Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

16
Jan16

Pedra de Toque - Vou abrir os olhos...Até amanhã!

pedra de toque.jpg

 

VOU ABRIR OS OLHOS… ATÉ AMANHÃ!

 

Hoje chove a cântaros.

 

O céu está carregado. O céu está cinzento.

 

É fim-de-semana e vou aproveitar para ficar em casa.

 

Penso em ler. O ambiente pesado não me ajuda.

 

Em silêncio, acolho o meu corpo na música com que a telefonia me brinda.

 

Decididamente irei para dentro de mim, passearei comigo.

 

Sinto que tenho muito para ver, algumas coisas para vos contar.

 

Gosta das pedras das ruas da cidade velha.

 

Quando sozinho as trepo, as calcorreio, nos passeios ou nas esquinas, ora desertas, cruzo vidas revendo velhos e novos, gente que são pedaços da minha vida.

 

1600-calcada.jpg

 

Paro estupefacto a apreciar as ameias da torre, a imponência do postigo de acesso para o burgo, a imensidão da verde veiga fértil, que se estica até ao Brunheiro.

 

Nos becos do centro histórico jogo o pique contra os muros, o rente contra as paredes, trocando cromos e jogadores com os companheiros do eixo e do peão.

 

Ouço as bandas ensaiar trechos melodiosos dançáveis nas verbenas próximas ou alegres marchas que as arruadas impõem.

 

Fixo-me no cibo de perna que, amiga querida, mostras no fim da saia plissada até abaixo do joelho.

 

Leva-la sempre para a doutrina onde nos preparavam para a comunhão solene que iriamos celebrar.

 

A cidade linda a que os intrusos já se renderam, passeou um pouco comigo e bem por dentro de mim.

 

Já estou fatigado, por hoje.

 

Vou abrir os olhos…

 

Até amanhã.

António Roque

16
Jan16

As Nogueirinhas do caminho de terra...

1600-nogueirinhas (141)

 

Eu sabia que existiam umas Nogueirinhas para além daquelas que vos tenho trazido aqui até hoje. Sabia-o porque já la tinha estado há uns bons anos atrás, ainda nem existiam telemóveis, nem fotografia digital, nem estrada asfaltada para lá chegar, e foi precisamente a modernidade, essa de nos facilitar as coisas que fez com que eu esquecesse os velhos caminhos de terra para lá chegar, os únicos que existiam quando lá fui pela primeira vez.

 

1600-nogueirinhas (148)

 

Assim, até há uns dias atrás, sempre que passava pelas Nogueirinhas passava pela nova variante, novinha, asfaltadinha e por aí fora, bem mais confortável que os velhos caminhos de terra. Como é fácil habituarmo-nos à comodidade , tanto que nos tenta a pecar e nós pecamos. Desde que a estrada nova existe passei a ver as Nogueirinhas de outro anglo, pouco interessante por sinal, mas a comodidade era essa as Noguerinhas que me dava, e eu aceitei-a e depressa esqueci as outras Nogueirinhas que tina conhecido anos atrás, ou quase, pois eu sabia que elas existiam.

 

1600-nogueirinhas (186)

 

Pois há duas semanas atrás, por sinal num dia pouco convidativo para a fotografia, deixei-a de parte (a fotografia) e passei a reparar mais nos pormenores em vez das composições e, desde uma curva da estrada nova, detetei quase impercetível o velho caminho de terra batida, que de tão próximo que estava das Nogueirinhas, só me podiam levar até ela, e levou, e finalmente retomo as Noguerinhas que eu guardava na memória, um pouco alteradas é certo, mas as mesmas que eu conheci há muitos anos atrás, mas não só, pois o velho caminho de terra batida levou-me até outras descobertas. Mas para já, ficam três imagens apenas, a descoberta ficará para uma próxima oportunidade e assim, tenho um pretexto para voltar lá daqui por uns tempos.

 

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Fer.Ribeiro

      Pois não sei, mas posso tentar saber.

    • Anónimo

      O post está muito bom. Já agora aproveito para per...

    • TELMO A.R.RODRIGUES

      Cara amigo Luis Sancho o meu é Telmo Afonso R. Rod...

    • Anónimo

      Parabéns pelo seu trabalho, que é de louvar. Sobre...

    • Anónimo

      Gostaria imenso de obter a genealogia da família A...

    FB