Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

01
Jun14

Exposição Coletiva de Associados Lumbudus - Adega do Faustino - Chaves

 

A presente exposição fotográfica de Associados Lumbudus resulta de um dia de campo num workshop de fotografia,  orientado por António Sá, que decorreu em terras de S.Vicente da Raia, ao longo da raia com a Galiza e tendo de fundo como principal cenário um antigo trilho do contrabando entre Soutochão (Galiza) e Segirei (Portugal),  cujo percurso se faz ao longo de um riacho (Regueiro do Pontón) em terreno às vezes muito acidentado,  o que origina algumas pequenas cascatas.

 

Para além da técnica fotográfica e tal como salientava o orientador do workshop que “Partindo da premissa de que não é o excelente domínio da tecnologia que garante as melhores imagens, este workshop procurava recuperar noções essenciais da fotografia enquanto forma de expressão artística: a importância da luz, a originalidade do ponto de vista da composição, a criatividade associada a diferentes temáticas. São estes alguns dos ingredientes que, através de projeções, análise de obras fotográficas e a indispensável prática, podem ajudar os fotógrafos de hoje a entender a simplicidade da receita de sempre”.

 

Foram estes mesmos ingredientes que levaram a que onze fotógrafos amadores associados da Lumbudus, com diferentes idades, diferentes experiências fotográficas e diferentes formas de olhar, se juntassem para um dia de fotografia de campo e reunissem alguns dos seus trabalhos, com o olhar de cada um, e que se atrevem a deixar nesta exposição para apreciação e reflexão, de todos.

 

 

 

 

01
Jun14

Pecados e picardias

 

1ªComunhão

 

À  Ana

 

O dia veio com sol

A condizer com a tua alegria

Em salva de palmas,

cores  e sorrisos flores  girassol ,

 

Também os sonhos,

 Vieram todos da infância

Todos contentes pra festa

Vestidos das tuas roupas de inocência

 

 enfeites de bonecas , vestidos de folhos

 

Ai, batismo  memória

poesia para no futuro lembrar

casinhas na árvore  da tua história

crescer a sério mas a brincar

 

flor a flor  amuo a amuo

jorro de risos, ditados com erros

saltitas com pressa sobes ao muro

pulas a corda, jogos de tudo

voo que te leve à fonte

asas de borboleta leves no tempo

levas a sede no teu horizonte

bebe das raízes, da escola, do vento

 

leva sempre na pasta

um livro de amor,

os lápis de cor

o fato de ginasta

 

Sorri até ao céu ,sorri até ao mar

E vive, vive, vive não deixes nunca de sonhar

E Então…

Podes e deves lembrar a tua 1ª comunhão…

 

A tua tia

Isabel

 

Isabel Seixas

 

 

01
Jun14

Mairos, com passagens e paragens

 

Mairos hoje é mais uma das minhas aldeias de passagem do concelho de Chaves, e entenda-se por aldeia de passagem uma aldeia pela qual se passa para atingir outros destinos e aldeias, mas nem sempre foi assim, pois há coisa de 30 anos tal não acontecia, pois a ligação pavimentada entre Mairos e S. Cornélio não existia.

 

 

Assim, sendo Mairos uma aldeia de passagem, vamos ao seu encontro com muita mais frequência, tanto mais que de cada vez que o meu destino são as aldeias de montanha (Travancas, Argemil, S.Vicente, Orjais, Aveleda, Segirei, Roriz, Dadim, Cimo de Vila da Castanheira, Sanfins, Santa Cruz da Castanheira, Mosteiro, Polide, Parada e S.Gonçalo – penso não ter esquecido nenhuma) se na ida vou pela Bolideira à vinda venho por Mairos para regressar a Chaves, e o contrário também é verdade.

 

 

Passamos com mais frequência por Mairos mas nem sempre paramos, no entanto se há qualquer coisa que desperte um clique fotográfico, lá terá de ser – adia-se a pressa - esquecemos o relógio por alguns segundos ou minutos, sacamos da câmara fotográfica et voilà, vamos enriquecendo o nosso arquivo fotográfico.

 

 

Pois as imagens de hoje são alguns desses momentos que despertaram um clique, alguns têm tanto de simplicidade como de beleza e no entanto nem sempre reparamos nela, porque é suposto não reparar-se nessas coisas. Refiro-me à flor da batateira que, não enfeita jarras mas nem por isso deixa de ser bonita, ou então são os meus gostos que andam estragados.

 

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Assisti a construção das aldeias de Criande e Alde...

    • Cláudia Luís

      Ola bom dia gostaria de saber a morada e o contato...

    • Amiel Bragança

      Com um Abraço votos de Santa Páscoa.Amiel Bragança

    • Anónimo

      Que bom sabermos particularidades da vida de um gr...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo comentário. Em relação ao Chaves Ant...

    FB