Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

16
Abr16

Curalha - Chaves - Portugal

1600-CURALHA (233)-1

 

Há locais e aldeias que frequento mais amiúde e hoje deixo-vos aqui oito motivos e outros tantos registos que me levam a isso.  Simultaneamente são imagem de marca de uma aldeia e da sua envolvência – Curalha, é a nossa aldeia de hoje.

 

1600-CURALHA (9)

 

Felizmente não é o único local e aldeia que tenho na manga como trunfo a puxar quando dele necessito. Não só pelas composições que proporciona onde há sempre uma nova para descobrir, mas também porque são locais onde vamos e regressamos sempre formatados, limpos, para encarar a cidade e o seu dia-a-dia.

 

1600-CURALHA (42)

 

Não que a cidade seja stressante e nos pressione como eventualmente pode acontecer com mais frequência nas grandes cidades. Chaves não é tão grande assim, felizmente ainda é uma cidade de província, mas também a vida destas mexem connosco, e,  de vez em quando, precisamos de respirar outros ares.

 

1600-CURALHA (445)

 

Os rios, a croa das montanhas e das serras, locais onde só o murmúrio das águas, do vento, das variadas melodias da passarada ou de um chocalhar perdido no meio de uma pastagem são possíveis e suficientes para silenciar e esquecer os ruídos da urbanos, quer sejam sonoros ou não.

 

1600-CURALHA (481)

 

Curalha tem algumas dessas ofertas. Muito rio, moinhos, a coroa do castro com a sua imagem de marca do pinheiro manso, mas também uma aldeia, onde nunca resistimos a deixar à margem e onde há também sempre um ou outro motivo que merece um registo.

 

1600-CURALHA (139)

 

Mas há também a memória de uma linha férrea, a Linha do Corgo e as estação do Tâmega, umas das mais importantes da altura, a par das estações das cidades e das vilas que a linha do Corgo servia. Felizmente e graças ao gosto e interesse de um privado,  o edifício da estação mantem-se e uma composição de máquina a vapor, uma carruagem e um vagão de mercadorias estão estacionado em frente à estação, para delicia de que a avista desde a E.N.103, dos fotógrafos ou de quem gosta de comboios e sobretudo tem saudades do comboio em terras flavienses.

 

1600-CURALHA (379)-1

 

Ainda do comboio resta a ponte de pedra sobre o rio Tâmega que hoje não coube aqui em imagem, mas que já mais vezes aqui trouxemos e iremos continuar a trazer, talvez numa próxima passagem por Curalha.

 

1600-CURALHA (513)

 

Ainda bem que existe a fotografia para podermos fazer estes registos e estas composições que ao visionarmos deixam um pouco do cheiro e sabor da realidade, mas como sempre digo e volto a afirmar, uma coisa é a fotografia e outra a realidade, mas esta, há que ir aos locais para a sentir.    

 

  

 

16
Abr16

Pedra de Toque - João

pedra de toque.jpg

 

JOÃO

 

É habitualmente nome de homem.

 

Muito vulgar entre nós, aliás.

 

Mas João também aparece com muita frequência associado a Marias e a outros nomes femininos.

 

Continuo a prezar muito os inúmeros amigos que tenho. Dentre eles vários Joões, têm resistido às distâncias e às ausências tantas vezes prolongadas.

 

Companheiros de Liceu, confrades de faculdade, camaradas de armas, colegas de profissão, muitos amigos do peito, como se diz na minha terra, todos trouxeram pedaços e levaram pedaços de mim.

 

Aqueles que estão perto procuro-os, os que estão longe contacto-os e com eles partilho as minhas angústias, os meus contentamentos.

 

Sei que retornam com palavras que serenam, com palavras que compreendem e ajudam.

 

A Maria João é uma amiga de infância que vejo em férias mas que tem sempre um sorriso, uma boa disposição tantas vezes contagiante.

 

Ah! Conheço uma Maria João que não conheço.

 

Tem um rosto de pele branca, uma inteligência perspicaz e uma sensibilidade vibrante.

 

Os/as Joões da minha vida têm sido apoio, lenitivo quando a vida me dói, mesmo quando são mistério, como ela…

 

Desassossegado, apetece-me dizer como Pessoa:

 

“Todas as maciezas em que me reclino têm arestas para a minha alma”.

 

António Roque

 

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Fer.Ribeiro

      Pois não sei, mas posso tentar saber.

    • Anónimo

      O post está muito bom. Já agora aproveito para per...

    • TELMO A.R.RODRIGUES

      Cara amigo Luis Sancho o meu é Telmo Afonso R. Rod...

    • Anónimo

      Parabéns pelo seu trabalho, que é de louvar. Sobre...

    • Anónimo

      Gostaria imenso de obter a genealogia da família A...

    FB