é passar a ideia de que a autarquia tem meios para ir aos fundos, quando na verdade, o que acontece, é que as finanças municipais já estão nos fundos. Basicamente sem dinheiro para “mandar catar um cego”, como o povo costuma dizer.

 

Como já estou habituado a que continuem a tentar iludir-me e, para não expressarem que me afasto de debater o futuro da nossa nobre cidade, alerto que o debate verdadeiramente importante para o concelho, se deve, com mais interesse e atualidade, focalizar em torno das seguintes temáticas, por ordem de importância:

 

1)  a recuperação financeira da autarquia afogada em dívidas.

 

2)  a reestruturação das despesas de funcionamento da autarquia  e da prestação de serviços públicos, quer os prestados diretamente, quer aqueles que a gestão da última década exteriorizou sem efetuar uma séria previsão dos seus custos e da sua evolução.

 

3)  qual a relação económica e de custo/benefício, com associações, fundações, institutos e outros organismos que, invariavelmente, subsistem pendurados nos dinheiros do município.

 

4)  que destino para os empreendimento que, no concelho, estão voltados ao abandono ou com utilização marginal, mas que ainda constituem origem de encargos com manutenção, exploração, amortizações e juros a pagar pela sua construção durante, pelo menos, as duas próximas décadas (por exemplo o parque empresarial e o recinto da feira semanal).

 

5)  que estratégia empreender para obter a redução dos custos do fornecimento de serviços de abastecimento à população, nomeadamente água potável, saneamento básico e recolha de lixo.

 

6)  que estratégia para a conquista de recursos materiais e financeiros que permitam  a manutenção e funcionamento futuro, com um nível adequado de qualidade do serviço, das infraestruturas sociais, desportivas, económicas e viárias.

 

7)  que população poderá ter o concelho na próxima década, e que população será desejável que tenha, revertendo a debanda populacional em curso, identificando os principais fatores repulsivos e as mudança dos comportamentos quanto à natalidade.

 

8)  quanto vai o município perder por ano de impostos e taxas em consequência da perda de mais de 7 mil habitantes, que passaram a viver fora de Chaves  e a pagar os seus imposto noutro local.

 

 

Estes temas não estão a ser considerados por serem incómodos a quem foge como o “diabo da cruz” à avaliação do PLANO ESTRATÉGICO DE DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO DE CHAVES - CHAVES 2015 .

 

Como é possível por à discussão um novo plano de desenvolvimento sem uma rigorosa avaliação do anterior?

 

Porventura não será esse o caminho mais curto para voltar novamente a errar de forma tão rotunda?

 

O atual edil que explique porque saíram do concelho vários milhares de habitantes. Depois sim, poderemos proceder aos debates que entender.

 

Fiz uma leitura rápida desse documento da responsabilidade do atual edil e da equipa que o acompanha, confrontando-o com a realidade atual e, ficou bem patente, o seu enorme desvio, o seu falhanço de previsão, o desacerto da estratégia despesista, mas revela, contudo, a enorme capacidade do atual edil para criar enganadoras fantasias.


Para resumir, o plano foi a semente que gerou o monstro da despesa camarária a pensar que seriam mais a pagar a fatura vindoura. O mal é que agora somos menos, bastante menos no concelho, e já não temos como pagar.

 

Francisco Chaves de Melo

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Assisti a construção das aldeias de Criande e Alde...

    • Cláudia Luís

      Ola bom dia gostaria de saber a morada e o contato...

    • Amiel Bragança

      Com um Abraço votos de Santa Páscoa.Amiel Bragança

    • Anónimo

      Que bom sabermos particularidades da vida de um gr...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo comentário. Em relação ao Chaves Ant...

    FB