Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

12
Set16

Quem conta um ponto...

avatar-1ponto

 

306 - Pérolas e diamantes: o caso do camarada Paulo Portas

 

 

Não simpatizo, ou melhor, não simpatizava lá muito com os cães. Sobretudo os de fila. Mas depois de ler o que li tenho de modificar a minha posição.

 

Estudos recentes confirmam que os cães entendem palavras e distinguem entoações.

 

Ao contrário de muitos humanos, conseguem mesmo atribuir significado às palavras e não reagem apenas ao tom e ao contexto.

 

Os cães sabem quando o dono está a chegar, sentem ciúmes, evitam tratá-los mal e reconhecem emoções nos seres humanos.

 

Também ao contrário de muitos humanos, preferem carinhos a comida. Mas o que me fez pensar seriamente em adquirir um, nem que seja através da Liga dos Animais de Chaves, é o facto de os donos dos cães serem mais felizes.

 

Segundo o estudo, ter um cão só traz vantagens: os seus donos são mais felizes, mais sociáveis, fazem mais sexo e ganham mais dinheiro.

 

Já alguns seres humanos, mal divergem nas amizades, começam logo a traí-las. É bem verdade que os melhores amigos dão os melhores inimigos. Eu que o diga.

 

Fernando Lima, que esteve ao lado de Cavaco Silva desde 1986, e foi seu assessor, decidiu escrever um livro acusando o ex-Presidente da República de ter tido medo dos ataques socráticos e de, por causa da sua temeridade, o ter despromovido na sequência do chamado “caso das escutas”.

 

Ter-lhe-á dito: “Tome lá cuidado.”

 

A infidelidade foi de tal monta que Fernando Lima, após o ataque socrático, só reapareceu uma vez num evento do PR em dezembro de 2009, aquando da inauguração da árvore de Natal.

 

O seu lugar na assessoria para a comunicação social foi entretanto ocupado por uma jovem que fizera carreira na JSD. Rapariga simpática, mas inofensiva e pouco experiente, contudo da confiança da família Cavaco Silva.

 

FL confessa que lhe aconteceram coisas que ultrapassaram a sua imaginação e que ainda hoje não compreende a razão por que Cavaco Silva teve para com ele comportamentos inexplicáveis.

 

Também Manuel Monteiro resolveu atacar o seu ex-amigo, e ex-presidente do CDS, Paulo Portas.

 

Numa entrevista ao jornal i, acusa-o de ter colocado o partido ao serviço dos seus interesses. Relativamente à aproximação do CDS ao MPLA, diz que tal posição é reveladora de “um partido que rasgou a sua história, que esqueceu o passado e que não respeita a sua própria identidade de partido que sempre lutou pela defesa da dignidade e dos direitos humanos.”

 

Como se isto não fosse suficiente, acusou o CDS de se “render e vender aos interesses pessoais e de negócios do dr. Paulo Portas”.

 

Na sua opinião, “o CDS não tinha necessidade deste sentido bajulador de quem perdeu a sua dignidade na ânsia de servir interesses que não são interesses políticos. Isto é profundamente lamentável”, desde logo porque revela “a falência do caráter, da decência e da integridade”.

 

Acusa ainda os elementos da direção do CDS de “não acreditarem rigorosamente em nada”. De passarem pela política para “tratar da sua vida e não da vida dos cidadãos”, confundindo “os negócios da política com a política dos negócios, que são coisas completamente diferentes”.

 

No seu ponto de vista, Paulo Portas “preparou todo o caminho para justificar a sua nova assessoria numa empresa que tem claramente interesses em Angola”, a Mota- Engil, “subjugando o poder político aos interesses pessoais, pois está sobretudo “interessado em enriquecer”.

 

Na sua opinião Passos Coelho só fala de contas e o CDS ainda não se percebeu do que é que fala.

 

Razão tem o personagem do romance de Victor Serge O Caso do Camarada Tulaev, Ryjik, quando após abater uma raposa cor de fogo e de focinho afilado, nas terras geladas da Sibéria, se vira para o seu companheiro de caça e murmura: “O homem é um animal mau, irmão”.

 

Ao que o camarada Pakhomov responde, recorrendo a todas as suas forças e quase sem fôlego por causa do frio e do esforço em mexer os esquis: “Seja como for, irmão… havemos de transformar o Homem.”

 

João Madureira

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Fer.Ribeiro

      Pois não sei, mas posso tentar saber.

    • Anónimo

      O post está muito bom. Já agora aproveito para per...

    • TELMO A.R.RODRIGUES

      Cara amigo Luis Sancho o meu é Telmo Afonso R. Rod...

    • Anónimo

      Parabéns pelo seu trabalho, que é de louvar. Sobre...

    • Anónimo

      Gostaria imenso de obter a genealogia da família A...

    FB