Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

07
Jul16

Pecados e Picardias

pecados e picardias copy

 

Parabéns a você

Fez anos o hospital de chaves foi Inaugurado em 2 de julho de 1983

 

Amo o Hospital de Chaves como amo a incubadora que me deu vida constituída pelos pais, os Meus Pais, claro.

 

Sinto a séria obrigação de corresponder ao bem que me tem feito toda a vida, permitindo-me ser enfermeira e participar no cuidar das pessoas, sou paga para cumprir o desiderato e a missão de O honrar,  de o defender e cuidar até ao fim da minha vida, a Dele(vida) espero que viva  e viva e viva ainda que embalada nas eternidades e flutuações das políticas mas viva  irrevogável sem a versatilidade semântica do irrevogável, patrocinada por Paulo Portas…

 

Embora não seja das muito suscetíveis a contos de vigário que nos querem transmitir os engodos dos suores dos seus umbigos a dizer e eu, e fui eu, e sou eu,  e fui eu que fiz

(com a omissão deliberada dos operacionais que deram o seu sangue em troca de uns perdigotos cuspidos de desprezo dissimulado numa aparição alucinatória como admiração nos estios das campanhas eleitorais em forma de setas ó pra cima e de quando em vez em vozes do além com fundos musicais esbatidos das sombras dos  ),

quando as grandes mudanças estruturais  as grandes decisões são o resultado das politicas do governo central que opera em Lisboa não em Chaves ou em Vila Real, mete-me cá uns nervos os engalanados cá do sitio a enganar o povo numa engano-te porque tu gostas a dizer tudo o que há de bom nesta terra tem o meu dedo, quando o dedo é o do próprio povo do qual Eles/nós também fazem parte sem dúvida, mas na maioria .

 

Não consigo admirar pessoas que pela via do saber viver como linha de conduta adotada, ignoram o justo e passam pela essência, quando ela é inconveniente, no contexto, como quem se urtiga, não consigo admirar pessoas que se adaptam facilmente ao poder vigente mesmo quando ele só exclui os outros, claro que me inclui só a mim, pois se calhar o justo é injusto será? Ou será que o injusto é justo…

 

Quando eu digo não consigo quero dizer sou incompetente, não sou capaz, há quem me diga que não quero, que não estou para aí virada, enfim sei lá, sei que perdoo no âmbito do que remédio, mas não consigo esquecer e arquivo e vem-me à boca como se ruminasse e essa sou eu também , má decerto, pronto está dito, também tenho mau feitio, mas atentando ou por mor dos resultados objetivando sou incapaz não vale a pena escamotear ou e esgrimir argumentos de fuga ou mecanismos de defesa débeis… Bla, bla, bla , bla, bla bla… o hospital só existe porque há doentes …É o hospital que nos dá vida profissional a nós profissionais que lá exercemos funções e nós somos meros transeuntes ocasionais…

 

Daí que estou muito feliz com o plano de ação deste conselho de administração que além de ser um plano de ação em ação, vejam-se as mais valias visíveis na climatização do hall de entrada da porta principal e do serviço de consulta externa implementadas, respeitando as necessidades de conforto dos doentes eliminando  riscos de doenças laborais e de imprevisto causadas pelas diferenças de amplitude térmica preservando ao mesmo tempo o ambiente seguro para a estabilidade e equilíbrio dos medicamentos em condições de armazenamento e uso, as medidas de redução de risco de quedas  com mudança possivel  de estruturas físicas a comunicação efetiva com os trabalhadores visando melhorar os serviços e reduzir assimetrias.

 

Estamos de parabéns todos porque Ele mantém-se indiferente às investidas inteligentes e irrecusáveis das alternativas do subsistema da ADSE e afins  e  de quem pode, que facilitam a vida aos utentes oferecendo-lhe um cardápio de profissionais de saúde que nem parecem exaustos  e exames complementares de diagnóstico quase ao Deus dará, daí que bla, bla, bla, bla bla, bla… Se calhar o segredo reside em transformar o hospital numa dependência dos subsistemas que descontam ao utente a penosidade do pagamento de consultas e exames e do levar com profissionais com síndromes de exaustão por receber menos que as suas expectativas, será?... Ah claro esquecia-me das caminetes sim das carreiras, indo buscar as pessoas a casa, aliás aqui face a algumas curtas longas distâncias podemos usar outras ancestrais alternativas de transporte, não me refiro às carracholas, bem metaforicamente não está fora de questão…

 

Ai Hospital de Chaves  Parabéns, Diz trinta e três e respira fundo melhores tempos virão, acredita, pelo menos não padeces de falta de essência continua a haver doentes…

 

Isabel seixas

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Fer.Ribeiro

      Pois não sei, mas posso tentar saber.

    • Anónimo

      O post está muito bom. Já agora aproveito para per...

    • TELMO A.R.RODRIGUES

      Cara amigo Luis Sancho o meu é Telmo Afonso R. Rod...

    • Anónimo

      Parabéns pelo seu trabalho, que é de louvar. Sobre...

    • Anónimo

      Gostaria imenso de obter a genealogia da família A...

    FB