Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

23
Out14

Outros Olhares - As Feiras dos Santos

 

Hoje chegamos aos Santos de 2008, com chuva e com sol, dependendo dos dias, mas por aqui desfilarão mais cinco imagens, com o concurso do gado, castanhas assadas, polvo à galega, palhaços e diversões. Só faltam mesmo as barracas do costume para uma breve viagem pela Feira dos Santos ficar completa.

 

Até amanhã com o ano de 2009. Fica as imagens de 2008.

 

 

 

23
Out14

Vivências - O que sabemos da história da nossa família?

 

O que sabemos da história da nossa família?

 

A ideia já me tinha ocorrido por mais que uma vez, mas por falta de tempo ou de oportunidade nunca me tinha dedicado a ela. No outro dia, por um mero acaso, encontrei na Internet vários programas específicos para o efeito. Detive-me um pouco mais, fiz o download de um deles e iniciei a construção da árvore genealógica da minha família. Comecei pelos elementos mais novos e fui recuando gerações, completando a ficha de cada membro com a informação de que dispunha. Entusiasmado, continuei a inserir pessoas e a estabelecer as respectivas ligações. A falta de informações foi, naturalmente, aumentando à medida que fui recuando no tempo, mas consegui, ainda assim, registar cinco gerações, o que, embora parecendo muito, não me permitiu recuar muito mais do que cem anos.

 

Reflito um pouco sobre isto e assaltam-me várias perguntas. Afinal, o que sabemos da história da nossa família? Em que terras nasceram e em que condições viveram os nossos antepassados? Como era a sociedade no seu tempo? Que opções tiveram de tomar e de que forma essas opções influenciaram as suas vidas, e até a nossa? Infelizmente, parece-me que a grande maioria de nós não sabe responder a estas questões e não sabe porque simplesmente nunca conversou com os seus pais, avós ou bisavós sobre eles próprios e sobre a vida que tiveram…

 

Conhecer verdadeiramente a história da família é muito mais do que saber os nomes dos nossos antepassados. É esforçarmo-nos por preservar todo um património familiar riquíssimo e diversificado: fotografias de pessoas, lugares e acontecimentos, livros, objetos pessoais, usos e costumes, crenças e segredos de outros tempos.

 

Um dia as minhas filhas, e depois delas os meus netos, poderão (se assim o quiserem) continuar este trabalho e conhecer um pouco melhor quem foram, como viveram e por onde andaram os seus antepassados. E com tudo isto, certamente que também se conhecerão um pouco melhor a eles próprios.

Luís dos Anjos

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Assisti a construção das aldeias de Criande e Alde...

    • Cláudia Luís

      Ola bom dia gostaria de saber a morada e o contato...

    • Amiel Bragança

      Com um Abraço votos de Santa Páscoa.Amiel Bragança

    • Anónimo

      Que bom sabermos particularidades da vida de um gr...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo comentário. Em relação ao Chaves Ant...

    FB