Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

22
Nov14

O outono em Vidago

1600-vidago (2433)

Pelo menos uma vez por ano lá vamos nós até à joia da coroa que é, como quem diz, Vidago, ou, sejamos mais precisos, até ao Hotel Palace e o seu parque, ainda há pouco considerado o melhor hotel do mundo para casar e, não ofenderei ninguém se disser que tem o melhor parque do mundo para desfrutar e passear, o melhor campo de golf do mundo para mandar umas tacadas e o melhor outono do mundo para fotografar.

1600-vidago (2363)

Mas temos de ser realistas e ainda bem que o hotel Palace e o seu parque tem vedação para, assim, evitar que as maleitas do exterior contaminem a beleza que encerram, pois transpondo o seu portão de saída, a realidade é outra, à merce da coisa pública que em vez de pública, de todos nós, só serve para servir os devaneios (e peço desculpas pela suavidade do termo) de alguns, os mesmos de sempre.

1600-vidago (2286)

Antiga estação da CP, hoje (2014)

1600-vidago (1591).jpg

Antiga estação da CP, em 2013

1600-vidago (1983).jpg

Em cima a Av. Conde Caria em 2013, em baixo, a mesma avenida hoje (2014)

1600-vidago (2326)

As imagens falam por si, tirem as vossas conclusões e depois, se calha, até é o meu olhar, talvez distorcido, que vê as coisas como elas não são. Assim, ficamos por aqui e vamos ao que interessa – o outono no parque do Hotel Palace.

1600-vidago (2471)

Outono que este ano com as chuvas ou os meus afazeres que me fazem andar por outras andanças, quase me ia passando ao lado, em termos de imagem, claro, e da sua magia das cores, penso mesmo que este fim de semana vai ser o último deste ano em que o outono permitirá que as folhas fiquem nas árvores.

1600-vidago (2421)

Mas mesmo com chuva, às vezes misturada com nevoeiro, lá fomos à caça de imagens e não eramos os únicos, não só à caça de imagens pois outros, muitos por sinal, andava à caça de buracos no meio do relvado. Quanto à chuva, lá ia caindo, mas poucos se importavam com isso.

1600-vidago (2353)

Valeu por um dia bem passado no meio da magia do colorido de outono, ainda com algum tempo para ir por outras paragens que embora não muito longe são uma outra realidade, onde em vez de se viver entre os greens e o glamour de um hotel se sobrevive à passagem dos dias, mas essa realidade, fica para amanhã, onde o outono também acontece.

1600-vidago (2546) 1600-vidago (2518)

 Até mais logo!

 

 

22
Nov14

Fugas

Fugas - banner

 

Olhos de Água e Castelo de Almourol

 

Decisão rápida. Passeio meio improvisado. Saímos já a meio da manhã e tomamos a auto-estrada até Torres Novas. Após uma breve volta pela cidade procuramos informações sobre a forma de chegar aos Olhos de Água ou Nascente do Alviela. Afinal, vamos na direcção errada. Temos de voltar para trás e seguir em direcção a Alcanena e depois Santarém. Finalmente, encontramos setas com o destino pretendido e meia hora depois já estamos a estacionar no parque. Damos um pequeno passeio pelas redondezas e apreciamos a força do rio Alviela. Aqui perto são feitas as captações de água que ajudam a abastecer a cidade de Lisboa, a muitos quilómetros de distância. Almoçamos no parque de merendas e seguimos para outra paragem. Após alguns quilómetros (poucos) na A23 entramos numa estrada de mau piso que nos vai levando na direcção do rio. Finalmente, vemo-lo ao longe, elevando-se sobre uma pequena ilha escarpada no meio do rio Tejo. Com quase mil anos de história o Castelo de Almourol é um dos monumentos militares medievais mais emblemáticos e cenográficos da época da Reconquista. Para o visitar temos de ir de barco. Enquanto esperamos pela nossa vez a nossa filha entretém-se a atirar migalhas aos patos que se passeiam tranquilamente pela margem do rio. Durante a pequena viagem à volta da ilha aproveito para tirar várias fotografias. Do alto do castelo, bem no meio do Tejo, contemplamos a paisagem que se estende à nossa volta. Terminada a visita é hora do regresso a casa. Não temos GPS. À moda antiga, consultamos o mapa e decidimos voltar por outro caminho.

fuga-Castelo de Almourol.jpg

 Fotografia de Luís dos Anjos

Luís dos Anjos

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Assisti a construção das aldeias de Criande e Alde...

    • Cláudia Luís

      Ola bom dia gostaria de saber a morada e o contato...

    • Amiel Bragança

      Com um Abraço votos de Santa Páscoa.Amiel Bragança

    • Anónimo

      Que bom sabermos particularidades da vida de um gr...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado pelo comentário. Em relação ao Chaves Ant...

    FB