Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Pedra de Toque - Sonho Meu

18.06.16 | Fer.Ribeiro

pedra de toque.jpg

 

SONHO MEU…

 

O sono nem sempre é reparador.

 

O sonho acontece e interrompe-o.

 

O despertar é doloroso, aflitivo por vezes, quando o sonho vira pesadelo.

 

Noutros momentos, deixa um esgar feliz no rosto e permite saborear a noite que nos envolve, no silêncio e na penumbra.

 

Acordo lentamente, fico muito lúcido e o piano que tenho dentro de mim debita com suavidade as melodias que me arrepiam.

 

Esqueço, então, a vilania, a pulhice humana, a desonestidade que campeia, a política interesseira que me desanima, o desamor que dói e fico-me com os raros seres humanos ainda inocentes.

 

Por fim, descanso a cabeça no regaço da poesia.

 

Que não está só nos poemas, porque a sinto nos teus olhos, porque a espelhas no sorriso que me brindas e no corpo tão verde como o mistério do bosque em que te postas.

 

Também a toco nas tuas pernas quentes quando as dedilho, que me laçam e abraçam e nos teus pés lisos que acaricio.

 

O dia amanheceu cinzento e nublado.

 

Com a extraordinária Bethânia apetece-me cantar:

 

 “Sonho meu, sonho meu, vai buscar quem mora longe, sonho meu…”

 

António Roque